MENU

12 de setembro de 2013 - 14:58Fórmula 1, Memorabilia

Os dez (onze) maiores carros da McLaren, na escolha dos leitores

RIO DE JANEIRO – Muito bem, pessoal. Há alguns dias promovi no blog uma votação para que os leitores escolhessem os 10 maiores carros da história da McLaren, que em 2013 completa 50 anos de fundação.

Ao tabular as escolhas, 33 diferentes modelos do construtor foram votados, entre Fórmula 1, Fórmula Indy, Can-Am, Fórmula 5000 e Grã-Turismo. Não foi surpresa constatar quais foram os carros mais votados. Surpresa foi eu ter que incluir não dez, mas onze carros na listagem, porque houve um empate. E como aqui quem manda são os leitores, não eu, vou elencar os onze mais votados, em ordem crescente de importância.

Vamos lá:

10º, com 6 votos – McLaren MP4-6 (1991)

mp4-6-mcla-1991-Senna

Os leitores consideram o MP4/6 de 1991 como um dos maiores carros da história da McLaren, logicamente porque foi com ele que Ayrton Senna conquistou o tricampeonato mundial de Fórmula 1, vencendo as quatro primeiras corridas daquela temporada, inclusive o GP do Brasil, que era um tabu na carreira do brasileiro. O carro com motor Honda V-12 bateu a Williams FW14 de Nigel Mansell, já considerada por muitos – e pelo próprio Senna – como “um carro de outro planeta”.

10º, com 6 votos – McLaren M7 (1968 a 1971)

sil686Nos tempos em que Bruce McLaren ainda era o dínamo do time, esse carro da foto foi uma lenda: o modelo M7A, projeto de Robin Herd que com variações ainda sobreviveu nas pistas até 1971, após ser lançado em 1968, foi o que deu à equipe sua primeira vitória na Fórmula 1, no GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps. Esse bólido ganhou quatro corridas da categoria máxima em toda a sua existência.

9º, com 7 votos – McLaren MP4-2B (1985)

autowp.ru_mclaren_mp4-2b_3Sequência da saga vitoriosa da série MP4-2, a versão B do carro concebido por John Barnard, com o veloz e confiável motor TAG Porsche Turbo criado por Hans Mezger, não venceu tantas corridas quanto o carro de 1984. Mas possibilitou a Alain Prost, companheiro do então campeão mundial Niki Lauda, a chance de conquistar seu primeiro título de pilotos e levar a McLaren a mais um “caneco” entre os construtores.

8º, com 8 votos – McLaren M8 (1968-1971)

mclaren-03O maior Esporte-Protótipo construído por Bruce McLaren: o modelo M8 da série Can-Am, que com diferentes variações permaneceu nas pistas entre 1968 e 1971, foi um dos que ajudou o construtor a conquistar 43 vitórias na série até 1972, quando a marca deixou a categoria, após o M20 perder o campeonato daquele para o Porsche 917/20. Infelizmente, foi a bordo de um destes Can-Am que o neozelandês Bruce, aos 32 anos de idade, morreu em 2 de junho de 1970 num acidente em testes realizados no circuito britânico de Goodwood.

7º, com 9 votos – McLaren MP4-8 (1993)

2343124_origO MP4-8 de 1993 foi um dos mais votados pelos leitores porque, com ele, Ayrton Senna fez o que parecia impossível. Derrotou em cinco oportunidades os carros da Williams, muito mais avançados e mais competitivos que o seu monoposto, que tinha ainda o agravante de correr com um motor Ford Cosworth V-8, bem menos potente que os Renault V-10 do time rival. E afora isso, foi com esse modelo que Senna foi o protagonista daquela que é considerada a maior primeira volta da história.

6º, com 9 votos – McLaren M16 (1971-1976)

16265_10151787403593815_1676536152_nCom diferentes variações de mecânica e aerodinâmica, este modelo de Fórmula Indy construído pela McLaren Cars tornou-se uma lenda das pistas. O M16 venceu, entre 1972 e 1976, três edições das 500 Milhas de Indianápolis. O carro da foto é o M16 C/D com motor Offenhauser. Concebido por Gordon Coppuck, tinha clara inspiração no Lotus 72, com frente em cunha. Foi o carro com que Emerson Fittipaldi, no fim de 1974, teve sua primeira experiência em Indianápolis, onde foi taxativo. “Nunca mais”. Dez anos depois, mudaria radicalmente de opinião…

5º, com 13 votos – McLaren MP4-13 (1998)

mp4-13-mcla-hakk-1998-1Após sete anos, desde o tricampeonato de Ayrton Senna, um piloto da McLaren voltou a vencer o Mundial de Fórmula 1. Mika Häkkinen, da Finlândia, ‘casou’ perfeitamente com o bólido da foto, o MP4-13, uma das muitas obras-primas concebidas por Adrian Newey para o time de Woking. Em 1998, o “Flecha de Prata” fez um motor Mercedes conquistar um campeonato após 43 anos e Häkkinen repetiria a dose com o MP4-14 de 1999, que também foi votado pelos leitores.

4º, com 13 votos – McLaren F1 GTR (1995-1998)

mclaren-f1-le-mans-1995O primeiro Grã-Turismo construído pela McLaren, nascido de uma ideia de Gordon Murray, também foi vitorioso dentro das pistas. Na foto, o carro #59 de Masanori Sekiya/Yannick Dalmas/JJ Lehto, recebe a quadriculada da vitória nas 24 Horas de Le Mans de 1995. O modelo F1GTR, que sobreviveu até 1998, quando por força do contrato da McLaren com a Mercedes-Benz na Fórmula 1, teve que ter sua produção interrompida (até porque seu motor era um BMW), ganhou quase tudo o que disputou e foi conduzido por grandes pilotos da história do automobilismo, entre eles o tricampeão Nelson Piquet.

3º, com 15 votos – McLaren MP4-2 (1984)

Lauda_McLaren_MP4-2_1984_Dallas_F1Em seu tempo, foi considerado o carro mais perfeito da Fórmula 1. O MP4-2, evolução natural dos projetos iniciais de John Barnard, concebidos inteiramente em estrutura de fibra de carbono e formato de garrafa de Coca-Cola na seção traseira, foi praticamente imbatível no Mundial de 1984. Das dezesseis corridas daquele ano, doze foram vencidas pelos bólidos do time de Ron Dennis – sete por Alain Prost, cinco por Niki Lauda, que por conta de sua costumeira regularidade, levou o título mundial em cima do companheiro de equipe por… meio pontinho.

2º, com 16 votos – McLaren M23 (1973-1978)

moremsportshistoryEste foi o carro que representou a ascensão definitiva da McLaren ao status de time grande da Fórmula 1. Projetado por Gordon Coppuck em 1973, o M23 rompeu com os conceitos dos modelos “charutinho” do time e, com formas harmoniosas e frente em cunha, bateu Ferrari, Lotus e Brabham graças ao talento de Emerson Fittipaldi, o primeiro piloto campeão da história da McLaren. Com esse mesmo modelo, James Hunt também se sagraria vitorioso em 1976. O M23 foi também o carro com que pilotos como Gilles Villeneuve e Nelson Piquet fizeram suas primeiras corridas na categoria máxima. Deixou saudades.

1º, com 17 votos – McLaren MP4-4 (1988)

Ayrton SennaAlguém duvidava de que o MP4-4 de 1988, o carro que venceu praticamente todas as corridas daquele ano, seria o eleito pelos leitores? O bólido com motor Honda Turbo passeou nas pistas e recebeu a quadriculada 15 vezes à frente dos rivais, para desespero completo dos adversários. Num ano de transição de regulamento dos motores turbinados para os atmosféricos, que voltariam de vez em 1989, a McLaren foi praticamente imbatível e com uma dupla de pilotos fortíssima: Alain Prost e Ayrton Senna. O MP4-4 não era propriamente um carro bonito, mas era veloz, funcional e eficiente. Projeto de Steve Nichols com assessoria de Gordon Murray, ele incorporou um conceito que o sul-africano quis adotar na Brabham, com o piloto guiando praticamente deitado. O radical BT55 “skate” de 1986 serviu claramente de inspiração para as linhas de um carro que fez história na Fórmula 1.

Compartilhar

8 comentários

  1. Rafael Schelb disse:

    Lista justíssima. Todos esses carros ajudaram a moldar a belíssima história da McLaren. E ainda tem duas versões do meu carro de Fórmula 1 preferido, o MP4/2…

  2. Ricardo disse:

    Acho que seria em ordem “crescente” de importância….

  3. Sandro Auzani disse:

    Nem Ron Dennis faria uma lista melhor. Porem para mim o M23 tem um valor sentimental maior, pois ele e os Lotus 72 me ensinaram a gostar de F1 nos anos 70.

  4. Wallace Michel disse:

    A lista do pessoal é melhor do que muita da mídia especializada lá do Reino Unido. Só não curti o McLaren MP4/6 e o MP4/8 entre os dez. Tinham carros com conjunto melhores como opção. Já o MP4/4 era o Pelé da lista. tinha de ser o primeiro incontestável mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *