24h de Spa-Francorchamps: Caldarelli oferta pole à Lamborghini

2

RIO DE JANEIRO – Deu uma marca italiana ‘na cabeça’ na pole position para a 74ª edição das 24h de Spa-Francorchamps – só que não foi a Ferrari que fez 1-2 na véspera com os dois carros da Iron Lynx: foi a Lamborghini. O #6 da Orange 1 K-PAX Racing, equipe dos EUA com apoio da Squadra Corse do construtor de Sant’Agata, venceu a renhida batalha pelas posições da frente no grid para este clássico do Endurance internacional, válido como 2ª etapa do Intercontinental GT Challenge e terceira do Fanatec GT World Challenge Europe Endurance.

Escalado para a Superpole, Andrea Caldarelli conseguiu superar o tempo espetacular do compatriota Raffaele Marciello, um especialista em voltas velocíssimas e que a bordo do #88 Mercedes-AMG Team Akkodis-ASP marcara 2’16″375 e encaminhava a terceira pole dele na prova. Com 2’16″221, ‘Calda’ reivindicou a posição de honra para o carro que partilhará ao longo da prova com Marco Mapelli e Jordan Pepper.

A Dinamic Motorsport e seu Porsche #54 ficaram com o 3º posto numa ótima volta do austríaco Klaus Bachler, deixando assim três marcas nas três primeiras posições. O quarto posto foi do #2 da GetSpeed com Luca Stolz, superando o Lamborghini #63 da Emil Frey alinhado na Superpole pelo veloz Mirko Bortolotti e o Porsche #221 da GPX Racing, com Kévin Estre.

Dois Audi dividem a quarta fila e, surpresa, nenhum deles do Team WRT: o melhor dos quatrargólicos é o #12 da Audi Sport Tresor by Car Collection, com Mattia Drudi na volta rápida, seguido pelo #66 do Team Attempto, guiado por Ricardo Feller.

Fabian Schiller fez a melhor volta dentre os três carros da Silver Cup e colocou o #777 da Al Manar Racing by HRT num impressionante nono posto do grid. Um outro Mercedes-AMG, da GruppeM, fechou o top 10 com Maro Engel.

A Iron Lynx, de favorita absoluta, passou ao papel de coadjuvante – mas ainda reúne boas chances na corrida pela qualidade de suas trincas. Antonio Fuoco ficou com a 11ª colocação no carro que terá Daniel Serra, a 0″671 da pole e quarenta centésimos acima do #51 de Nicklas Nielsen – a equipe venceu a prova ano passado com esse dorsal.

Num treino onde 17 carros entre os 20 que foram à pista ficaram dentro do mesmo segundo, BMW e Aston Martin completaram o rol dos construtores que disputaram as dez primeiras filas do grid – e justamente ficaram entre os 17 melhores: a BMW #98 da ROWE Racing fez o 16º tempo com Nicky Catsburg e Maxime Martin classificou o carro #95 do construtor britânico na sequência.

Serão 66 carros na prova, divididos em cinco classes (Pro, Pro-Am, Gold, Silver e Bronze), com transmissão ao vivo via YouTube a partir das 11h15 deste sábado (30).

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames