Para quem não viu: 24h Series, 24h do COTA USA

P

RIO DE JANEIRO – Foi no fim de semana passado: terminou a temporada 2019 da 24h Series de Endurance, organizada pela Creventic, com a disputa das 24h do COTA, no Circuito das Américas em Austin, capital do Texas.

Os eventos da categoria, que passa por três continentes são, à exceção das 24h de Dubai, marcados por características pouco comuns – como a divisão de uma prova de um dia inteiro em duas partes, em dois dias diferentes. Foi o que aconteceu no COTA.

O que não atrapalhou de forma alguma o domínio avassalador do Mercedes-AMG da Black Falcon Racing, que contou com a participação de velhos conhecidos dos leitores do blog: Felipe Fraga, Jeroen Bleekemolen, Cooper MacNeil e Ben Keating partilharam o carro #4 e venceram a disputa completando 610 voltas pelos 5,515 km de extensão do traçado estadunidense – quatro voltas à frente do Porsche da Herberth Motorsport guiado por Ralf Böhn/Daniel Allemann/Alfred Renauer/Robert Renauer.

Com o sétimo lugar geral e a vitória na classe SPX, a Leipert Motorsport foi declarada campeã da série no Campeonato de Continentes, que reuniu quatro provas do calendário (Dubai, Portimão, Barcelona e COTA), com o descarte do pior resultado. A escuderia fez 85 pontos contra 78 das vice-campeãs Car Collection Motorsport e Porsche Lorient Racing.

Na série 24h TCE, ganhou a Autorama Motorsport by Wolf Power Racing, graças ao 3º posto na classe TCR em Austin. Com 82 pontos somados, superaram por 12 a rival AC Motorsport e por 17 a Red Camel-Jordans.nl, vencedora da última etapa.

Confira as duas partes das 24h do COTA USA nos vídeos abaixo. E prepare-se: a temporada 2020 larga já no mês de janeiro nos dias 10 e 11 com a disputa das 24h de Dubai – aliás, com 78 reservas de inscrição já feitas.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames