Todos os caminhos levam a Curitiba!

T
ginettag55_velocwb
O protótipo inglês Ginetta G57 chega ao país para rivalizar com os nacionais na abertura do Endurance Brasil em Curitiba (Foto: Reprodução Blog do Passatão/Velocidade Curitiba/Cíntia Azevedo)

RIO DE JANEIRO (atualizado quinta-feira, às 15h) – Chega ao fim a terça-feira, mas a temporada 2019 do Endurance Brasil não começa. Sim, estou ansioso. O que posso fazer? Principalmente porque estarei in loco na sexta e sábado, para reportar o evento ao Fox Nitro (programa do qual sou editor responsável no Fox Sports Brasil), além do Grande Prêmio e do próprio blog.

E mais do que acompanhar uma corrida longa ao vivo, é um prazer estar no ambiente que mais gosto – um autódromo, mesmo que a gente saiba que a situação do circuito de Pinhais esteja longe de ser a melhor.

O traçado de 3,695 km de extensão é um dos meus prediletos no país. Tem uma longa reta, frenagens fortes e trechos de misto bem seletivos. Ano passado, a pole position ficou na casa de 1’13” – se não me engano, foi 1’13″265. A tendência é que com a competição acirrada entre GTs e Protótipos essa marca melhore alguns décimos, talvez até um segundo pelo menos, nas sessões de classificação de sexta-feira.

A querida Glauce Schutz mandou nova parcial de inscritos. A chance de termos quase 40 carros na abertura do campeonato é bem plausível, porque alguns possíveis competidores careciam de confirmação. Um deles é o novo protótipo DTR com motor Honda Turbo, da dupla gaúcha Dudu Dieter/Francesco Ventre. Seria uma excelente e bem-vinda adesão ao plantel da classe P1. Mas a presença do bólido não estava garantida até esta terça-feira, mesmo com mais uma bateria de treinos em Tarumã. E acabou mesmo por não se confirmar.

O Sigma, após uma extensa “dieta” e alterações de aerodinâmica, também foi testado em Tarumã. Após a participação experimental nas 12h de Tarumã em 2017 e a única corrida no ano passado, na “aquática” Santa Cruz do Sul, o carro com motor Audi 4,2 litros V8 precisa de pista, de quilometragem, para que se conheça seu real potencial. Mas Felipe Bertuol, um dos pilotos, confirmou que alguns problemas surgiram e não podem ser sanados a tempo. A equipe cancelou a viagem para a prova de abertura.

Da relação que foi mandada junto à confirmação do credenciamento, constavam 37 carros. Mas tenho a notícia de que o prometido Protótipo Roco da classe P3 está fora e não será visto em Curitiba – e agora foi a vez da KTT Racing anunciar que seu protótipo Scorpion também não estará na 1ª etapa.

Em contrapartida, a divisão GT4 pode ter mais duas inscrições, com a Mercedes CLA 45 de Arthur Caleffi reforçando o plantel e o Fiat Linea T-Jet da família Kyrila aumentando o lote de competidores. As informações são do intrépido Niltão Amaral (no caso do Caleffi) e da sempre antenada Cíntia Azevedo (info sobre os Kyrila).

Todas as classes, aliás e a propósito, contam com pelo menos dois inscritos. Até a recém-criada P4, para protótipos com mecânica 8V e pneu de fabricação nacional, para baratear custos, conseguiu ter mais do que um carro confirmado – que era o que tínhamos até o fim da última semana.

Vamos à nova lista.

Categoria P1 (7-8 carros)

#5 MC Tubarão
Protótipo AJR Chevrolet V8
Tiel Andrade/Andersom Toso/Júlio Martini

#11 JLM Racing
Protótipo AJR Honda K24 Turbo
Emílio Padron/Marcelo Vianna/Thiago Marques

#20 Team Ginetta Brasil
Ginetta G57 Chevrolet V8
Wagner Ebrahim/Fábio Ebrahim/Pedro Aguiar

#57 Team Ginetta Brasil (*)
Ginetta G57 Chevrolet V8
pilotos a confirmar

#65 NC Racing
Protótipo AJR Chevrolet V8
Nílson Ribeiro/José Roberto Ribeiro

#88 JLM Racing
Protótipo AJR Chevrolet V8
Carlos Kray/Vicente Orige/Tarso Marques

#113 JLM Racing
Protótipo AJR Chevrolet V8
Pedro Queirolo/David Muffato

#175 JLM Racing
Protótipo AJR Chevrolet V8
Henrique Assunção/Alexandre Finardi/Luiz Otávio Floss/Marcelo Sant’Anna

Categoria GT3 (5 carros)

#8 Scuderia 111
Mercedes-AMG GT3
Guilherme Figuerôa/Júlio Campos

#9 Scuderia 111
Mercedes-AMG GT3
Xandinho Negrão/Xandy Negrão

#19 Via Itália Racing
Ferrari 488 GT3
Chico Longo/Daniel Serra

#55 Stuttgart Motorsport
Porsche 911 GT3-R
Ricardo Maurício/Marcel Visconde

#63 MC Tubarão
Aston Martin V12 Vantage GT3
Sérgio Ribas/Guilherme Ribas

Categoria GT3 Light (2 carros)

#18 Mottin Racing
Lamborghini Gallardo LP560-4
Fernando Poeta/Beto Giacomello

#155 Ferrari 458 GT3
Peter Ferter/Ricardo Mendes

Categoria P2 (3 carros)

#25 Absoluta
Protótipo GeeBee R1
Ney Faustini/Ney de Sá Faustini

#32 MC Tubarão
Protótipo MC Tubarão IX Ford Duratec Turbo
Mauro Kern/Paulo Sousa

#35 G-Stage Racing
Protótipo Predador Audi Turbo
Jair Bana/Duda Bana

Categoria P3 (6 carros)

#7 Sette Car
Protótipo MRX Honda 20V
Aldoir Sette/Marcelo Campagnolo

#44 Auto Racing
Protótipo MRX Volkswagen 16V
Ruben Ghisleni/Ian Jepsen Ely/Daniel Claudino

#56 Motorcar
Protótipo MRX Volkswagen
Gustavo Simon/Rafael Simon

#72 Protótipo MRX
Carlos Antunes/Yuri Antunes

#75 Satti Racing
Protótipo MRX Cosworth
Henrique Assunção/Fernando Fortes/Emílio Padron

#89 Protótipo Radical SR3 Hayabusa
Renato Stumpf/Matheus Stumpf

Categoria GT4 (7-9 carros)

#3 Scuderia 111
Mercedes-AMG GT4
Alexandre Auler/Leandro Romera

#10 JLM Racing
Chevrolet Cruze Duratec Berta
Marcelo Losasso/Humberto Biazus

#14 Mercedes-Benz CLA 45 AMG
Júnior Victorette/a confirmar

#16 Team Ginetta Brasil
Ginetta G55 GT4
Ésio Vichiese/Kreis Jr.

#22 Scuderia 111
Mercedes-AMG GT4
Leandro Ferrari/Flávio Abrunhoza

#27 Mercedes-Benz CLA 45 AMG
Paulo Varassin/André Varassin/Lorenzo Varassin

#64 MC Tubarão
Audi RS3 LMS TCR
Henry Visconde/Guilherme Salas/Márcio Basso

#TBA Mercedes-Benz CLA 45 AMG (*)
Arthur Caleffi/a confirmar

#TBA Fiat Linea T-Jet 1.4 (*)
Gustavo Kyrila/Cláudio Kyrila

Categoria P4 (3 carros)

#34 Motorcar
Protótipo MRX Volkswagen 8V
Ricardo Haag/Mário Marcondes

#73 LT Racing
Protótipo Spyder Volkswagen 8V
José Vilela/Luiz Abbade

#74 LT Racing
Protótipo Spyder Volkswagen 8V
Alejandro Cignetti/a confirmar

Total: 33-36 carros

Marcados com (*) – a confirmar

Programação das 4h de Curitiba:

28 de março de 2019 – Quinta-feira

07h às 12h – Montagem das equipes
09h às 17h30 – Secretaria/Inscrições
11h às 12h – Briefing chefes de equipe
13h30 às 17h30 – Treino extra

29 de março de 2019 – Sexta-feira

08h às 19h – Secretaria/Inscrições/Combustível
08h30 às 09h30 – Treino livre oficial – Todas as categorias
09h45 às 10h45 – Treino livre oficial – Todas as categorias
11h às 12h – Treino livre oficial – Todas as categorias
13h às 14h – Treino livre oficial – Categorias P2, P3, P4 e GT4
14h15 às 15h15 – Treino livre oficial – Categorias P1 e GT3
15h30 às 15h45 – Treino classificatório P3 e P4
16h50 às 16h10 – Treino classificatório P2
16h15 às 16h30 – Treino classificatório GT4
16h35 às 16h50 – Treino classificatório GT3
16h55 às 17h10 – Treino classificatório P1
18h – Briefing Pilotos

30 de março de 2019 – Sábado

08h às 18h – Secretaria/Inscrições/Combustível/Pneus
09h às 11h30 – Vistoria Técnica nos boxes das equipes
09h30 às 10h – Warm-up Endurance
12h às 13h – Visitação e horário promocional
13h30 – Abertura de Box
13h40 – Fechamento de box
13h45 – Minuto de Silêncio em homenagem ao piloto Cali Crestani
13h50 – Hino Nacional com todas as equipes perfiladas atrás dos seus carros
13h55 – Placa de 5 minutos
14h – Largada Quatro Horas de Curitiba
18h30 – Pódio

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

5 Comentários

    • E aí a culpa não é da APE, que organiza o campeonato. E sim da administração do AIC, que cobra um preço muito alto pela abertura das arquibancadas.

      • Com as arquibancadas tomadas pelo mato com estão, foi até bom a organização não ter pedido a liberação, vai que uma cobra ataca algum espectador… Fim triste de mais um autodromo brasileiro….

    • Leonardo,

      Ao menos a transmissão da corrida via Youtube não deixa os espectadores e fãs desamparados, e os pilotos/equipes interagem nas mídias sociais de maneira não vista em outras categorias.

      É show !!!

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames