MENU

2 de junho de 2017 - 11:42IMSA Weather Tech SportsCar Championship

IMSA: Fittipaldi é o mais rápido na primeira sessão em Detroit

Practice-1

RIO DE JANEIRO - Começaram os treinos livres para a 5ª etapa do IMSA Weather Tech SportsCar Championship no circuito de 2,35 milhas (3,781 km de extensão) montado no Belle Isle Park, em Detroit, no estado de Michigan. E o brasileiro Christian Fittipaldi saiu da primeira sessão com o melhor tempo nesta manhã.

A bordo do seu Cadillac DPi-V.R alinhado pela Mustang Sampling/AX Racing, Christian fez a volta mais rápida em 1’23″750, superando em 0″480 o carro dos irmãos Jordan e Ricky Taylor, que lideram invictos a temporada 2017. Mesmo com mais um BoP limitando a performance dos protótipos com motor V8 6,2 litros, os Caddies ditam o ritmo.

Apesar de que não fizeram 1-2-3 na primeira sessão: Misha Goikhberg ficou em 3º com o protótipo Oreca LMP2 da JDC-Miller Motorsports, com 1’24″808 – mais de um segundo acima do melhor tempo do treino. Tristan Nunez fez a quarta marca com o Mazda RT24-P DPi da Speedsource e o Cadillac #31 da Whelen Engineering/AX Racing só apareceu em quinto, com Dane Cameron marcando 1’25″524.

Na Prototype Challenge, o mexicano Patricio “Pato” O’Ward foi o mais rápido do primeiro treino com 1’27″851, tempo melhor inclusive que o Nissan DPi de Ed Brown/Johannes Van Overbeek. O brasileiro Bruno Junqueira volta ao certame neste fim de semana: ele vai andar no carro #26 da BAR1 Motorsports ao lado de Tomy Drissi. Bruno fez sua melhor volta em 1’30″512, retomando o ritmo já que vem fazendo aparições esporádicas na série. O carro #20 de Don Yount/Ryan Lewis provocou a primeira bandeira vermelha do dia, deu só duas voltas e ficou com o pior tempo do treino.

Entre os GTD, o holandês Jeroen Mul ficou com o melhor tempo a bordo do Lamborghini da Change Racing: o holandês superou o compatriota Jeroen Bleekemolen por 0″107, marcando 1’30″782. Andrew Davis foi o terceiro mais rápido da categoria com o Audi da Stevenson Motorsports, seguido por Tristan Vautier no Mercedes-AMG da SunEnergy1 Racing e por Colin Braun no Porsche da CORE Autosport.

O Porsche de Daniel Morad/Mathieu Jaminet fez o 6º tempo, mas acabou também provocando mais uma bandeira vermelha durante os treinos livres. Após o incidente, o carro teve danificados o exaustor e a asa traseira, além de aparentar danos superficiais na carroceria. Jeff Segal e o brasileiro Oswaldo Negri ficaram com a nona posição na classe, com o tempo de 1’31″894. No fim da sessão, Negri acabou rodando e bateu contra a barreira de proteção da curva 1, provocando nova interrupção do treino livre.

Ao todo, 27 carros marcaram tempo e o Ligier JS P217 da PR1/Mathiasen, embora inscrito, não andou: o mexicano José Gutiérrez, que vai disputar as 24h de Le Mans pela G-Drive Racing, já teve que viajar para a França. Tom Kimber-Smith está, por enquanto, sem parceiro. Mas a equipe de Bobby Oergel e Ray Mathiasen tem outros problemas e trabalhava febrilmente no paddock para deixar a casa em ordem.

A partir das 14h pelo horário de Brasília, será disputado o segundo e último treino livre. A definição do grid começa às 17h55 com a classe GTD. Depois, entram na pista os Prototype Challenge e por fim os carros da classe principal. O site da IMSA transmite o treino oficial ao vivo. O Fox Sports 2 exibe o GP de Detroit em VT inédito e na íntegra neste sábado a partir de 20h30 – ou após o fim do beisebol, se o jogo terminar mais cedo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>