MENU

1 de fevereiro de 2018 - 13:47Fórmula 1

O relógio marca…

RIO DE JANEIRO - Usei o bordão marcante do locutor de rádio Waldir Amaral, de saudosa e brilhante carreira, porque não pensei noutro título chamativo para o post que escrevo agora sobre a mudança que o Liberty Media acaba de anunciar nesta quinta-feira: os horários de programação de treinos e corridas do Mundial de Fórmula 1 sofrem sua maior alteração em décadas. A mudança foi feita visando maior audiência televisiva em mercados onde a categoria não consegue tanto sucesso, como os EUA, por exemplo.

Para o Brasil, as mudanças não devem ser muito impactantes. Avançar 1h10min no horário de largada para a maioria das etapas, transmitidas aqui até 2017 às nove da manhã é o de menos. Sabemos que os GPs dos EUA e México – e agora o GP do Canadá – passam a ser mais dependentes ainda da exibição em TV fechada, por causa da preferência da Globo pelo futebol.

A CBF vai espremer o Campeonato Brasileiro o quanto puder e só vai interrompê-lo uma semana – ou alguns dias, até – antes do início do Mundial da FIFA.

Mas aí tem um problema: o GP do Brasil, único que a emissora transmitiu ao vivo – treinos e corrida – ano passado, vai começar às 15h10 no dia 11 de novembro, reta final do Brasileirão. E aí, como será que farão?

O Liberty Media também tomou o cuidado de não ter suas corridas atrapalhadas pelos horários das partidas da Copa do Mundo da Rússia. Marcado para o dia 24 de junho, o GP da França, que volta ao calendário após mais de 10 anos fora (com Paul Ricard também regressando num hiato de 28 anos), não vai colidir com o possante confronto entre os Bleus e o Panamá. Entre as provas europeias, será a única com largada às 11h10 de Brasília.

Abaixo, os horários (já no fuso brasileiro).

Horários F1

 

 

6 comentários

  1. Cristiano disse:

    Com a saída da Malásia agora teremos só 3 corridas na madrugada, disso eu gostei. E pra falar a verdade ainda sinto falta quando Albert Park passava um pouco mais cedo. Anos atrás iria adorar as corridas as 10h10, porém com criança pequena em casa não faz diferença kkkk

    • Renato RRE disse:

      Pensei a mesma coisa… somente três corridas de madrugada… Achava essas corridas um porre, nem fazia mais questão de ficar acordado… Gostei dos horários e achei interessante que a corrida em Interlagos passa a ter uma probabilidade maior de chuvas no meio da corrida. abs

  2. Diogo disse:

    O GP do Brasil começar às 15:10 não interfere no futebol, pois, já no horário de verão, as partidas irão começas às 17:00.

    • Rodrigo Mattar disse:

      Considere que a corrida pode ser interrompida. Tem isso né? E aí, como fica?

      • Diogo disse:

        Das duas opções, uma: ou atrasa o começo do jogo, como no GP Brasil de 2003 (o da vitória do Fisichella, com diversas interrupções por conta da chuva) ou, interrompe a prova e passa o jogo, como no GP do Canadá de 2011, com duas horas de bandeira vermelha por conta da pista alagada.

  3. Kleber Nunes disse:

    Com o novo horário de largada quem é que se interessa por Fórmula 1 ainda mais sem brasileiro correndo. Eu acho que o ano de 2018 deverá ser o começo da derrocada da categoria no Brasil e aposto que muita gente deverá largar de mão porque não terá brasileiro correndo e só ficará quem gosta de velocidade independente de ter ou não piloto do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>