MENU

23 de abril de 2015 - 11:49Túnel do Tempo

Direto do túnel do tempo (252)

CDQkNO2WMAAccJe

RIO DE JANEIRO – Hoje, dia 23 de abril, a GP2 Series completa uma década de existência. A primeira corrida da história do certame que sucedeu a Fórmula 3000 Internacional foi em 2005, no Autódromo Enzo e Dino Ferrari, em Imola. O primeiro pole position foi o francês Nicolas Lapierre que, ironicamente, acabou não largando. E o primeiro pódio da categoria foi o da foto acima.

À esquerda na imagem, José María “Pechito” López, então integrante do Renault Driver Development (RDD) e da equipe francesa Dams. Hoje, o argentino é o atual campeão mundial do WTCC. Ao centro, o finlandês Heikki Kövalainen, que defendia a Arden International e saíra da World Series by Renault para a nova categoria de acesso – e que venceu a corrida inaugural. E de macacão azul, Scott Speed, então um dos enfant gatés da Red Bull, que guiava para a iSport International.

Com exceção de Pechito, que hoje curte o sucesso no Mundial de Carros de Turismo, os outros dois não vingaram: Kova ficou vários anos na Fórmula 1 e, defenestrado, hoje está no Super GT japonês. Speed caiu em desgraça rapidamente nas hostes rubrotaurinas: foi demitido da Toro Rosso e correu em diversos certames, da Nascar ao Rallycross.

O campeão da primeira temporada da GP2 Series foi Nico Rosberg, que defendia a ART Grand Prix. Kövalainen foi o vice e Scott Speed o 3º colocado. Dois brasileiros disputaram todo o campeonato: Nelsinho Piquet foi o oitavo e Xandinho Negrão terminou a temporada em décimo-nono.

Há 10 anos, direto do túnel do tempo.

 

1 comentário

  1. Alvaro Ferreira disse:

    Bela lembrança, Rodrigo! Desses três, o Kovalainen pelo menos teve o prazer de vencer um GP de F1, na Hungria em 2008, aquele que o Massa liderava com folga quando estourou o motor de sua Ferrari a três voltas do fim.
    Por essa e pela confusão de Cingapura é que o brasileiro perdeu o título daquele ano…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *