Para quem não viu: IMSA Michelin Pilot Challenge, temporada 2022: Alan Jay Automotive Network 120

P

RIO DE JANEIRO – Vamos de corrida na íntegra aqui no blog A Mil Por Hora: é a vez da Alan Jay Automotive 120, segunda prova do IMSA Michelin Pilot Challenge e disputada com duração de 2h na manhã de sexta-feira da SuperSebring.

Foram 45 os carros inscritos para aquela disputa, sendo 30 modelos da subdivisão GS, para os enquadrados no regulamento GT4 e quinze TCR. Alexandre Prémat e Stevan McAleer saíram da pole position com o Porsche 718 Cayman Clubsport da RS1, mas a vitória após 41 voltas pelo circuito da Flórida sorriu para Chad McCumbee e James Pesek, que guiaram um Ford Mustang da PF Racing.

A Volt ficou em 2º com seu Aston Martin Vantage guiado por Alan Brynjolfsson e Trent Hindman, seguidos por Alfredo Najri e Andy Jakos – no mesmíssimo Toyota Supra GT4 que na abertura do campeonato contou com a participação do piloto da Stock Car Thiago Camilo e do argentino Julián Santero. A classificação final mostrou seis construtores diferentes nas seis primeiras colocações, com o Mercedes-AMG da Murillo Racing em quarto, seguidos pela BMW M4 GT4 da Stephen Cameron Racing e pelo Team TGM, que fechou em sexto com um Porsche. Premat e McAleer, que venceu na abertura do campeonato em dupla com Eric Filgueras, concluíram somente em 16º lugar.

Na TCR, Tyler Maxson e seu parceiro Mason Filippi ficaram com o melhor tempo no pelotão de largada e na corrida, deu um Honda, superando os favoritos Hyundai: o portorriquenho Victor González e seu parceiro Karl Wittmer ganharam por menos de dois décimos de diferença para os atuais campeões Michael Lewis e Taylor Hagler, com um Elantra N da equipe de Bryan Herta. Chris Miller e Mikey Taylor fecharam o top 3 a bordo do Audi RS3 LMS inscrito pela JDC Miller Motorsports em parceria com a Unitronic.

E dessa vez não deu para Mark Wilkins e Robert Wickens, que largaram em 2º na divisão: pódio em Daytona, a dupla abandonou com 26 voltas completadas. O resultado os deixa em sexto na classificação com 480 pontos. Michael Lewis e Taylor Hagler lideram somando 640.

Na GS, empate em pontos entre duas duplas zeradas em vitória: Owen Trinkler e o veteranaço Ted Giovanis, de 76 anos, estão com os mesmos 560 pontos de Hindman e Brynjolfsson, enquanto Bill Auberlen e Dillon Machavern, outra parceria que ainda não venceu este ano, estão em 3º, trinta pontos atrás.

A próxima prova será em Laguna Seca, na Califórnia.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames