MENU

25 de outubro de 2018 - 23:03Automobilismo Internacional

FIA GT Nations Cup: competição toma forma

WRT1GTNC

As cores da Bélgica serão representadas por Charles Weerts e Mike den Tandt no FIA GT Nations Cup. Catorze países já estão assegurados no evento, que se realizará em dezembro no Bahrein

RIO DE JANEIRO - Com a chancela da FIA e organização da SRO de Stéphane Ratel, será disputado no primeiro fim de semana de dezembro um evento inédito: a FIA GT Nations Cup, com sede no Bahrein, em Sakhir.

É uma competição não de marcas, mas sim de países, como bem indica o nome da corrida – e que já conta com catorze nações confirmadas, com os pilotos, todos,  de graduação prata ou bronze, de acordo com o ranqueamento da entidade máxima do desporto automobilístico.

A Copa das Nações tem até o momento o envolvimento de onze escuderias diferentes – na verdade, dez, posto que a AF Corse dá suporte à AT Racing, organização com bandeira austríaca e que estará com as cores de Belarus, país da família Talkanitsa. Pai e filho representam a antiga república da URSS na competição.

Amato Ferrari (de igual ao Commendatore Enzo, só o sobrenome) terá suas Ferrari 488 GT3 com outros dois países: a Itália, com Matteo Cressoni e Piergiuseppe Perazzini e o Japão, com Ken Seto e Tamotsu Kondo.

Um outro time com os carros do construtor italiano que dará suporte a dois países diferentes é a Rinaldi Racing, com carros inscritos nas cores da Rússia e da Alemanha. Denis Bulatov e Rinat Salikhov estão escalados para representar os conterrâneos de Lenin, enquanto a missão dos germânicos estará nas mãos de Alexander Mattschull e Nico Bastian.

A Austrália vai com a Herberth Motorsport (que é germânica, inclusive) fazendo o running de dois Porsche 911 GT3-R que serão inscritos para Brenton e Stephen Grove. Os belgas estão com o Belgian Audi Club Team WRT – quem mais? – e os Audi R8 LMS alinhados para Charles Weerts e Mike den Tandt.

Jean-Luc Beaubèlique e Jim Pla são os escalados pela França, que terá o Team AKKA-ASP dando o apoio e as duas Mercedes-AMG GT3 já confirmadas para a Copa das Nações. A Tailândia será representada pela TP12 em parceria com a Kessel Racing e mais duas Ferrari 488 GT3, para Pasin Lathouras e Piti Bhirombhakdi.

Outros dois países no rol dos “exóticos” também vão disputar o evento: Hong Kong, via KCMG e dois Nissan GT-R Nismo GT3 para Alex Au e Andy Tan, além do sultanato de Omã e dois Aston Martin Vantage V12 GT3 assistidos pela Oman Racing Team (Motorbase Performance), por enquanto sem representantes definidos.

A Suécia vai de McLaren 650S GT3 com o suporte da Garage 59, para Victor Bouveng e Alexander West. E a R-Motorsport cuida dos carros que serão entregues a pilotos de Suíça e Grã-Bretanha, respectivamente – ainda não indicados para a prova.

A Copa das Nações FIA GT terá três provas: a corrida classificatória #1, a corrida classificatória #2 e a final. Todas com 60 minutos de duração pelos 5,412 km do circuito barenita. A SRO contava com pelo menos 17 nações a garantir presença, podendo chegar a 19. Bulgária, Grécia, Indonésia e Taiwan são alguns dos países cujas federações foram convidadas, mas até agora não houve retorno.

1 comentário

  1. Fernando Silva disse:

    Alguma possibilidade de termos um “Team Brazil”, como tivemos há cerca de até tres anos atrás nas séries Blancpain?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>