MENU

2 de fevereiro de 2018 - 11:37Fórmula Indy, Imprensa, Televisão

As dúvidas sobre a Fórmula Indy

201821103545_32a45-teo-jose_II

Teo José não me pediu procuração pra falar dele ou coisa semelhante. Escrevo isso aqui no blog porque me preocupa a falta de espaço para o esporte em mais uma emissora, mesmo que em canal aberto. Triste constatar isso…

RIO DE JANEIRO - Ontem, as redes sociais foram tomadas de assalto por uma notícia – pelo menos, para mim – inesperada: Teo José não teve o contrato renovado na Bandeirantes e deixou a emissora paulistana após 12 anos.

Inesperada e surpreendente: Teo é a “voz da Indy” no Brasil desde 1993, passando por Manchete, SBT, Rede TV e, recentemente Band. O jornalista também teve um período na finada PSN (lembram?). E como todos nós do meio, estamos sujeitos a todo tipo de tiroteio verbal nas redes sociais, que existem para o bem e para o mal (este, então, nem se fala…). O Teo recebe críticas, tem também uma legião de admiradores e deveria ser em nome deles que essa situação tinha que ser pensada.

Mas não. Sabemos como a banda toca em alguns conglomerados de mídia. E nessa, o Teo dançou. Tudo em nome do “momento econômico que o país atravessa”.

Humpf…

Eu lamento. Passei por uma situação semelhante, talvez até pior, o Flavio Gomes também foi mandado embora de onde trabalhava, mas conseguimos nos recolocar. O Teo, com a competência que mostrou ao longo desses anos todos – e também como repórter, já que começou cobrindo a Fórmula 3 Sul-Americana em 1991 e logo no ano seguinte, já narrava corridas da Fórmula Chevrolet – certamente não ficará muito tempo inativo. Deve ter projetos. E deve haver quem queira tê-lo em seus quadros.

Uma pena o descaso da Bandeirantes com a Fórmula Indy e é sobre isso que vou falar agora.

Ao dispensar e não renovar contrato com seu principal narrador esportivo – Teo também era o comandante das transmissões dos jogos da Liga dos Campeões da Europa – a Band dá um tiro no pé. Na verdade, os sinais de fumaça já apareceram no horizonte quando dois integrantes do departamento de esporte – Gustavo Berton e Antônio Pétrin, que também trabalharam com a Indy – foram demitidos.

Vejo em vários lugares notícias sobre o futuro do esporte naquela emissora e isso me preocupa. É menos um local de trabalho, menos espaço e principalmente menos oportunidade para gente que tem competência. Com um contrato por cumprir, a Band não tem narrador – em tese, pois acho que o Celso Miranda ainda está por lá e outros. Enfim… quem tem que resolver isso são eles.

Mas o fã de automobilismo está preocupado. Não só com a saída do Teo como também com as notícias sobre uma nova grade de programação, onde o esporte fica completamente para escanteio aos domingos.

Não deixa de ser um contraste com o momento vivido nos anos 1980, onde o slogan era “Bandeirantes, o canal do esporte” e seu dínamo era o inesquecível Luciano do Valle.

Que tristeza…

17 comentários

  1. Eduardo Homem de Mello disse:

    Teo Jose e eu fomos companheiros de transmissões da Fórmula Truck por 13 ou 14 anos, justamente na fase áurea sob o comando do Genial Aurelio Batista Felix.
    Considero o Teo um excepcional narrador de corridas, não canso de dizer que com sua dedicação e profissionalismo ele dá emoção até em disputa de jogo de palitinho.
    Sem dúvida Teo é a voz da Indy assim como foi a voz da Fórmula Truck com milhares de fãs e admiradores espalhados pelo Brasil afora.
    Já fomos mais próximos numa relação de amizade e parceria e por conta de algumas intercorrências ocorridas no período pos morte do Aurelio nossa relação estremeceu e restou a admiração e respeito pelo grande profissional que ele é.
    Teo, torço para que vc supere rapidamente seu desligamento inexplicável e desnecessário da Band e que vc possa assumir uma posição de destaque à altura de sua competência.
    Toda minha admiração e respeito
    Grande abraço
    Eduardo Homem de Mello

  2. Rafael Mafra disse:

    O Pétrin é um baita repórter. Eu admiro ele desde os tempos da copa do Brasil no SBT e é claro o Téo na Indy.

    Espero muito ouvir desse baita narrador bem em breve: marcamos um novo encontro…onde e quando? ichi. Boa sorte Téo e cuide se bem.

  3. Ricardo Talarico disse:

    Pois é caro Mattar,
    A Band joga fora dois grandes nomes.
    Todos temos algumas críticas a narradores e comentaristas, mas o Teo sem dúvida é um dos melhores na “nossa” área .
    Quanto ao Pétrin, profissional completo, para honra minha, me entrevistou nas 500 Milhas da Granja Viana em 2005.
    Certamente esses 2 talentos se recolocarão rapidamente, enquanto que a Band…
    está cavando uma cova profunda para si mesma.

  4. Leonardo Silva Conrado disse:

    Fico muito triste pelo Téo José, mas vejo isto como uma chance da FOX Sports contrata-lo, e comprar os direitos de transmissão da Indy no Brasil. Garanto que o Téo narrando e você Rodrigo Mattar comentando as corridas da Indy, vai ser garantia de sucesso para a emissora.

  5. Fernando Voigt disse:

    A Band, desde o falecimento de Luciano do Valle, entrou em uma espiral descendente em relação a esportes. Uma tristeza a não renovação de contrato do Téo, e como você bem disse, a Indy sobe no telhado.

  6. Luiz Andrade disse:

    Eu que tive o prazer de crescer assistindo ao Show do Esporte que tinha de luta do grande Maguila até desafio de sinuca com o mestre Rui Chapéu fico muito triste com o rumo que a Bad está tomando, e aposto um guaraná que vão limar a Indy da programação pra colocar um lixo qualquer dominical igual as outras emissoras pra divulgar musicas de baixa ou nenhuma qualidade e sub-celebridades das revistas de fofoca.
    Lamentável a escolha por fazer o igual e deixar de ser opção.
    Triste com o que está sendo feito com trabalho de uma vida do saudoso Luciano do Valle.
    Pode arrumar mais um lugar no sofá do FOX Nitro pois acho que a FOX Sports não vai deixar um cara como o Téo José à pé por muito tempo.

  7. Robertom disse:

    Ao contrário da maioria dos colegas da RGT/SporTV o Téo José sabe narrar corridas, mas sempre o achei chato, repetitivo, gritalhão ufanista e exagerado nos bordões, para mim a Band tem opções melhores:
    Celso Miranda, ótimo, entretanto seu estilo discreto talvez não agrade aqueles que apreciam um animador de torcida, e Luc Monteiro, o melhor, porém sem experiência internacional.
    Resta saber se com essa crise interna, a emissora conseguirá transmitir a F. Indy…

  8. Marcelo Saldanha disse:

    E como disse o Rodrigo Mattar a Band era o canal do Esporte.

  9. Ricardo Soares disse:

    Cara… Rodrigo; primeira vez que “teclo” aqui… Te curto PKCT (desculpa o termo) já há tempos.; tenho “55 contos nas costas” (só para deixar o nível por aí, acompanhamos automobilismo desde “sempre”; final dos anos 70) Gosto do Teo, gosto muito de automobilismo e vejo, já há tempo, a política dessa emissora chamada “band” (aqui no Rio já foi Guanabara; lembra?) e se torna um descaso; mas são “novitempos” não? Ainda mais essa emissora, que se diz de “rede”, mas atendeu sempre a monocultura imbecil do agronegócio… (desculpa a verborragia e o assunto alheio, talvez não publique, pois é…) Fugi do assunto; mas o Teo é uma “legenda” de narrador… Abraços…

  10. Kleber Nunes disse:

    Já se foi o tempo que a Band era o Canal do esporte e ajudou milhões de pessoas a gostarem de esportes. Quando o Luciano do Valle trouxe a Fórmula Indy na segunda metade dos anos 80 ajudou a descobrir a categoria e os circuitos ovais e o Téo José deu continuidade e se tornou uma marca registrada da categoria no país com seu profissionalismo e competência, agora é lamentável a situação do esporte na emissora que na minha visão vai perder e muito a qualidade na Indy e na Champions League, ainda mais tendo gente como Neto e Renata Fan o último a sair que apague a luz.

  11. Paulo Nascimento disse:

    O Téo José certamente encontrará nova casa, dada a sua já comprovada competência. Espero, pelo menos, que a Band continue a transmitir a Indy. E escale o Celso Miranda para a empreitada. Boa voz e bom vocabulário. Suas enfases são sempre bem colocadas, sem se apoiar em gritaria, sem ferir os ouvidos de quem está assistindo as fantásticas imagens internacionais, evitando sempre resvalar na vulgaridade.
    E quanto as transmissões da Nascar 2018? A Fox Sports irá transmitir as três categorias este ano?

  12. Caro amigo Rodrigo.
    É a primeira vez que faço um comentário aqui,conheci o Eduardo homen de Melo,o Celso Miranda,e o Téo José aqui em SP na indy, no Anhembi. Todos eles me trataram como se me conhecem a anos, tiramos fotos conversamos bastante até eles terem que fazer suas matérias.
    Por isso fiquei muito surpreso com a saída do Téo da band, acompanho automobilismo desde de 1985, tenho 40 anos e também acompanho todos vcs da foxsport, e fiquei chateado também quando o Sérgio Lago se desligou da fox pra mim ele era o voz da nascar assim como o Téo era a voz da indy e assim como você é a enciclopédia do endurece, ou seja todos vcs não tem ideia como o público que gosta de automobilismo se identifica com o que vcs fazem.
    Boa sorte ao Téo e torço pra que algum canal de TV sério compre os direitos da indy.

  13. Jorge Barros disse:

    O que a gente precisa é ter um fox sports 3, e levar todos vcs do automobilismo pra lá.. para podermos ter mais conteúdo de qualidade e vcs narradores e comentaristas (que dispensam comentários) la dentro exclusivamente para motorsport. de canja poderiam contratar essa lenda que o teo. sou da era que assistia VT! no sbt domingo a noite.. acordava com sono segunda mas não deixava de assistir a indy com narraçao do teo. Sei que tem as entrelinhas financeiras de abrir um novo canal e bla bla bla.. mas a fox deveria tomar todo o automobilismo de uma vez por todas..

  14. João Ferreira disse:

    É incrível que o Téo José esteja fora e tem alguns por aí, que não merecem narrar nem enterro de anão…Só espero que a Band não acabe com as transmissões da Indy…. Bote o Datena como tampão ou contrate um bom narrador, que tal o Sérgio Lago Band?

  15. Marchi disse:

    Está aí uma grande chance de substituir o Galvão que já está morto desde de o fim da era Senna. Com a narração apaixonante do Teo, sem dúvida a emissora prenderia mais espectadores.

    …mas, sei. Só imagino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>