MENU

9 de janeiro de 2019 - 16:00Rali Dakar

Dakar 2019: Peterhansel ressurge e emplaca 75ª vitória em especiais; Sainz tem dia desastroso

Dakar 2019-Peterhansel

O maior nome da história do Rali Dakar volta a conquistar uma especial: pela 75ª vez, Stéphane Peterhansel doutrinou seus adversários, nas temíveis Dunas de Acari, no Peru

RIO DE JANEIRO - O “Monsieur Dakar” coloca mais uma vez as manguinhas de fora: treze vezes campeão do maior Rali do mundo, Stéphane Peterhansel mostrou porque é o recordista de especiais ganhas ao longo de 31 anos disputando a competição, primeiro em território africano e também na América do Sul. Seja em motos ou carros, o francês de 53 anos mostra que é gênio nesse negócio chamado off-road.

E hoje foi um dia especialmente duro para alguns de seus adversários. Carlos Sainz, principalmente: “El Matador” teve uma quebra feia de suspensão dianteira em seu Mini após o primeiro waypoint. Uma valeta foi a responsável pela quebra, que deixou o espanhol de 55 anos com um atraso monstruoso em relação aos principais nomes da classificação. O piloto teve que esperar a assistência chegar e lá se foram três horas perdidas. E o sonho do tricampeonato vai por água abaixo.

Também o sul-africano Giniel De Villiers teve um dia complicado. O piloto perdeu mais de 50 minutos com um problema técnico em seu Toyota Hilux. Ele e o copiloto Dirk Von Zitzewitz devem chegar a Arequipa, vindos de San Juan de Marcona nos 331 km cronometrados, mas a quarta-feira do “Gnomo” foi desastrosa.

Não obstante, outro piloto que teve problemas foi Sébastien Loeb. Após vencer brilhantemente na véspera, o francês da PH-Sport perdeu mais de 40 minutos e sequer figurou entre os dez mais rápidos do dia. Se serve de consolo, seu companheiro de equipe Harry Hunt perdeu pouco mais de uma hora na etapa e também ficou atrasado em relação aos líderes.

Praticamente soberano desde o segundo waypoint, Peterhansel e o navegador David Castera conquistam assim sua primeira vitória trabalhando juntos num Dakar. Individualmente, é a 75ª vitória de Stéphane. E subindo – o homem não para e não indica que irá parar, tão cedo.

A segunda colocação foi de Nasser Al-Attiyah, que a 3min26seg do francês da Mini alcançou a liderança extra-oficial da classificação geral, com 6min48seg de vantagem para um até aqui surpreendente Yazeed Al Rajhi. Peterhansel já aparece em 3º na soma dos tempos, seguido por Roma, Kuba Przygonski e Despres.

Na classificação do dia, houve algumas surpresas: o novato polonês Aron Domzala e o navegador Maciej Marton conquistaram o 8º lugar na especial a bordo de uma Toyota Hilux. Benediktas Vanagas, da Lituânia, fez o décimo melhor tempo noutro modelo Toyota Hilux, navegado por Sebastian Rozwadowski.

Etapa #3 – San Juan de Marcona-Arequipa
Ligação: 467 km
Trecho cronometrado: 331 km
Total: 798 km

Resultado – carros:

1. #304 Stéphane Peterhansel/David Castera (Mini) – 3h54min31seg
2. #301 Nasser Al-Attiyah/Matthieu Baumel (Toyota) – a 3min26seg
3. #303 Kuba Przygonski/Tom Colsoul (Mini) – a 11min47seg
4. #314 Yazeed Al Rajhi/Timo Gottschalk (Mini) – a 12min50seg
5. #307 Nani Roma/Alex Haro Bravo (Mini) – a 18min12seg
6. #308 Cyril Despres/Jean-Paul Cottret (Mini) – a 28min04seg
7. #309 Bernhard Ten Brinke/Xavier Panseri (Toyota) – a 31min45seg
8. #327 Aron Domzala/Maciej Marton (Toyota) – a 33min16seg
9. #305 Martin Prokop/Jan Tomanek (Ford) – a 34min39seg
10. #330 Benediktas Vanagas/Sebastian Rozwadowski (Toyota) – a 39min24seg

Classificação geral extra-oficial:

1. Al-Attiyah/Baumel – 8h34min08seg
2. Al Rajhi/Gottschalk – a 6min48seg
3. Peterhansel/Castera – a 7min03seg
4. Roma/Haro Bravo – a 12min02seg
5. Przygonski/Colsoul – a 13min45seg
6. Despres/Cottret – a 24min40seg
7. Ten Brinke/Panseri – a 25min21seg
8. Loeb/Elena – a 37min59seg
9. Domzala/Marton – a 42min56seg
10. Vanagas/Rozwadowski – a 49min20seg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>