MENU

5 de setembro de 2017 - 19:35Automobilismo Internacional

PWC: Taylor e Cooper levam o título do SprintX

2017-05-31-taylor-cooper

Uma colisão com a Ferrari de Daniel Mancinelli/Niccolò Schirò deu o título na última corrida da série SprintX para Jordan Taylor e Michael Cooper

RIO DE JANEIRO - A segunda temporada da série SprintX do Pirelli World Challenge, com provas disputadas em dupla e com duração de 60 minutos, consagrou novos campeões no último fim de semana no Circuito das Américas em Austin, capital do Texas. Mesmo com a passagem do furacão Harvey naquela região, com o fenômeno depois transformado em tempestade tropical, as equipes puderam fazer seu trabalho e não houve perspectivas de mau tempo.

O que seria uma ironia, já que a prova foi realizada emergencialmente em regime de rodada tripla, porque a prova #2 do fim de semana de Mosport foi cancelada e teve que ser realocada em Austin. Dessa forma, todo mundo trabalhou mais do que deveria, porque já na sexta-feira teve corrida, para pagar a etapa atrasada.

Jörg Bergmeister/Patrick Long foram os vencedores daquela corrida equivalente à rodada do Canadá, com 3″241 de vantagem para os italianos Niccolò Schirò e Daniel Mancinelli. Líderes do campeonato antes da realização da disputa atrasada no COTA, Jordan Taylor e Michael Cooper chegaram na quarta posição.

2017-09-03-spx10-1

Momento do pit stop da dupla Daniel Morad/Ryan Dalziel, vitoriosa na última corrida da SprintX em Austin

Já no sábado, foi realizada – aí sim – a prova de abertura da rodada de Austin de fato e direito. E aí a TR3 renovou as esperanças de fazer Daniel Mancinelli o campeão da série SprintX, uma vez que ele conquistou sua terceira vitória no ano, segunda em dupla com Schirò. Ricky Taylor/Johnny O’Connell partiram da pole position e chegaram em segundo lugar, seguidos pelo Porsche da Gainsco-Bob Stallings guiado por Jonathon Fogarty/Wolf Henzler.

Nas demais divisões, James Sofronas/Mathieu Jaminet ficaram com os louros na GT Pro-Am, enquanto na GT Am, a Ferrari de Henrique Cisneros/Peter Ludwig não teve adversários. Yuki Harata/Alessandro Bressan faturaram na GT Cup Pro-Am e a dupla Conrad Grunewald/James Weiland venceu na GT Cup Am. Sean Gibbons/Derek De Boer ficaram na frente entre os competidores da GTS Am.

Michael Cooper/Jordan Taylor chegaram à última etapa com 13 pontos de vantagem para Daniel Mancinelli, mas o italiano nada pôde fazer porque logo na primeira volta da prova de domingo, o piloto da Ferrari #31 colidiu exatamente com o Cadillac ATS-V.R guiado por Jordan Taylor. Os dois abandonaram e imediatamente o título parou nas mãos de Taylor e Cooper.

A última vitória da SprintX em 2017 ficou com a CRP Racing, graças a Daniel Morad/Ryan Dalziel a bordo da Mercedes-AMG GT3, seguidos por Patrick Long/Jörg Bergmeister e Pierre Kaffer/Spencer Pumpelly.

Sep 01 PIRELLI WORLD CHALLENGE GRAND PRIX OF TEXAS

James Sofronas dividiu a pilotagem com vários parceiros e por isso foi o campeão da GT Pro-Am no SprintX

Na GT Pro-Am, título e triunfo para James Sofronas, que novamente conduziu o Porsche da GMG Racing à vitória junto ao francês Mathieu Jaminet em sua subdivisão, terminando a corrida em décimo na geral. Henrique Cisneros/Peter Ludwig venceram outra na GT Am em Austin e o venezuelano levou o caneco. Yuki Harata/Alessandro Bressan confirmaram o título na GT Cup Pro-Am, o mesmo acontecendo com Corey Friedman/Joseph Toussaint na GT Cup Am. Nas subdivisões GTS, títulos para Adam Merzon/Trent Hindman (Pro-Am) e Greg Liefooghe/Aristotle Balogh (Am).

A temporada do PWC ainda não terminou: o campeonato segue com a última rodada da série Sprint, com apenas um piloto por carro e provas de 50 minutos de duração, marcada para Sonoma, na Califórnia, no fim de semana de 16 e 17 de setembro.

A divisão GTS teve rodada dupla também disputada no COTA e o brasileiro Rodrigo Baptista (Flying Lizard Motorsports) alcançou a quarta vitória em sua temporada de estreia a bordo do Porsche Cayman Clubsport MR4. Mas o título já foi decidido: Lawson Aschenbach levou o campeonato da categoria por antecipação, com os resultados do fim de semana – mesmo após a vitória do rival Ian James na corrida #1 do sábado, após a desclassificação do Lotus Évora vencedor com Scott Dollahite e excluído por estar fora da altura mínima exigida pelo regulamento da categoria.

Na GTS Am, George Kurtz chegou ao total de nove vitórias na temporada – oito consecutivas – com o McLaren 570S GT4 da GMG Racing, o que deixa o piloto do carro #04 em excelentes condições para comemorar a conquista do título na etapa final de Sonoma, sem correr riscos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>