Vídeos históricos – estreia de Jacarepaguá no GP do Brasil (1978)

V

RIO DE JANEIRO – Saudade imensa de Jacarepaguá. E para matar essa saudade, eis a transmissão do GP do Brasil de 1978 realizado no extinto autódromo da cidade do Rio de Janeiro.

Podem me criticar, me acusar de saudosista, mas eu não me conformo com o que os políticos fizeram, destruindo um aparelho esportivo para favorecer a desenfreada especulação imobiliária na região onde o circuito ficava localizado, sob a desculpa esfarrapada da construção de um “Parque Olímpico”. Um dos maiores absurdos já vistos para se pôr fim a um autódromo que já tive a oportunidade de conhecer.

A corrida de 1978, a mesma em que Emerson Fittipaldi chegou em 2º lugar com o Copersucar-Fittipaldi F5A, aparece aqui em três vídeos diferentes. Narração original da transmissão da época, feita por Luciano do Valle. Nos comentários, Ciro José.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

2 Comentários

  • É pior quê isso não tem,essa falta de respeito,com Jacarepaguá.Lá fora devem estar todos incrédulos,principalmente italianos,ingleses,franceses mais os EUA,gente quê tem tradição. Pior disso tudo é quê tem gente falando por ai quê a reforma de Interlagos vai ser só meia boca pois o dinheiro tem e já foi liberado,mas a reforma não vai ter novos box,e com certeza a pista não vai ser reformada até com modificações no traçado.Quanto a economia do dinheiro para onde vai,o quê foi economizado,ou melhor vai para o bolso de quem?

  • Muito bom rever o Emerson guiando forte ! Foi uma belissima prova dele, que deixou esperanças de novas boas performances do Copersucar. Que, infelizmente, não lograram acontecer.

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames