Para quem não viu: International GT Open 2021, Rodada do Hungaroring

P

RIO DE JANEIRO – Hora e vez do International GT Open que realizou no fim de semana sua 3ª rodada dupla na temporada 2021, disputada em Budapeste no circuito do Hungaroring.

Com 20 carros na relação de entradas, sendo cinco inscritos da GT Cup – todos Porsches, sem nenhum brasileiro presente, o fim de semana teve na primeira prova a terceira dobradinha dos Lamborghini Huracán da Vincenzo Sospiri Racing, outra vez com Michele Beretta/Frederik Schandorff dando as cartas. A dupla venceu com vantagem de pouco mais de um segundo e quatro décimos sobre Yuki Nemoto/Baptiste Moulin. A Lechner Racing foi a terceira colocada com Andy Soucek e Ben Barker, num Porsche.

Na Pro-Am, ganhou o McLaren 720S GT3 de Brendan Iribe/Olie Millroy, enquanto na Am, o triunfo foi de Giuseppe Cipriani. Os poloneses Blazek e Lisowski venceram na GT Cup.

Domingo, com a chuva a corrida foi caótica e confusa. Muitos carros rodaram e a pista traiçoeira foi de colher para a grande zebra da temporada: a vitória de Gianluca Giraudi e Loris Spinelli com uma Mercedes da equipe AKM, sediada na República de San Marino. A dupla é da classe Pro-Am. Iribe/Millroy chegaram em 2º e Schandorff/Beretta, líderes do campeonato na geral com 67 pontos, fecharam o pódio.

Na disputa da Pro-Am, lidera a dupla Iribe/Millroy com 48 pontos, dezoito à frente dos nórdicos Jens-Reno Möller e Marcus Paverud, da Reno Racing. Spinelli subiu para a 3ª colocação, empatado com Patryk Krupinski e Christian Klien, que somam 29.

A subclasse Am tem agora Giuseppe Cipriani na dianteira com 39 pontos contra 23 dos antigos líderes Florian Scholze/Jens Liebhauser, que não marcaram presença na rodada magiar. Vamos ver se eles retornam na 4ª etapa, marcada para o fim de semana de 24 e 25 deste mês em Imola, na Itália.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames