MENU

20 de março de 2016 - 15:50Automobilismo Internacional

Provas caóticas encerram o Australiano de GT em Melbourne

Melbourne4_Enery

No somatório dos resultados, a dupla formada por Christopher Mies (atual campeão) e Geoff Emery levou a melhor no CAMS Australian GT em Melbourne

RIO DE JANEIRO – Evento suporte do GP da Austrália de Fórmula 1, o CAMS Australian GT fechou sua segunda rodada em Melbourne no Albert Park com duas provas caóticas. A de sábado, então, nem se fala: Tony Quinn provocou uma múltipla colisão que tirou oito carros da pista, de tal forma que o tempo limite de 20 minutos mais uma volta para a corrida teve apenas seis voltas.

Quinn acabou, evidentemente, desclassificado em razão do acidente que o piloto do Team Darrell Lea causou. E assim a vitória da prova #3 da rodada foi de Matt Solomon, que guia uma Mercedes AMG GT3 da Eggleston Motorsport.

Stephen McLaughlan ficou com a segunda posição na corrida que foi uma autêntica procissão – pois cinco das seis voltas cumpridas foram em regime de Safety Car. Klark Quinn ficou em 3º lugar, com Greg Taylor em quarto e George Miedecke em quinto.

Solomon, aliás, ganhou a prova #4 – mas não levou: acabou caindo para 22º por conta do acréscimo compulsório de tempo nesta rodada por conta da ausência dos pit stops obrigatórios na rodada do Albert Park, já que as corridas do fim de semana foram de tiro curto. Assim, o triunfo do domingo ficou com o Audi de James Kondouris, da equipe Supabarn Supermarkets, que também foi conduzido nas provas #1 e #3 por Marcus Marshall.

A corrida terminou em regime de Safety Car, em razão de um forte acidente entre o Lambo de Tony Rullo e o Porsche de Andrew McPherson. Geoff Emery, companheiro do atual campeão do CAMS Australian GT – o alemão Christopher Mies – ficou com o 2º lugar e Tony Walls, com o McLaren da Objective Racing, fechou o fim de semana com um terceiro posto.

Na soma dos resultados, Mies/Emery venceram a rodada de Melbourne, seguidos por Marshall/Kondouris e Nathan Morcom, que venceu na sexta-feira a prova #2 da rodada.

A próxima etapa é válida pelo Australian GT Trophy, no circuito de Sandown Park, daqui a duas semanas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *