From zero to hero: Tandy leva Frikadelli à improvável pole em Kyalami

F
Show de Tandy no Pole Shootout das 9h de Kyalami: após bater com o Porsche da Frikadelli Racing no Q3, o piloto levou a pole position com uma atuação soberba na pista molhada pela chuva que caiu torrencialmente nesta sexta-feira no circuito sul-africano

RIO DE JANEIRO – Tarde muito doida em Kyalami na definição do grid da última etapa do Intercontinental GT Challenge. Choveu, caiu um dilúvio, ventou, relampejou.

Teve carro que bateu, que provocou bandeira vermelha, voltou e fez a pole position. Loucura, não?

É o que chamamos de “from zero to hero”: do nada a herói.

Esse foi o papel de Nick Tandy. De quase vilão ao bater o Porsche da Frikadelli Racing no Q3 (felizmente sem grandes danos), o inglês levou a posição de honra do grid de 28 carros para as 9h de Kyalami com uma performance soberba no Pole Shootout, que reuniu os dez mais rápidos na média das três partes do treino de classificação.

Mas ele teve trabalho: Christopher Haase foi outro que andou demais em condições difíceis e ficou em segundo a apenas quarenta e cinco milésimos da pole, ao volante do Audi #29 da Montaplast by Land Motorsport.

Tandy disputa a prova de amanhã junto com Matthieu Jaminet e Dennis Olsen, um dos pilotos da Porsche que pode levar o caneco do IGTC. Haase divide a pilotagem com Markus Winkelhock e Chris Mies.

Com o carro reconstruído, a GruppeM Racing abre a segunda fila com o ótimo trabalho de Raffaele Marciello no Shootout. O italiano ficou a dois décimos da pole. Este é o bólido do líder do campeonato Maxi Bühk e também do alemão Maro Engel.

Dois outros Porsche 911 GT3-R vêm nas posições seguintes: o #20 da GPX guiado por Richard Lietz (com Michael Christensen e Kévin Estre, o mesmo trio que faturou as 24h de Spa) e o #12 da Dinamic guiado por Matt Campbell, que terá ainda Earl Bamber e Laurens Vanthoor.

Sheldon Van der Linde foi o melhor piloto da casa – 6º tempo na BMW que terá Augusto Farfus e Martin Tomczyk. Os demais carros foram o Aston Martin AMR Vantage GT3 da R-Motorsport; o Honda do Team Motul e o Mercedes #10 da SPS Automotive Performance.

Mais rápido na média dos tempos combinados das três sessões e P1 em pelo menos uma delas, com João Paulo de Oliveira, o Nissan da KCMG foi classificado no Shootout por Josh Burdon e o carro #35 fechou o top 10.

Os Bentley da M-Sport largam juntos da sétima fila: o carro #108 do brasileiro Rodrigo Baptista parte da 14ª posição. Se faltou velocidade nos treinos e sorte por causa da chuva, os carros da equipe britânica parecem ter bom ritmo de corrida para reverter o resultado apenas razoável dos treinos oficiais.

As 9h de Kyalami largam amanhã às 13h locais (8h de Brasília), com streaming AO VIVO aqui no blog. Não percam!

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames