MENU

8 de maio de 2017 - 18:57IMSA Weather Tech SportsCar Championship

Quatro por quatro

050617_COTA_bcpix136536

Só a tiro mesmo é que se para os irmãos Jordan e Ricky Taylor: invicitos no IMSA Weather Tech SportsCar Championship (Foto: Brian Cleary/BCPix.com)

RIO DE JANEIRO - Para deter os irmãos Taylor no IMSA Weather Tech SportsCar Championship, só na base da bala: os pilotos do Cadillac DPi-V.R #10 conquistaram no último sábado a quarta vitória em quatro corridas na temporada. A invencibilidade foi mantida no Circuito das Américas em Austin, na disputa do Advanced Auto Parts Showdown, de forma simplesmente acachapante, porque Jordan e Ricky dominaram do início ao fim e não tiveram nenhum adversário com que se preocupar.

A corrida começou com uma confusão entre os carros da GTLM: na tomada da primeira curva, que vem após uma longa subida e é cega, um “enrosco” fez a Ferrari da Risi Competizione ser literalmente jogada em direção ao Corvette de Tommy Milner/Oliver Gavin. Sobrou também para o Ford de Ryan Briscoe e Richard Westbrook, além do Porsche de Laurens Vanthoor e Wolf Henzler. Dos quatro carros danificados, só a Ferrari não prosseguiu – pela segunda vez consecutiva o carro vermelho era alijado da disputa logo no início.

Após um breve Safety Car, o Cadillac pole position simplesmente sumiu dos adversários. Johannes Van Overbeek sustentou o 2º lugar até sua primeira parada e depois perderia a posição para o Cadillac de Dane Cameron/Eric Curran. No meio da disputa, o Nissan Ligier DPi de Ryan Dalziel/Scott Sharp, que tinha sido punido, se recuperou e chegou ao 3º lugar, na frente do carro dos bicampeões de 2014/15 Christian Fittipaldi/João Barbosa, que enfrentaram um inesperado problema de pane seca.

Mas de repente, uma fumaça surgiu na traseira do carro da Tequila Patrón ESM e o que era apenas um foguinho dentro do protótipo se transformou num fogo de razoáveis proporções. Dalziel saiu correndo e o pódio escapou por conta desse incidente. Barbosa/Christian, que pouco puderam fazer para ameaçar o poderio dos “irmãos Metralha”, conquistaram mais 30 importantes pontos no campeonato. O problema é que a diferença para os líderes já soma 22 pontos – 141 a 119 – tornando bem difícil uma reação num campeonato em que as diferenças entre os que pontuam não é tão grande assim.

“Diante de tudo o que aconteceu, foi um bom resultado. Sabíamos que estávamos ‘justos’ de combustível antes da parada do João, mas se a estratégia de completar uma volta a mais antes da parada funcionasse, teríamos a chance de fazer a última parte da corrida sem a terceira parada. Era o único jeito que tínhamos para tentar ganhar a corrida, então arriscamos. Infelizmente, erramos o cálculo por duas curvas. Começou a falhar na pista e não conseguimos chegar nos boxes”, contou o brasileiro.

Misha Goikhberg/Stephen Simpson tiveram outra sólida performance com o Oreca 07 Gibson da JDC-Miller Motorsports e foram os únicos entre os LMP2 a não enfrentar problemas em Austin. Van Overbeek e seu parceiro Ed Brown fecharam o top 5 geral e na categoria.

Na Prototype Challenge, nenhuma surpresa: James French/Pato O’Ward foram firmes da primeira à última volta para manter a invencibilidade na temporada. Três corridas, três vitórias. A dupla da Performance Tech conquistou um ótimo 6º posto na geral a apenas uma volta dos vencedores. Stefan Wilson/Nicholas Boulle terminaram na 9ª posição no resultado geral e em segundo na categoria. Don Yount/Buddy Rice não chegaram ao final.

050417_COTA_bcpix134262

Nem o incêndio na quinta-feira atrapalhou: Jan Magnussen/Antonio Garcia ganharam mais uma para a Corvette na GTLM (Foto: Brian Cleary/BCPix.com)

Com a GTLM desfalcada de tantos carros, a BMW teve uma possibilidade excelente de conquistar sua primeira vitória em 2017. De fato, o carro #24 de John Edwards/Martin Tomczyk liderou grande parte da disputa na categoria. Mas quem riu por último foram Jan Magnussen/Antonio Garcia, que fecharam no 7º posto geral, cerca de dois segundos e meio à frente de Alexander Sims/Bill Auberlen – e tudo isso depois de um princípio de incêndio no Corvette C7-R #3 após os treinos de quinta-feira. A outra “Bimmer” chegou em terceiro e os outros dois carros da classe que concluíram inteiros foram o Porsche de Patrick Pilet/Dirk Werner e o Ford de Joey Hand/Dirk Müller.

Na sempre disputada GTD, após uma performance pouco inspirada nos treinos classificatórios, a Mercedes-AMG GT3 de Ben Keating/Jeroen Bleekemolen chegou à segunda vitória na temporada, o que deixa os pilotos da Riley Motorsports-AMG ainda na liderança da classificação. As diferenças foram apertadas: pouco mais de dois segundos separaram os vencedores de Christina Nielsen/Alessandro Balzan, atuais campeões da categoria.

050417_COTA_bcpix134057

Jeroen Bleekemolen e Ben Keating venceram de novo na GTD e lideram soberanos a classificação da categoria após a 4ª etapa (Foto: Brian Cleary/BCPix.com)

Em recuperação sensacional, Tristan Vautier levou a Mercedes que partilhou com Kenny Habul ao segundo pódio do ano. O francês desalojou a Lamborghini de Bryan Sellers/Madison Snow do pódio nas voltas finais. Bret Curtis/Jens Klingmann fizeram boa corrida com a BMW da Turner Motorsports e completaram os cinco primeiros na classe.

Pole position nos treinos para a divisão mais numerosa da IMSA, o Porsche da Alegra Motorsports guiado por Mathieu Jaminet/Daniel Morad liderou no início e sucumbiu para terminar num razoável 7º lugar. Oswaldo Negri/Jeff Segal fizeram uma prova repleta de percalços e terminaram em décimo-primeiro na divisão. Com o resultado, a dupla da Michael Shank Racing baixou para o 7º lugar na classificação, com 90 pontos.

A próxima etapa é o GP de Detroit, preliminar da Fórmula Indy, no primeiro sábado de junho – dia 3. É outra corrida de tiro curto, com apenas 1h40min de duração. Apenas a classe GTLM, devido a presença da Corvette, da Ford e da Risi Competizione no Journée Test das 24h de Le Mans, além de pilotos do programa IMSA da Porsche, não participa dessa disputa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>