Para quem não viu: IMSA Prototype Challenge 2021, rodada do VIR

P

RIO DE JANEIRO – Após uma longa pausa – desde Watkins Glen não havia uma etapa da série – a IMSA Prototype Challenge voltou no fim de semana passado com a disputa de uma prova com duração de três horas no Virginia International Raceway. Foi a mais longa corrida da programação, maior até que o evento exclusivo dos GTs do Weathertech SportsCar Championship, que teve 2h40min.

Quinze carros largaram para a corrida, sendo dois do regulamento antigo e os demais do atual, com os modelos homologados desde o ano passado e motores 5,6 litros. Após 92 voltas, a quadriculada foi vista primeiro pela dupla Dan Goldburg/Rasmus Lindh, da equipe Performance Tech Motorsports. Foi a primeira vitória deles no campeonato, seguidos pelos novos líderes da classificação geral – Josh Sarchet e Dakota Dickerson, da MLT Motorsports.

Ari Balogh e Garret Grist, com o carro da JR III Motorsport, fecharam o pódio, com Alan Brynjolfsson/Trent Hindman em quarto e Brian Thienes/Jake Eidson completando o top 5.

Na subclasse P3-2, ganharam Mike Watt/Nic Jönsson, que derrotaram Danny Kox/George Staikos, antecipadamente campeões da categoria, sem sustos e pouquíssimos rivais ao longo do ano.

Já na classe principal, Dickerson e Sarchet vão para a decisão em Road Atlanta com 1590 pontos e vantagem de apenas 100 para Moritz Kranz, com um máximo de 350 pontos em disputa. Lindh e Goldburg têm chances, mas muito retóricas: 3ª colocada somando 1320 pontos, a dupla vencedora no ViR precisa de uma monstruosa combinação de resultados para ser campeã do IMSA Prototype Challenge 2021.

Assista à versão compactada da disputa, exibida no canal NBCSN, dos EUA.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames