Para quem não viu: International GT Open, temporada 2022 – rodada de Spa-Francorchamps

P

RIO DE JANEIRO – Voltamos no blog com vídeos inéditos de corridas e hoje vamos de International GT Open com uma prova incomum, posto que adotado um formato inédito na história da competição organizada pela GT Sport de Jesús Pareja: uma prova simples em formato Endurance. E logo onde: em Spa-Francorchamps!

A corrida disputada em 19 de junho aconteceu no formato de 2h20min – o dobro de uma prova ‘normal’ da série, mais uma volta. E, para nenhuma surpresa, teve chuva na Bélgica. E uma corrida muito animada e da qual 19 carros participaram.

Venceu o Oregon Team, com Leonardo Pulcini e Benjamin Hites num Lamborghini Huracán, seguidos por Jordan Love e Frank Bird numa Mercedes-AMG da Haupt Racing Team – na primeira participação deles no campeonato – e a dupla Glenn Van Berlo e Kevin Gilardoni, no outro carro da Oregon, fecharam o pódio.

Na Pro-Am, ganhou a parceria polonesa de Karol Basz e Marcin Jedlinski no Audi R8 LMS GT3 EVO2 da Olimp Racing, enquanto Adam Osieka e Kiki Sak Nana fizeram as honras na Am, com o #786 da GetSpeed Performance que chegou em 7º lugar na geral.

Destaques das provas anteriores, o McLaren de Nick Moss/Joe Osborne, que defendiam a liderança do campeonato, sequer completou a primeira volta. Também a Mercedes de Reema Juffali e Adam Christodoulou não chegou ao final.

Com pontos em dobro nesta rodada, Pulcini e Hites foram alçados à liderança geral do GT Open com 68 pontos, dez à frente de Gilardoni/Van Berlo e catorze a mais que Moss/Osborne. A dupla Basz/Jielinski lidera na Pro-Am e na Am, Jamie Stanley/Laurent de Meeus estão rigorosamente empatados em pontos com Martin Konrad e Alexander Hrachowina.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames