MENU

22 de abril de 2015 - 16:37Automobilismo Internacional

O show do BTCC em Donington Park

Matt Neal é o líder do BTCC após a etapa de Donington Park

RIO DE JANEIRO – Casa cheia na 2ª rodada do British Touring Car Championship (BTCC), tanto na pista quanto fora dela. Um público espetacular encheu as dependências do circuito de Donington Park, mostrando que o certame de turismo é hoje um dos mais disputados do planeta. Tanto que 29 pilotos tomaram parte das disputas que levaram a torcida à loucura.

A pole foi do atual campeão Colin Turkington, num treino em que os 13 primeiros ficaram dentro do mesmo segundo. O piloto do Volkswagen CC #1 liderou praticamente toda a primeira volta, mas logo foi superado por outro veterano: Jason Plato, cujo carro (também um Volkswagen CC) não tinha lastro adicional para esta rodada, não demorou para assumir a liderança e comandou as 16 voltas previstas até a quadriculada. Turkington ainda perdeu o 2º lugar para o Honda de Gordon Shedden. Andrew Jordan e Sam Tordoff completaram os cinco primeiros.

Na prova #2, Turkington deu o troco e venceu com autoridade, cruzando com dois segundos e meio à frente de Matt Neal, que mesmo com seu Honda lastreado com 66 kg extras, conseguiu chegar em 2º com boa folga para o Mercedes-Benz de Adam Morgan, uma das grandes surpresas neste início de campeonato. Andrew Jordan foi de novo quarto a bordo do seu MG6 GT e Jason Plato desta vez não conseguiu nada melhor que a 5ª colocação.

A última prova da rodada tripla foi a mais espetacular do fim de semana: Matt Neal e Andrew Jordan travaram um duelo acirrado pela vitória e quem levou a melhor foi o piloto do Honda #25 por apenas 0″157. Foi o segundo triunfo de Neal em 2015, que o levou à liderança do campeonato com dois pontos de vantagem (75 a 73) sobre Colin Turkington, 11º colocado na corrida #3. Gordon Shedden chegou em terceiro, menos de dois segundos atrás do vencedor. Rob Collard completou em quarto e Aiden Moffat conquistou o primeiro top 5 dele no ano.

A próxima rodada tripla promete: será no veloz circuito de Thruxton.

Classificação do campeonato:

1. Matt Neal (Honda) – 75 pontos
2. Colin Turkington (Volkswagen) – 73
3. Gordon Shedden (Honda) – 67
4. Andrew Jordan (MG) – 63
5. Jason Plato (Volkswagen) – 58
6. Jack Goff (MG) – 54
7. Rob Collard (BMW) e Adam Morgan (Mercedes-Benz) – 53
9. Aron Smith (Volkswagen) – 50
10. Andy Priaulx (BMW) – 44
11. Sam Tordoff (BMW) – 41
12. Tom Ingram (Toyota) – 35
13. Josh Cook (Chevrolet) – 27
14. Rob Austin (Audi) – 26
15. Dave Newshan (Chevrolet) – 23
16. Aiden Moffat (Mercedes-Benz) – 19
17. Hunter Abbott (Audi) – 13
18. Martin Depper (Honda) – 11
19. Jeff Smith (Honda) – 8
20. Warren Scott (Volkswagen) – 6
21. Mike Bushell (Ford) – 5
22. Simon Belcher (Toyota) – 1

Compartilhar

8 comentários

  1. Edilson disse:

    Uma duvida.
    Quais marcas tem equipes oficiais no BTCC?
    Pelo que entendi no site da categoria, apenas a MG e a Honda. É isso?

  2. Herik disse:

    Imaginei que os VW Passat CC não seriam competitivos, pois são maiores que os adversários. Me enganei.

  3. junio messias disse:

    rodrigo vç saberia dizer como eo regulamento tecnico da categoria parece q neste ano introduziram o pneu soft,eu vi a corrida 2 na marra (net ruim) muito boa, deixei de ver por causa de porcaria d f1 ,e como andas o super tc 2000 dias atras eles faziam o q as barcassas aqui nao fazem por frescura , teste de pneus, em rafaela fiat,renalt,chevrolet

  4. Zé Pereira disse:

    Sobre o BTCC, o fato de ser ou não equipe de fábrica não influencia tanto, já que com os carros NGTC várias partes são padronizadas. Tanto que o Andrew Jordan foi campeão em 2013 com time privado batendo as Honda oficiais.

    Pra mim, em matéria de emoçâo e disputa, o BTCC é o melhor campeonato de automobilismo do mundo. Acertaram a mão nesse regulamento.

  5. Zé Pereira disse:

    Mattar, ainda sobre times oficiais, até ano passado a BMW não era considerada oficial. A perda do patrocínio da e-bay tornou o envolvimento da montadora maior e, por isso, passou a ser considerada oficial? Confesso que não entendi essa mudança de um ano pro outro, ainda mais depois de serem campeões com sobre em 2014 como “privados”.

    • Rodrigo Mattar disse:

      Há uma explicação: Andy Priaulx é piloto de fábrica da BMW. Com isso, a marca, cuja responsabilidade de preparação de chassis é da WSR de Dick Bennetts, entrou como construtora oficial no BTCC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *