MENU

14 de janeiro de 2019 - 23:31Rali Dakar

Dakar 2019: De Rooy ganha 7ª etapa dos Caminhões e Nikolaev segue líder

RIO DE JANEIRO – Mesmo reduzido a dois dos quatro “brutos” que inscreveu para o Rali Dakar 2019, o contingente dos modelos russos Kamaz-Master segue na liderança rumo a mais uma conquista na competição que se realiza de forma inédita em um único país, exclusivo do território peruano.

Eduard Nikolaev apenas controla o companheiro de equipe que restou, Dmitry Sotnikov, e os dois comandam a classificação geral numa sólida dobradinha dos conterrâneos de Gorbatchov. Hoje, o atual campeão terminou a especial em terceiro lugar e Sotnikov, que tinha assumido a lideranaça geral provisória com os problemas do colega na etapa deste domingo, perdeu 1h25min30seg em relação ao vencedor e foi apenas o sexto colocado.

O melhor tempo para os 323 km da especial “laço” de San Juan de Marcona foi do holandês Gérard De Rooy, que com seu Iveco Powerstar ainda reúne esperanças – ainda que um pouco difíceis – de alcançar o título. O piloto completou o trecho cronometrado em 4h47min27seg, meia hora melhor que o bielorusso Siarhei Viazovich, que na geral vem apenas em sétimo – bem distante do ótimo vice-campeonato de 2018.

Na geral, De Rooy está a pouco mais de 1h15min de Nikolaev, que tornou a assumir a dianteira, agora com 32min54seg para Sotnikov. Não está claro, ainda, se a Kamaz-Master vai optar por ordens de equipe ou, se Nikolaev tiver problemas nos próximos dias antes da decisão na quinta-feira, deixar o caminho aberto para uma disputa mano-a-mano entre as suas duas tripulações. A ver…

No mais, a equipe De Rooy colocou todos os seus quatro caminhões entre os sete mais velozes do dia, enquanto Ales Loprais, que luta para terminar pelo menos no top 5 geral, ficou em oitavo na etapa. O japonês Teruhito Sugawara conseguiu o nono tempo em seu Hino e o MAZ de Aleksandr Vasilievski completou os dez melhores da segunda-feira. O terceiro caminhão do time, com Aleksei Vishneuski, deu adeus à competição.

Etapa #7 – San Juan de Marcona-San Juan de Marcona
Ligação: 64 km
Trecho cronometrado: 323 km
Total: 397 km

Resultado – caminhões:

1. #503 De Rooy/Rodewald/Torrallardona (Iveco) – 4h47min07seg
2. #501 Viazovich/Haranin/Zhyhulin (MAZ) – a 30min55seg
3. #500 Nikolaev/Yakovlev/Rybakov (Kamaz-Master) – a 34min35seg
4. #505 Villagra/Yacopini/Torlaschi (Iveco) – a 43min02seg
5. #513 Van Den Heuwel/Kuijpers/Van Rooy (Iveco) – a 51min11seg
6. #514 Sotnikov/Nikitin/Mustafin (Kamaz-Master) – a 1h25min30seg
7. #509 Van Genutgen/Der Kinderen/Willemsen (Iveco) – a 1h25min33seg
8. #507 Loprais/Marco Alcayna/Pokora (Tatra) – a 1h43min59seg
9. #510 Sugawara/Hamura (Hino) – a 1h58min22seg
10. #519 Vasilievski/Vikhrenka/Zaparoschanka (MAZ) – a 2h39min30seg

Classificação geral extra-oficial:

1. Nikolaev/Yakovlev/Rybakov – 29h30min25seg
2. Sotnikov/Nikitin/Mustafin – a 32min54seg
3. De Rooy/Rodewald/Torrallardona – a 1h15min28seg
4. Villagra/Yacopini/Torlaschi – a 4h15min15seg (+15min de penalização)
5. Loprais/Marco Alcayna/Pokora – a 5h17min49seg
6. Van Genutgen/Der Kinderen/Willemsen – a 5h20min28seg (+1h20min de penalização)
7. Viazovich/Haranin/Zhyhulin – a 6h18min32seg (+1h02min de penalização)
8. Van den Heuwel/Kuijpers/Van Rooy – a 6h45min27seg (+1h de penalização)
9. Sugawara/Hamura – a 7h19min57seg (+ 1h15min de penalização)
10. Vasilievski/Vikhrenka/Zaparoschanka – a 9h03min24seg (+2h22min25seg de penalização)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *