MENU

12 de fevereiro de 2016 - 17:06Nascar

A volta de Vickers

021015-NASCAR-Brian-Vickers-MISSING-MAN-SS-PI.vresize.1200.675.high.26

RIO DE JANEIRO – Surpresa na escolha do substituto de Tony Stewart pelo menos para a disputa das 500 Milhas de Daytona, no próximo dia 21. O interino do “Smoke” será Brian Vickers, que há quase um ano não atuava na Sprint Cup e na Nascar. O piloto vinha lutando desde 2010 contra graves problemas de saúde. Uma trombose sanguínea, que afetou as veias das pernas do piloto, o tirou duas vezes das pistas e, aos 32 anos, ele chegou a ter seu futuro no automobilismo bastante questionado.

Mas a Stewart-Haas Racing confia que Brian esteja 100% recuperado e o cockpit do #14 será ocupado por ele na abertura da temporada. A Nascar, inclusive, anunciou novidades para 2016: um novo sistema de pontuação e menos carros – serão 40 e não 43, como até o ano passado. Além da introdução de um sistema de franquias, os chamados “Charters”, onde 36 carros estão garantidos em todas as provas da temporada.

Nascido na Carolina do Norte, Vickers disputou 318 corridas na Sprint Cup, vencendo somente três delas: em Talladega (2006), Michigan (2009 – por sinal, a primeira vitória da equipe Red Bull na categoria) e New Hampshire (2013). Esta será a nona participação do piloto na Daytona 500.

Compartilhar

1 comentário

  1. Gabriel Medina, O outro disse:

    Segundo meus cálculos, a presença de Vickers no grid aumenta em 147.8% a probabilidade de big ones durante todo o evento.

    Espero que a equipe confirme-o para ovais pequenos, onde o sujeito, literalmente, faz o diabo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *