MENU

5 de dezembro de 2018 - 15:31IMSA Weather Tech SportsCar Championship

Barrichello – de novo – nas 24h de Daytona

47308255_2235196503428437_4121798015671336960_n

No sentido horário, os pilotos do #84 são Stephen Simpson, Simon Trummer, Juan Piedrahita e Chris Miller

RIO DE JANEIRO - A menos de 30 dias para o início da temporada que celebra os 50 anos do International Motor Sports Association (IMSA), as equipes começam a definir seus esquadrões para a disputa da clássica 24h de Daytona, prova que abre o campeonato de 2019 no final de janeiro.

Há pouco, a JDC-Miller Motorsports confirmou em sua página do Facebook e posteriormente no Twitter do time, quem serão os pilotos que vão estar a bordo dos dois novos carros do time, os protótipos Cadillac DPi-V.R construídos sob a plataforma dos chassis Dallara LMP2.

O carro #84 terá na primeira etapa o sul-africano Stephen Simpson ao lado do suíço Simon Trummer, do estadunidense Chris Miller e de Juan Piedrahita, uma das caras novas para a temporada 2019.

47227895_2235196500095104_7204667129184911360_n

Misha Goikhberg, Tristan Vautier, Devlin DeFrancesco e o experiente Rubens Barrichello formam a tripulação do #85 nas 24h de Daytona 2019

E no #85, mais um brasileiro garantido para a corrida da Flórida: além de Christian Fittipaldi (que se despede do esporte como piloto), do campeão Felipe Nasr – agora correndo em dupla com Pipo Derani, sem contar Hélio Castroneves e Bia Figueiredo, que estará num Acura NSX GT3 da classe GTD, Rubens Barrichello foi anunciado na tripulação que terá ainda o russo-canadense Mikhail “Misha” Goikhberg, o canadense Devlin DeFrancesco e o excelente piloto francês Tristan Vautier.

Será a quarta aparição de Barrichello nas 24h de Daytona. A estreia foi com um Porsche da equipe de Dener Pires, que só teve pilotos brasileiros. Depois, o piloto que hoje corre na Stock Car e é o recordista de corridas disputadas na Fórmula 1, andou num Corvette DP da Wayne Taylor Racing e chegou em 2º lugar na prova de 2016 – no ano anterior, ele acabou abandonando quando competiu num BMW Riley DP da Starworks.

“Estou super animado para competir na Rolex 24 novamente, eu amo essa corrida. Na verdade, eu amo a série e quase ganhei a prova uma vez com os irmãos Taylor. Eu sei que a JDC-Miller teve um bom resultado em 2018 com o sexto lugar, então espero que possamos realmente aproveitar nosso fim de semana e dar o nosso melhor para alcançar o melhor resultado possível. Estou muito animado e mal posso esperar!”, finalizou Rubens.

3 comentários

  1. Jose Eduardo Avila disse:

    Ótima noticia, o Rubens tem muita gana, expertise e, “lenha” pra queimar !
    In boca al lupo, Rubens !
    Com os comentários e narração deste “Turco” que sabe tudo, vai ser SHOW!
    Abração

  2. Claudio Lacet disse:

    Muito legal a presença do Barrichello na última corrida do Christian. Rivais desde o Kart, há mais de 30 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>