Campeão nos gramados e nas pistas

C

MOTORSPORT : GT TOUR ROUND 7 LE CASTELLET (FRA) 10/25-27/2013RIO DE JANEIRO – Preste atenção na foto e no segundo agachado à direita de quem a vê. Reconheceu? Pela careca, não é difícil: é Fabién Barthez, o antigo goleiro da seleção francesa campeã da Copa do Mundo de 1998 em cima do Brasil, naquele jogo onde o Zidane acabou com o baile e o Ronaldo… bem, melhor deixar quieto.

Pois é: após ganhar muitos títulos nas quatro linhas, Barthez agora é campeão no asfalto. O ex-goleiro abraçou o automobilismo faz alguns anos e parece levar a coisa cada vez mais a sério. Aos 42 anos, ele chegou no último fim de semana ao título máximo do Campeonato Francês FFSA GT, o equivalente local ao FIA GT Series.

Com uma Ferrari F458 Italia dividida com o parceiro Morgan Moulin-Traffort, Barthez venceu duas das 14 provas disputadas em sete rodadas duplas, uma em Imola, na Itália e a outra no circuito Val de Vienne. Vinte pontos conquistados no último fim de semana em Paul Ricard foram suficientes para a dupla do Team SOFREV-ASP ganhar o campeonato com 174 pontos somados, 21 a mais que Laurent Pasquali/Anthony Beltoise, que ficaram com o vice.

A equipe, aliás, vai disputar no fim de semana de 9 e 10 de novembro a última etapa do International GT Open em Barcelona, pensando em voos mais altos em 2014, que contemplam inclusive uma entrada nas 24 Horas de Le Mans, numa das subcategorias LMGTE – provavelmente na divisão AM, com gentlemen drivers.

Já pensaram se Barthez é um deles?

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

4 Comentários

  • Seria bom se o Barthez voltasse ao FIA GT, mas Le Mans seria bom demais também.

    Independente da categoria, será que ele mantém a fama de cruzar no caminhos dos brasileiros? Na pista não tem Henry para ajudar.

  • Rodrigo,
    Alguma vez eu li,não me lembro onde,que o Schumacher,chegou a fazer o caminho inverso,e inclusive disputou algumas partidas,por um time suiço,na terceira divisão daquele país.Isso tem algum fundo de verdade,ou é apenas uma lenda?

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames