MENU

17 de novembro de 2013 - 11:49WTCC

Em meio ao caos, Huff e Muller fecham WTCC com vitórias e Tarquini leva o vice

RIO DE JANEIRO - A última etapa do Mundial de Carros de Turismo (WTCC) não fugiu à tradição do Circuito da Guia, em Macau. Com um pelotão de mais de 30 carros largando em cada uma das provas, cortesia da beligerância dos organizadores, que permitiram a participação de cinco pilotos que não marcaram tempos dentro do limite estabelecido de 110% da pole position, só podia ter confusão. E foi exatamente isso o que aconteceu na largada da corrida #2, a última do campeonato.

A confusão toda foi causada pelo húngaro Norbert Michelisz, que perdeu o controle de seu Honda Civic metros após a largada e o que aconteceu após isso foi pura reação em cadeia. Quem não pôde escapar teve os carros destruídos e os que vinham mais atrás frearam a tempo. A pista ficou totalmente bloqueada e a corrida, claro, foi interrompida. Confira o acidente no vídeo abaixo.

É claro que este não foi o único acidente da corrida final, onde seis pilotos não puderam voltar para a relargada. O Safety Car ainda entrou mais uma vez para retirar os carros destruídos do piloto local Eurico de Jesus e do britânico Tom Chilton, que assim viu as chances do vice-campeonato irem por água abaixo.

Quem ficou com o 2° lugar ao fim do campeonato foi o veterano Gabriele Tarquini, que passou por enormes contratempos no dia da corrida: o motor titular de seu Honda Civic estourou no treino de aquecimento e a equipe não teve tempo hábil para proceder a troca do motor titular pelo reserva. Tarquini não largou na corrida #1 e na #2 chegou em oitavo lugar. Como James Nash, o único que lhe ameaçava, foi o 4° colocado, o italiano ficou com o vice por 16 pontos de vantagem.

Chilton ainda perdeu o quarto posto geral, pois a vitória na última prova do ano ficou com Robert Huff, despedindo-se do número #1 em seu carro e da equipe de René Munnich em grande estilo. O espanhol Pepe Oriola completou a corrida em segundo lugar, trazendo o irreverente Tom Coronel na terceira posição.

Huff foi ao pódio na corrida #1 com o 3º lugar. Yvan Muller, já campeão com sobras, venceu pela sétima vez no ano, o que não acontecia desde a rodada da Argentina, em Termas de Río Hondo. O português Tiago Monteiro também subiu ao pódio, em segundo.

Resultado da corrida #1 do WTCC em Macau:

1 – Yvan Muller (Chevrolet Cruze) – RML – 9 voltas em 22’54″522
2 – Tiago Monteiro (Honda Civic) – Honda Jas – 1″265
3 – Rob Huff (Seat Leon) – Munnich – 1″592
4 – Norbert Michelisz (Honda Civic) – Zengo – 5″147
5 – Alex MacDowall (Chevrolet Cruze) – Bamboo – 7″096
6 – James Nash Chevrolet Cruze) – Bamboo – 7″632
7 – Marc Basseng (Seat Leon) – Munnich – 28″148
8 – Pepe Oriola (Chevrolet Cruze) – Tuenti – 20″345
9 – Stefano D’Aste (BMW 320TC) – PB – 20″644
10 – Tom Boardman (Seat Leon) – STR – 21″213

Resultado da corrida #2:

1 – Rob Huff (Seat Leon) – Munnich – 11 voltas em 1.23’32″152
2 – Pepe Oriola (Chevrolet Cruze) – Tuenti – 0″723
3 – Tom Coronel (BMW 320TC) – Roal – 1″173
4 – James Nash Chevrolet Cruze) – Bamboo – 2″909
5 – Alex MacDowall (Chevrolet Cruze) – Bamboo – 3″428
6 – Yvan Muller (Chevrolet Cruze) – RML – 4”642
7 – Marc Basseng (Seat Leon) – Munnich – 5″665
8 – Gabriele Tarquini (Honda Civic) Honda Jas – 30”963
9 – Henry Ho (BMW 320Si) – Engstler – 47″079
10 – Celio Alves Dias (Chevrolet Lacetti) – China – 48″255

Classificação final do campeonato:

1. Yvan Muller – 431 pontos
2. Gabriele Tarquini – 242
3. James Nash – 226
4. Rob Huff – 215
5. Tom Chilton – 213
6. Norbert Michelisz – 185
7. Michael Nykjaer – 180
8. Tiago Monteiro e Pepe Oriola – 164
10. Tom Coronel – 163
11. Alex MacDowall – 141
12. Mehdi Bennani – 80
13. Marc Basseng – 57
14. James Thompson – 41
15. Pechito López – 35
16. Stefano D’Aste – 22
17. Fredy Barth – 15
18. Charles Ng e Darryl O’Young – 7
20. Hugo Valente, Franz Engstler e Tom Boardman – 4
22. Henry Ho – 2
23. Fernando Monje e Celio Alves Dias – 1

1 comentário

  1. REPCO disse:

    Hola amigos:
    - Pechito López voltou a testar el Citroen Elysee WTCC na MONZA the last 17 de Noviembre, e ja FICA CONFIRMADO como el tercer Piloto de Citroen en 2014, y Citroen ya le comunicou a ele que NÄO le permitirá mais correr con el FIAT en el Super TC2000.., Pechito deberá correr con Peugeot, ou nao correr nada!!

    http://www.youtube.com/watch?v=b2qdf80jfFA

    Abrazos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>