Casale e Lafuente desistem; Sonik agradece

C
Rafal_Sonik_D4_Dakar_2015_
Polonês Rafal “Super” Sonik está a caminho de se tornar o segundo europeu a ganhar o Dakar em território sul-americano nos Quads

RIO DE JANEIRO – Chegou ao fim o sonho do bicampeonato do Rali Dakar nos quadriciclos para o chileno Ignácio Casale. O piloto da Yamaha Raptor #250 teve que desistir em razão de problemas mecânicos (quebra de transmissão) após a passagem pelo primeiro posto de controle. E não foi o único a ter uma especial atribulada na volta do evento ao território argentino: o uruguaio Sergio “Osito” Lafuente sofreu um acidente e teve o mesmo destino de Casale. Fim de prova para o então 3º colocado na geral.

Com isso, a fatura está praticamente liquidada em favor do polonês Rafal “Super” Sonik. O veterano piloto de 48 anos não precisou mais do que o 4º lugar na décima etapa, de Calama a Salta, para manter sua liderança na geral, com quase três horas de avanço sobre o argentino Jeremias Gonzalez Ferioli, o novo vice-líder da categoria.

A vitória na especial de 371 km cronometrados ficou com o paraguaio Nelson Sanabria Galeano, pela segunda vez neste Dakar. Ele fez o tempo de 4h57min59seg, 3min40seg melhor que Ferioli e 4min30seg à frente do boliviano Walter Nosiglia.

André Suguita está cada vez mais próximo de um resultado convincente em sua estreia na competição. O piloto brasileiro foi o 11º colocado da etapa com seu Can-Am Renegade, com o tempo de 5h20min57seg. Extra-oficialmente, Suguita está também em décimo-primeiro na geral, embora a quase seis horas do décimo colocado, o sul-africano Willem Saaijman.

O resultado da etapa #10 nos quads:

1º #256 Nelson Sanabria Galeano (Yamaha) – 4h57min59seg
2º #261 Jeremias Gonzalez Ferioli (Yamaha) – 5h01min39seg
3º #283 Walter Nosiglia (Honda) – 5h02min29seg
4º #251 Rafal Sonik (Yamaha) – 5h03min43seg
5º #260 Christophe Declerck (Yamaha) – 5h05min43seg
6º #254 Victor Gallegos Lozic (Honda) – 5h06min38seg
7º #270 Daniel Domaszewski (Honda) – 5h09min34seg
8º #277 Ricardo Vinet (Can-Am) – 5h11min35seg
9º #286 Willem Saaijman (Yamaha) – 5h15min33seg
10º #257 Sebastián Palma (Can-Am) – 5h20min04seg

Classificação geral:

1º #251 Rafal Sonik – 48h02min07seg
2º #261 Jeremias Gonzalez Ferioli – 50h53min46seg
3º #283 Walter Nosiglia – 51h46min32seg
4º #256 Nelson Sanabria Galeano – 52h20min41seg
5º #254 Victor Gallegos Lozic – 53h37min34seg
6º #260 Christophe Declerck – 54h18min14seg
7º #270 Daniel Domaszewski – 56h31min44seg
8º #257 Sebastián Palma – 58h04min14seg
9º #260 Santiago Hansen – 60h28min53seg
10º #286 Willem Saaijman – 61h41min01seg

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames