MENU

14 de abril de 2018 - 00:31International GT Open

Trifeta Lamborghini nos treinos de sexta do GT Open em Portugal

0918 20 164

Toby Sowery estreia no GT Open com o melhor tempo dos treinos livres de sexta-feira (Foto: Fotospeedy)

RIO DE JANEIRO - Marca com o maior número de carros (nove no total) entre os 22 carros presentes na rodada inaugural do International GT Open no Estoril, em Portugal, a Lamborghini deitou e rolou nas primeiras posições ao fim da sexta-feira de treinos livres no circuito de 4,182 km de extensão.

Foram quatro bólidos da marca de Sant’Agata entre os seis primeiros. Três entre os mais rápidos do dia. E a equipe Daiko Team Lazarus ainda fez a dobradinha no combinado das duas sessões.

Estreando na categoria, o britânico Toby Sowery, de 21 anos apenas, foi o mais veloz da sexta-feira. Fez o tempo de 1’38″149 a bordo do carro #28 que vai partilhar com o folclórico Giuseppe Cipriani – aquele mesmo que estava na World Series V8 na sua última temporada. O carro #27 da dupla Miguel Ramos/Fabrizio Crestani foi superado por 0″271 e ficou em segundo ao fim dos dois treinos livres.

Campeã do ano passado com Giovanni Venturini, que defende seu cetro tendo como companheiro o holandês Jeroen Mul, a Imperiale Racing ficou em 3º com a dupla Riccardo Agostini/Rik Breukers a 0″436 do melhor tempo.

A quarta posição foi da SPS Automotive Performance – com nova pintura em sua Mercedes-AMG, novamente partilhada pela dupla Tom Onslow-Cole/Valentin Pierburg. Nova equipe da categoria, a Luzich Racing fez o 5º tempo com Ale Pier Guidi/Mikkel Mac Jensen, enquanto Mul/Venturini fecharam os seis mais velozes.

0918 19 198

Oitavo lugar na sexta-feira para Allam Khodair (até agora o mais rápido do fim de semana, com o tempo dos treinos coletivos de ontem) e Marcelo Hahn, os melhores brasileiros no Estoril

Os melhores brasileiros do dia foram Allam Khodair/Marcelo Hahn, com a Mercedes-AMG da Drivex School. Na primeira sessão, a dupla estabeleceu 1’39″106, sétimo tempo na fase matinal de treinos. E só perderam uma posição à tarde, com a melhora do Lamborghini #28. No fim das contas, a oitava posição (quinta da classe Pro-Am) não é um mau resultado. E há que se considerar o seguinte: ontem, nos testes privados autorizados pela GT Sport, organizadora do evento, Khodair fez 1’38″125 – melhor tempo do fim de semana, até agora.

Nicolas Costa e seu parceiro Kang Ling completaram 32 voltas no total ao longo da sexta-feira. Sem forçar muito, a dupla do carro #6 da equipe de Vincenzo Sospiri ficou em 11º ao fim do dia, com a marca de 1’39″488 – três posições à frente de Fernando Rees/Damiano Fioravanti, que a exemplo dos dois citados neste parágrafo, também correm de Lamborghini Huracán. A dupla da Ombra Racing marcou 1’40″094 e percorreu 50 voltas ao longo das duas sessões.

Estreando no International GT Open, Giulio Borlenghi ficou até satisfeito com a performance dele e do polonês Andrzej Lewandowski, apesar do resultado ter sido o 20º posto geral e o quarto na categoria Am, para pilotos de graduação bronze. A dupla fechou o dia com o tempo de 1’41″570, quase dois décimos melhor que Márcio Basso/Thiago Marques, que vão dividir uma das três BMW da equipe espanhola Teo Martín Motorsport neste fim de semana do Estoril.

A título de confirmação, pelos horários de Brasília: treino de classificação a partir de 5h40 e corrida #1 às 11h15, com duração de 70 minutos e pit stop obrigatório entre o minuto 28′ e o minuto 42′ para troca de pilotos e eventual mudança de pneus e reabastecimento de combustível. O blog terá transmissão ao vivo da prova.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>