MENU

15 de agosto de 2019 - 10:30DTM, Vídeos

Para quem não viu: DTM, rodada de Brands Hatch

RIO DE JANEIRO - Na última semana, o DTM fez sua visita de praxe à Inglaterra com uma rodada no circuito de Brands Hatch. Antiga sede do GP da Inglaterra de Fórmula 1, é daquele país uma das pistas que mais gosto. Talvez porque tenha marcado minha infância e o começo da minha paixão por automobilismo.

Muito bem: e foi lá que se realizou a sexta rodada de uma competição que se encaminha para os lados dos pilotos da Audi – com remotas chances de vermos alguém da BMW levar a taça. Alguém de Aston Martin? Esqueçam… não há nenhum dos que representam a R-Motorsport com pontuação no top 10 da tabela.

Na verdade, triunfaram dois dos antigos campeões do certame: Marco Wittmann ganhou a prova de sábado e foi ao alto do pódio pela quarta vez na temporada, enquanto René Rast, da Audi, igualou domingo o número de triunfos do rival e compatriota. A diferença significativa entre eles é que Rast faz um campeonato de muito melhores resultados – oito pódios no total – enquanto Wittmann ficou três vezes longe dos pontos.

Por isso, é Rast quem lidera com 206 pontos, enquanto o vice-líder é Nico Müller, também da Audi, com 169. Wittmann é o terceiro com 147.

O fim de semana foi de frustração para o brasileiro Pietro Fittipaldi: no sábado, ele e o sueco Joël Eriksson nem correram. Acabaram danificando seus carros em acidentes isolados na definição do grid, quando a pista de Brands estava um sabão. A equipe WRT ainda conseguiu recuperar o carro – mas após uma batida, fica difícil ter bom desempenho. O piloto chegou apenas na 16ª posição.

Portanto, Pietro segue com os mesmos 14 pontos que tinha antes desta corrida – e a próxima será em Lausitz, no EuroSpeedway, em 24 e 25 deste mês. Aliás, o evento marcará a corrida de número #500 da história da categoria.

1 comentário

  1. CARLOS GIACOMELLO disse:

    Tive o prazer de conhecer Brands Hatch no dia 27 de julho, Assisti algumas provas dos campeonatos regionais. Da mesma forma que você, é uma pista que remonta meus primeiros contatos com a F-1. Autódromo muito bem cuidado, com uma bela loja de souvenirs além de ótima infra-estrutura para o público. E liberdade para ir onde quisesse, apesar das corridas rolando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>