IMSA: 18 carros no ViR

I
Só os GTs como o Corvette de Tommy Milner e Nick Tandy disputam sábado na Virgínia a penúltima etapa da IMSA, encerrando também a Weathertech Sprint Cup da classe GTD (Foto: Jake Galstad/IMSA)

RIO DE JANEIRO – Sabadão de corrida do IMSA Weathertech SportsCar Championship, pela segunda – e última – vez no ano, exclusivamente para os modelos Grã-Turismo: será realizado em Alton o Michelin GT Challenge at ViR, naquela que é a penúltima etapa do calendário geral de 2021 e a última da série IMSA Weathertech Sprint Cup.

A IMSA anunciou que o total de carros será de dezoito: os três GTLM regulares da classe que se extingue ao fim deste campeonato e os demais compõem a série GTD, sendo sete as marcas diferentes no grid – Lamborghini, Porsche, Lexus, Aston Martin, Mercedes-AMG, Acura e BMW.

Em relação à etapa anterior em Long Beach, não estão na lista a Ferrari da Scuderia Corsa e tampouco a GMG e a O’Gara Motorsport – USRT. Tampouco vai à Virgínia a Compass Racing, que era participante regular da Sprint Cup. Mario Farnbacher, apesar da ausência de sua escuderia na próxima etapa, estará em Alton com a Gradient Racing, ocupando a vaga de Marc Miller e formando dupla com Til Bechtolsheimer.

Porém, a Gilbert Korthoff Racing volta – desta vez com o experiente Mike Skeen compondo a dupla com Guy Cosmo. E também a Alegra Motorsports, que vinha se ausentando seguidamente das provas após a prova Sprint de Watkins Glen. O carro #28 terá Michael de Quesada e Daniel Morad – duas Mercedes-AMG, portanto.

Antonio Garcia e Jordan Taylor partem para o ViR como líderes absolutos da classificação da GTLM: com 2917 pontos, a dupla do Corvette #3 rivaliza com os próprios colegas de time, num dèja vu do que a equipe hoje comandada por Laura Wontrop-Klauser viveu nos tempos de American Le Mans Series antes da extinção dos LMGT1: correr entre eles mesmos e nada além. Cooper MacNeil, que no sábado terá o velocíssimo Kévin Estre na dupla, tem chances ainda retóricas de virar o jogo.

Na GTD, Zach Robichon e Laurens Vanthoor vão à Virgínia com 32 pontos de frente para Bryan Sellers/Madison Snow e um campeonato ainda longe de estar definido. A Weathertech Sprint Cup, por sua vez, verá seu campeão de 2021 – ou campeões, já que Roman de Angelis e Ross Gunn comandam a tabela com 74 pontos de vantagem para Sellers/Snow e 169 de frente para Aaron Telitz/Jack Hawksworth. São 385, no máximo, em jogo. Então está tudo ainda em aberto.

A corrida de sábado está marcada para começar às 13h10 de Brasília e terá duração de 2h40min no Virginia International Raceway.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames