TotalEnergies 24h de Spa: Mercedes lidera treino que define carros da Super Pole

T

RIO DE JANEIRO – Em sessão classificatória – para nenhuma surpresa – acidentada e com duas interrupções por bandeira vermelha que atrasaram o término das atividades de pista, a quinta-feira de treinos classificatórios da TotalEnergies 24h de Spa-Francorchamps definiu quem volta para a briga da Super Pole amanhã a partir de 19h50 locais – 14h50 de Brasília.

Os 20 primeiros classificados no agregado das quatro sessões, de acordo com a média dos tempos combinados, avançaram e as demais posições de 21º até 58º já estão definidas. Um dos carros favoritos à pole se deu mal por conta dos incidentes: o Audi #32 de Kelvin Van der Linde/Charles Weerts/Dries Vanthoor, o mesmo que dominou os dois treinos livres anteriores à tomada de tempo, não conseguiu fazer uma única volta rápida no Q2. Como efeito, a trinca terá de vir da 55ª posição do pelotão.

Por coincidência, um dos carros que atrapalhou os planos do trio do Audi da WRT é da mesma equipe: o #31 de Ryuchiro Tomita/Frank Bird/Valdemar Eriksen saiu da pista no complexo Eau Rouge-Raidillon. No mesmo lugar, provocando a primeira interrupção das sessões de classificação, no Q2, o Lamborghini da Grässer alinhado para Alberto Di Folco/Kikko Galbiati/Clemens Schmid/Tim Zimmermann teve um ‘contato imediato’ com as barreiras de proteção.

Mas quem não se prejudicou conseguiu vaga para a Super Pole e sem o Audi #32, o Mercedes-AMG #88 do Team AKKA-ASP liderou a folha de tempos: o carro do trio Raffaele Marciello/Dani Juncadella/Jules Gounon fechou a sessão com 2’18″433, superando por quatro décimos de segundo o Aston Martin da Garage 59 que reúne um trio da pesada: Nicki Thiim/Ross Gunn/Marco Sørensen.

O Team Attempto ficou com a 3ª melhor marca no Audi mais rápido no combinado dos tempos, o #66 de Christopher Mies/Dennis Marschall/Mattia Drudi, com Maro Engel/Luca Stolz/Vincent Abril em quarto.

As duas principais BMW ficaram com a quinta e sexta marcas – a Walkenhorst Motorsport colocou suas M6 GT3 na Super Pole, com a #34 de Sheldon Van der Linde/David Pittard/Marco Wittmann melhor que a #35 de Timo Glock/Martin Tomczyk/Thomas Neubauer.

Surpresa foi o 7º lugar do Bentley Continental – o único inscrito – da classe Silver Cup, pole da categoria e um dos quatro únicos carros da divisão a avançar para a disputa da Super Pole. O quarteto formado por Pierre-Alexandre Jean/Nelson Panciatici/Ulysse de Pauw/Stuart White ficou com a média de 2’19″238.

As demais inscrições da classe que foram para o top 20 são o Lamborghini de Alex Fontana/Rolf Ineichen/Ricardo Feller com a 12ª média – e duas Mercedes-AMG, a primeira em 17º para o quarteto Petru Umbrarescu/Thomas Drouet/Simon Gachet/Konstantin Tereschenko (Team AKKA-ASP)  e a segunda em 20º, da Winward Racing com Russell Ward/Mikaël Grenier/Phillip Ellis.

Felipe Fraga e os parceiros Lucas Auer e Timur Boguslavskiy entraram também na disputa pela Super Pole: com a média de 2’19″589 (melhor volta em 2’18″914 no Q4), conseguiram a 13ª colocação.

Entre construtores, haverá portanto cinco Mercedes-AMG, um Aston Martin, dois Audis, duas BMWs, um Bentley, dois Porsches, quatro Lamborghinis, duas Ferraris e uma McLaren na Super Pole. Salvo engano, todas as marcas inscritas com pelo menos um carro representado.

Nas demais classes, já que mencionamos a Silver – a principal é a Pro – na Pro-Am a pole ficou com a Garage 59 e o Aston Martin #188 do quarteto Alexander West/Marvin Kirchhöfer/Chris Goodwin/Charlie Eastwood, com a marca de 2’20″594 – 32º tempo no combinado. Na Am Cup, que terá dois inscritos apenas, a Haegeli by T2 Racing largará de 52º com o Porsche #166 inscrito para Marc Basseng/Manuel Lauck/Dennis Busch/Pieder Decurtins.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames