Asian Le Mans Series 2021: 36 carros confirmados!

A

RIO DE JANEIRO – Espetacular a notícia que trago nesta quinta-feira aqui no blog: mesmo em se tratando de uma situação atípica, já que a competição será realizada num único local (Abu Dhabi, no circuito Yas Marina) e em quatro datas do mês de fevereiro, a organização do Asian Le Mans Series contabiliza o novo recorde de inscritos para a competição que distribui vagas diretas para a edição do próximo ano das 24h de Le Mans.

Até o momento, estão confirmados 36 carros, sendo sete protótipos da classe LMP2, dez da LMP3 e um deslumbrante total de 19 modelos Grã-Turismo, de doze equipes diferentes e cinco construtores – por enquanto: McLaren, Porsche, Ferrari, Aston Martin e BMW.

É pelos GTs que vamos começar a análise da entry list, onde destaca-se a participação da HubAuto Racing, ainda sem carro definido e inscrita com o dorsal #1. Foi a única equipe oriental – exceto, claro, a CarGuy, que assumiu a inscrição da MR Racing, a disputar Le Mans neste ano, tendo na trinca o brasileiro Marcos Gomes – refiro-me à HubAuto, claro.

O atrativo da vaga direta à Le Mans foi o chamariz para dezenas de novas inscrições, de equipes que jamais competiram na série, como a Inception Racing with Optimum, com um McLaren 720S; as alemãs Walkenhorst, Rinaldi e Precote Herberth, todas com dois carros; a GPX Racing – que terá um Porsche; a Garage 59, que confirmou dois Aston Martin Vantage GT3  e times já estabelecidos como a AF Corse, a Absolute Racing (que pode ainda inscrever mais um construtor, a Audi), a D’Station e também a TF Sport, que já estiveram envolvidas com o Asian Le Mans Series.

Pelo menos um brasileiro está confirmado: Oswaldo Negri formará numa das trincas da AF Corse, no carro inscrito com o nome fantasia Luzich Racing, junto ao portorriquenho Francesco Piovanetti e mais um piloto a ser indicado.

Do total de uma dezena de LMP3 – já dentro do novo regulamento técnico com motor Nissan VK56DE de 5,6 litros e novos chassis – estão inscritas sete escuderias, das quas duas – United Autosports e Nielsen Racing, vão com mais de um carro.

A United, atual campeã mundial da LMP2 e europeia de LMP2 e LMP3, partirá para o ataque com três chassis Ligier JS `P320. Os carros com os dorsais #2 e #3 já têm trios confirmados, restando o #23 do time de Richard Dean e Zak Brown. Já a Nielsen, que levou a vaga direta da categoria para Le Mans na LMP2, busca de novo o feito com outros dois chassis Ligier, trocando o Duqueine M30-D08 usado até este ano.

Entre as novidades estão a estreia da alemã Phoenix Racing, a presença da organização espanhola CD Sport e da britânica RLR MSport – todas com Ligier JS P`320; a participação da DKR Engineering, de Luxemburgo, com o protótipo Duqueine e a volta da ARC Bratislava com um chassi Ginetta G61-LT-P3.

Já dos sete times inscritos na LMP2, a classe principal do AsLMS, a única equipe que restou em relação ao campeonato 2019/20 foi a G-Drive Racing, inscrita em parceria com a Algarve Pro e adotando para seus dois protótipos o nome fantasia Aurus 01.

O carro #25 terá a bordo o estadunidense John Falb e dois estreantes em protótipos: o angolano Rui Andrade, egresso do EF Open e o argentino Franco Colapinto, rival de Caio Collet e Victor Martins (que não é o do GRANDE PRÊMIO) na Fórmula Renault Europeia neste ano. O #26 aproveita a experiência do jovem austríaco Ferdinand Habsburg junto ao compatriota René Binder e também o chinês Yifei Ye, dominante no EF Open 2020.

A outra escuderia com trio confirmado é a Racing Team India, também com running da Algarve e um velho conhecido da Fórmula 1: Narain Kartikheyan, de 43 anos – fará 44 em janeiro próximo – estará a bordo junto a Arjun Maini e ao hindu-estadunidense Naveen Rao.

O controvertido Dwight Merriman e seu parceiro britânico Kyle Tilley estão confirmados num dos carros assistidos pela Jota Sport – será o #18 inscrito sob o nome ERA Motorsport, enquanto a equipe de Sam Highnett vai com o #38, ainda sem pilotos definidos.

Completam a relação de escuderias a Phoenix Racing Asia e a Eurointernational-Ojets, que será a única organização a alinhar o protótipo Ligier JS P217. Desta vez, nada de Eurasia, Rick Ware Racing, ARC Bratislava, RLR MSport, K2/Uchino Racing, Carlin ou Inter Europol na temporada.

Como as 24h de Daytona serão o primeiro evento em que os protótipos LMP2 vão andar com o estrangulamento obrigatório de motor, reduzindo a potência em 40 HP por conta do advento dos Hypercars no FIA WEC, já não será novidade tecnológica a primeira mudança de regra desta categoria em quatro anos quando o campeonato asiático começar.

As quatro provas do AsLMS serão disputadas nos dias 5/6 e 19/20 de fevereiro, com dois layouts diferentes do traçado de Yas Marina, em 4h de duração cada – com variações de horário. Haverá corridas diurnas, outras mesclando dia e noite e outra, possivelmente, 100% à noite.

E o blog, se tudo permitir, trará todas as corridas e sessões classificatórias ao vivo.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

1 Comentário

  • Grid interessante realmente. Um dos atrativos deste certame em relação aos demais sob administração do ACO é a adoção dos carros GT3 para as classes de Grã Turismo. Assim, temos carros e marcas que não são vistas no ELMS como Audi e McLaren.

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames