MENU

1 de novembro de 2015 - 18:18Automobilismo Internacional, Vídeos

Baptista é campeão do EuroFormula Open

P1: Vitor Baptista conquistou o título do EuroFormula Open em seu primeiro ano no automobilismo internacional (Foto: Divulgação/Fotospeedy)

P1: Vitor Baptista conquistou o título do EuroFormula Open em seu primeiro ano no automobilismo internacional (Foto: Divulgação/Fotospeedy)

RIO DE JANEIRO - Tem mais um título brasileiro no automobilismo internacional em 2015: após o bicampeonato de Christian Fittipaldi no Tudor United SportsCar, agora foi a vez de Vítor Baptista, em sua primeira temporada europeia, levar o troféu de campeão. O piloto da RP Motorsport consagrou-se hoje com a conquista do EuroFormula Open, com 16 provas disputadas em oito rodadas duplas.

O encerramento do campeonato aconteceu no circuito espanhol de Barcelona, marcando também a terceira e última data válida pelo Campeonato Espanhol de F3, disputado em paralelo. Com a presença até do piloto Dani Juncadella, que tem vários treinos de F1 no currículo como participações no DTM pela Mercedes-Benz, a disputa final da temporada contou com a presença de 19 pilotos inscritos.

Baptista chegou à Catalunha como líder do campeonato e com boa vantagem sobre o principal rival ao longo de todo o campeonato, o russo Konstantin Tereschenko. Ao representante da Campos Racing restava fazer o máximo possível de pontos e contar com um desastre do brasileiro nas duas provas para reverter o quadro. Até que ele tentou fazer sua parte, pois as duas vitórias e as duas pole positions foram exatamente de Tereschenko.

Mas Vitor manteve tudo sob controle: chegou em 3º lugar na prova do sábado, em que o japonês Yu Kanamaru completou muito perto de Tereschenko, na segunda colocação. Hoje, o brasileiro foi o 5º colocado na pista – mas já que Dani Juncadella correu como convidado e não marcou pontos, assim como o austríaco Ferdinand Habsburg, que chegara em quarto – o que seriam 10 pontos foram convertidos em 15. Como efeito, veio o título. Baptista somou 301 pontos, mas com o descarte do pior resultado baixou para 291. Tereschenko fizera 292 pontos, teve que jogar seis fora e levou o vice com 286 – cinco a menos que o brasileiro.

“Estamos muito felizes com todo o trabalho que foi feito e vamos ver os próximos passos, avaliar as possibilidades para o ano que vem. Queria agradecer bastante à equipe RP Motorsport, que trabalhou de uma forma espetacular, e a todos que me ajudaram ao longo do ano pra chegar até aqui”, afirmou o campeão do EuroFormula Open.

Como consolo, Tereschenko conquistou o titulo do Campeonato Espanhol de F3, que congregou as provas disputadas na Península Ibérica (Jerez de la Frontera, Estoril e Barcelona).

Assista nos vídeos abaixo as duas corridas da rodada dupla de encerramento em Barcelona.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>