Bom começo

B

RIO DE JANEIRO – Lembram do Bruno Carneiro, o piloto que vende cupons de rodízio da churrascaria da família para seguir carreira no automobilismo?

Pois o garoto é batalhador e guerreiro. Conseguiu uns trocados para pelo menos disputar a primeira rodada dupla da temporada 2018 do Campeonato Japonês de Fórmula 3. Com João Paulo de Oliveira a seu lado como orientador e mentor, ele conquistou no último fim de semana seus primeiros pontos na categoria.

Bruno largou em 8º lugar para ambas as corridas disputadas em Suzuka, no mesmo fim de semana da abertura da Super Formula. Um dos únicos estrangeiros na competição – o outro é o australiano Jake Parsons – o brasileiro teve como principal adversário um de seus companheiros de equipe, o já rodado Yu Kanamaru, que disputou em 2017 a World Series Fórmula V8.

O resultado foi o mesmo: Carneiro chegou em sexto lugar nas duas corridas, somando dois pontinhos. Se na primeira prova ele não pôde discutir com Kanamaru o 5º posto, na prova #2, Bruno saiu-se muito bem e chegou bem perto do japonês, fechando a disputa que teve 17 voltas a 1″216 de Kanamaru.

A equipe Tom’s, favorita ao título da categoria, foi absolutamente dominante: Sho Tsuboi ganhou as duas provas da programação em Suzuka, em dobradinha com Ritomo Miyata.

A temporada da Fórmula 3 japonesa ainda tem mais sete rodadas duplas e a próxima corrida será em Sugo, nos dias 26 e 27 de maio. Tomara que até lá o Bruno Carneiro tenha resolvido a questão dos patrocínios e conseguido a verba adicional necessária para prosseguir com sua temporada no outro lado do planeta.

O menino – que esteve conosco no Fox Nitro – é uma simpatia, ainda que tímido. E merece tudo de bom!

Acompanhe as provas nos vídeos abaixo.

https://www.youtube.com/watch?v=J6j31UbmSGI

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames