MENU

5 de março de 2018 - 15:57Mundial de Endurance

Reforço na SMP Racing

Stephane-Sarrazin-austin-podium-730x486

De volta ao WEC: o experiente Stéphane Sarrazin troca a Toyota após seis temporadas pela SMP Racing

RIO DE JANEIRO - A equipe russa SMP Racing tem um reforço de peso para a Super Season 2018/19 do Mundial de Endurance: o veterano francês Stéphane Sarrazin, de 42 anos, foi confirmado hoje como o terceiro piloto do programa LMP1 junto a Mikhail Aleshin e Vitaly Petrov, os primeiros confirmados quando do anúncio da lista de entradas, em fevereiro.

Sarrazin é daqueles pilotos cuja experiência jamais pode ser desprezada. Versátil, já andou de absolutamente um tudo – inclusive no WRC, com algum destaque. Foi várias vezes pole position das 24 Horas de Le Mans, com 16 participações e – incrivelmente – nenhuma vitória, com quatro segundos lugares e seis pódios no total, com a adição de um 3º lugar na extinta LMGT1 a bordo de um Aston Martin em 2005.

Nas seis temporadas até hoje disputadas no WEC, Steph serviu à Toyota, embora na última temporada tenha sido inscrito apenas três vezes – porém, em 2012 colaborou bastante com a equipe Starworks, que conquistaria naquele ano o título mundial de Endurance na classe LMP2, com direito a um pódio geral nas 12h de Sebring, a bordo de um HPD ARX-03b.

No WEC, Sarrazin tem um total de 44 provas disputadas e três vitórias – duas no Bahrein (2013 e 2014) e uma em Fuji (2016). A SMP Racing o convidou não só por sua expertise a bordo dos Esporte-Protótipos como também pelo fato da ART Grand Prix, que é francesa, dar suporte ao time russo em sua primeira campanha na LMP1 com o BR01 de motor AER biturbo.

Os demais pilotos ainda serão oportunamente anunciados e os jovens Egor Orudzhev e Matevos Isaakyan, que têm ajudado no programa de testes e desenvolvimento do BR01, devem fazer parte do programa LMP2 da equipe russa, junto a Victor Shaytar.

6 comentários

  1. Gustavo disse:

    Alguma previsão de equipe para o Pipo Derani para o wec nesta temporada?

  2. Fernando Silva disse:

    Sarrazin é o que se pode chamar de piloto versátil, nunca deve ser menosprezado em Le Mans…

  3. Danilo Candido disse:

    (Out of topic) Prezado Rodrigo, tudo bem ?
    No Super Motor da Band Sports de ontem o Celso Miranda comentou sobre a chegada das marcas japonesas ao DTM em 2019, para recompôr o grid, dando a nota como notícia (algo firmado). Está sabendo de algo ? Pesquisei e não vi nada à respeito.
    Obrigado e um abraço !

    • Rodrigo Mattar disse:

      Danilo, acho que é o único caminho de salvação do DTM. Sem a Mercedes, ficar só com Audi e BMW? O jeito é se unir às marcas que estão no Super GT. Só que o DTM teria que mudar o seu regulamento técnico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>