MENU

22 de setembro de 2017 - 20:03Endurance

Dopamina Endurance: Porsche abre treinos no Velo Città na frente

322258_734405_01_116a8650

E la nave va: o Porsche de Ricardo Maurício e Marcel Visconde, que terá Max Wilson completando a trinca nos 500 km de São Paulo, foi o mais rápido no Velo Città nesta sexta-feira (Foto: Claudio Kolodziej/Divulgação)

RIO DE JANEIRO - Contando neste fim de semana com o luxuoso reforço de Max Wilson, a equipe Stuttgart Motorsport largou na frente nos primeiros treinos livres para os 500 km de São Paulo, quinta etapa do Dopamina Endurance (Campeonato Brasileiro), no circuito Velo Città, em Mogi-Guaçu.

Com o tempo de 1’25″566, o Porsche 911 GT3-R fechou a sexta-feira em que a pista esteve aberta para três sessões cronometradas com mais de um segundo de diferença para o protótipo AJR #28 de Juliano Moro/Cristiano “Tigrinho” Almeida/Carlos Eduardo. Esse protótipo era equipado anteriormente com um motor Honda, mas foram tantas as quebras que, em busca de resultados, foi instalado no carro um motor V8 de Stock Car. Vamos ver se a troca surte efeito neste fim de semana.

Para esta corrida, o objetivo da equipe Stuttgart é conquistar o título antecipado da temporada 2017. Com a vitória valendo 140 pontos de acordo com o critério crescente adotado pelo Endurance em suas provas válidas tanto pelo Regional como pelo Brasileiro, o trio do carro #20 corre para dar o troféu a Marcel Visconde e Ricardo Maurício, que disputaram todas as corridas até aqui – vencendo inclusive as três últimas. Uma quarta vitória levaria os dois a 580 pontos (sem descartes) e eles não poderiam ser mais alcançados por ninguém.

A participação de Max Wilson tem um valor histórico: caso chegue na frente, o piloto alcançará o recorde de três vitórias que é repartido entre Luiz Pereira Bueno e Celso Lara Barberis, ambos já falecidos.

“Todos os 500 km e todas as corridas de Endurance que eu fiz foram com a Porsche. E é muito bom fazer isso com o Ricardo, que é um grande amigo meu, e com o Marcel, com quem eu venci uma das edições. É um privilégio estar com eles aqui e desejo ajudá-los a conquistar o título”, disse Max, após o término das atividades no Velo Città.

“O que a gente espera é um excelente resultado. Temos que tomar muito cuidado, pois é uma pista de difícil ultrapassagem, com muitos carros em diversas velocidades, o que torna a corrida até um pouco perigosa. Mas vamos tentar buscar mais uma vitória e conquistar o título já neste final de semana. A corrida é muito longa, com 500 km. Normalmente a gente faz apenas 300 km. Vamos ver o que vai acontecer”, completou Ricardinho.

322258_734402_04_116a9287

O protótipo Predador de Jair e Duda Bana estará presente nos 500 km de São Paulo: a dupla de pai e filho ficou na quarta posição na soma dos tempos de hoje (Foto: Claudio Kolodziej/Divulgação)

O protótipo MR18 da trinca Emílio Padron/Fernando Fortes/Renan Guerra ficou com a 3ª posição no somatório dos tempos da sexta-feira. Jair e Duda Bana conquistaram a quarta posição, com Tiel Andrade/Franco Pasquale fechando os cinco mais rápidos. Ao todo, 27 carros estiveram presentes nos treinos pelo menos em uma das sessões.

E o blogueiro conseguiu enfim uma brecha no meio dos finais de semana de (muito) trabalho no Fox Sports para poder acompanhar a 33ª edição da prova, cuja largada acontece amanhã às 13h55 de Brasília. Vou atravessar a madrugada na estrada, num Cometão, rumo a Mogi-Guaçu e de lá para o circuito, de manhã cedo, a tempo de poder ver alguma coisa dos treinos e a corrida, logicamente.

No domingo, haverá no Velo Città as provas das demais categorias – Sprint Race, Brasileiro de Turismo 1600, Fórmula Vee e Clássicos.

3 comentários

  1. Edson disse:

    Se no ano que vem uma ou outra equipe não investir em um carro para bater de frente com o Pórsche , vão ser um grã turismo nivel easy. De certa forma ter um carro com esse potencial e benéfico uma vez que eleva indiretamente a outras equipes investirem em um bólido melhor!

  2. Emerson Vieira disse:

    Pow, não sabia que a Fox pagava tão mal assim. Tu mora em Olaria e vai de ônibus pra São Paulo? Caraca, vou ver se arrumo uma vaguinha pra tu no SporTV, que tal?

    • Rodrigo Mattar disse:

      Em primeiro lugar, vou do que quiser, onde e quando eu quiser, porque eu gosto – e não é pouco – do que eu faço.

      Segundo, não paga mal não.

      Terceiro, falta de assunto define.

      Quarto e último: SporTV? Não, obrigado.

      Babaca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>