IMSA: confirmados 26 carros para o GP de Long Beach

I
O Acura de Filipe Albuquerque e Ricky Taylor defende a liderança do campeonato na DPi no próximo sábado em Long Beach, após a vitória em Laguna Seca (Foto: Rick Dole/IMSA)

SÃO PAULO – Preliminar luxuosíssima da decisão da Fórmula Indy no próximo fim de semana, o Acura Grand Prix of Long Beach da IMSA será disputado no sábado no formato de ‘tiro curtíssimo’: duração de 100 minutos – precisamente 1h40min – pelo circuito urbano da Califórnia com onze curvas e 1.968 milha de extensão (em quilômetros, 3,166 km).

E o plantel é bom para a 10ª etapa do campeonato, penúltima para os protótipos DPi. Serão 26 os carros na etapa que tem a presença de três subdivisões. Além dos carros da divisão principal, estarão presentes os dois Corvettes e o Porsche da GTLM, além de nada mais, nada menos que 17 GTD.

Em relação ao GP de Laguna Seca, o plantel da subclasse dos modelos GT3 ganha a adesão da GRT Grässer e seu Lamborghini Huracán para Franck Perera e Misha Goikhberg, além da estreia da O’Gara Motorsport/USRT com uma Mercedes-AMG preparada para Jake Eidson e Steven Aghakhani.

Dois retornos também são saudados: a GMG Racing traz um terceiro Porsche para James Sofronas dividir com um piloto ainda não anunciado e a Scuderia Corsa, que não disputou mais nenhum evento na IMSA pós-Daytona, verá o italiano Daniel Mancinelli a bordo do carro #63 a ser partilhado com o veloz Colin Braun. Com o retorno da Ferrari ao grid, serão nove as marcas vistas na corrida.

Além do carro da GMG ainda não ter segundo piloto definido, a dúvida é sobre quem estará no Acura da Compass Racing, que abandonou na prova de Laguna Seca. Jacob Abel fez sua estreia ao lado de Mario Farnbacher – Jeff Kingsley era o parceiro do alemão até antes da corrida da Califórnia recém-realizada.

A pole position e o triunfo na corrida de Laguna Seca elevaram Filipe Albuquerque e Ricky Taylor ao total de 2765 pontos, o que deixa a dupla do #10 da Wayne Taylor Racing ainda na liderança do campeonato na DPi, mas com uma vantagem ainda maior sobre os brasileiros Pipo Derani e Felipe Nasr, que vêm em segundo com 2667 pontos somados. Na prova passada, a dupla da AX Racing/Whelen Engineering terminou em 3º lugar.

A LMP2 não corre em Long Beach, mas o blog informa que Ben Keating/Mikkel Jensen ampliaram com a vitória na etapa anterior a liderança da dupla na classificação para 1807 pontos, enquanto Steven Thomas/Tristan Nunez vêm em segundo, com 1694. Gar Robinson ainda lidera na LMP3 (que não correu em Laguna Seca e não correrá nas ruas de Long Beach), com 50 pontos de vantagem para Colin Braun e Jonathan Bennett.

Na GTLM, mais um 2º lugar na classe bastou para Antonio Garcia/Jordan Taylor seguirem no comando da tabela com 2562 pontos, enquanto Nick Tandy e Tommy Milner, vitoriosos na etapa anterior, têm 2375. Cooper MacNeil, que em Long Beach terá a companhia de Mathieu Jaminet, é o 3º colocado com 2314.

E a disputa da GTD segue acirrada e apertada, com Robby Foley/Bill Auberlen ainda no topo com 2242 pontos somados após o quarto lugar alcançado em Laguna Seca. Só que Zach Robichon e Laurens Vanthoor venceram a corrida da Califórnia e chegaram ao total de 2215 pontos – a 27 somente dos ponteiros. Roman de Angelis e Ross Gunn têm 2190 e ainda não podem ser descartados na luta pelo campeonato, apesar da 5ª posição obtida pelo dueto da The Heart of Racing na nona etapa da temporada.

Já na IMSA Weathertech Sprint Cup, que realiza no próximo sábado sua penúltima etapa, a dupla do Aston Martin #23 lidera com razoável folga de 168 pontos sobre Foley/Auberlen, enquanto o 3º lugar agora é da dupla Bryan Sellers/Madison Snow, com 1788.

A largada para o GP de Long Beach será às 18h05 de Brasília no próximo sábado.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames