Para quem não viu: GT4 European Series 2021, rodada do Nürburgring

P

RIO DE JANEIRO – Outra série que se encaminha para o encerramento da temporada 2021 é a do GT4 European Series. A penúltima de um total de seis provas foi realizada no início do mês no circuito alemão do Nürburgring, como preliminar do GT World Challenge Europe Endurance.

Quarenta e um carros foram inscritos e a vitória da prova #1 foi do Team Zakspeed – vocês não leram errado!, é aquela mesma equipe que esteve entre 1985 e 1989 no Mundial de Fórmula 1. Com um Mercedes-AMG GT4.R preparado pelo ateliê de Niederzissen, Théo Nouet e Jan Marschalkowski triunfaram após 28 voltas e 60 minutos de prova, levando também a divisão Silver Cup.

Charlie Fagg/Bailey Voisin (United Autosports) ficaram em 2º com o McLaren 570S GT4 do time de Richard Dean e Zak Brown, trazendo logo a seguir o outro carro do time de bandeira britânica, com Dean McDonald/Gus Bowers.

Com o 8º lugar na primeira prova da programação, Fabien Michal e Grégory Gulivert levaram por antecipação de três corridas o troféu de campeões da série na subclasse Pro-Am, a bordo do Audi R8 LMS GT4 da Saintéloc Junior Team. O Team Fullmotorsport ganhou na divisão Am com Christophe Hamon e Jean-Luc Blanchemain, que fecharam a prova em 22º noutro Audi.

Na corrida #2, venceu a United em dobradinha – McDonald/Bowers chegaram ao primeiro triunfo do ano, com mais um 2º lugar na conta de Voisin/Fagg e um excelente terceiro lugar na conta de Nouet/Marschalkowski.

O resultado decidiu o título de equipes, pois restando 50 pontos em jogo, a United Autosports soma 192 e tem cinquenta e três de frente para a CMR, vice-líder da classificação. Entre os pilotos, nada decidido: Voisin e Fagg têm 44 de frente para os rivais mais próximos, Antoine Potty/Stéphane Lémeret.

Alexander Hartvig e o experiente Joël Camathias levaram a melhor na disputa da Pro-Am com o Porsche 718 Cayman da Allied Racing, esquecendo um pouco os problemas da véspera, quando a dupla também poderia ter ganho e um erro na janela de pit stop custou à dupla os pontos máximos da corrida #1. A dupla Hamon/Blanchemain voltou ao topo do pódio na Am e também levou o caneco da temporada 2021 por antecipação.

O campeonato termina no segundo fim de semana de outubro, quando se realiza no Circuito da Catalunha a final do GT World Challenge Europe Endurance, com os 1000 km de Barcelona.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames