Para quem não viu: 24h Series, temporada 2022 – 12h de Spa-Francorchamps

P

RIO DE JANEIRO – Antes de o Mundial de Endurance realizar sua segunda etapa, o certame 24h Series, da holandesa Creventic, foi o primeiro a efetivamente realizar uma disputa no remodelado traçado de Spa-Francorchamps, que sofreu diversas melhorias visando evoluir a segurança passiva no traçado da Floresta das Ardenas.

No fim de abril, dias 23 e 24, o circuito foi o palco da disputa das 12h de Spa-Francorchamps, quarta de um total de oito eventos – restando ainda portanto as 12h de Hockenheim agora em maio e a disputa de três eventos de 24h de duração nos traçados de Portimão em julho, Barcelona em setembro e Sebring, fechando a conta em novembro.

Como acontece e é sabido, em diversos eventos da 24h Series as corridas são divididas em duas partes – a primeira teve 5h30 de duração e a segunda, 6h30. No geral, foram percorridas 256 voltas e o carro vitorioso foi o Audi R8 LMS GT3 EVO II da Phoenix Racing que teve a bordo os pilotos Elia Erhart, Patryk Krupinski, Michael Dopplemayr e Pierre Kaffer. O quarteto venceu com uma volta inteira sobre o Mercedes-AMG GT3 da CP Racing tripulado por Charlie Espenlaub, Charles Putman e Shane Lewis.

Um 8º lugar deu à família belga Redant – Ayrton, Yannick e Bert – a vitória na subclasse 992-Am com um Porsche alinhado sob o simpático nome de Red Ant Racing (Formiga Vermelha). Ivo, Luc e Rik Breukers, da Holanda, também correram ‘in house’ com o Porsche da Red Camel-Jordans.NL e venceram na 992 com o 11º posto absoluto.

Nas demais categorias, ganharam na GT3 os lituanos Andrius e Jonas Gelzins junto a Julius Adomavicius – 5º lugar geral com um Audi da Juta Racing; a Van Berlo Motorsport by Bas Koeten Racing faturou a divisão 991 com um Porsche, chegando em décimo-segundo; o Team ACP-Tangerine Associates com uma BMW M4 GT4 que ficou em 15º, uma posição à frente do Porsche vencedor da GTX e alinhado pela 9und11 Racing; a Holmgaard Motorsport ganhou na TCR com um Volkswagen Golf GTi TCR DSG e a Valluga ganhou na TCX com um Porsche Cayman modificado.

Ao todo, largaram 45 carros, dos quais 36 viram a quadriculada final em Spa.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames