MENU

18 de outubro de 2015 - 22:11European Le Mans Series

Greaves Motorsport é campeã do ELMS

ELMS_Estoril_Race-17-600x400

Por apenas dois pontos, a tripulação do Gibson 015S Nissan da Greaves Motorsport, formada por Gary Hirsch/Jon Lancaster/Björn Wirdheim levou o título do ELMS na divisão principal

RIO DE JANEIRO - Numa corrida repleta de alternativas, com as condições do tempo ditando as regras no circuito do Estoril, em Portugal, a Greaves Motorsport conquistou o campeonato do European Le Mans Series (ELMS) na divisão principal do certame, a classe LMP2. Com o Gibson 015S Nissan da equipe de Tim e Jacob Greaves, os pilotos Gary Hirsch/Jon Lancaster/Björn Wirdheim chegaram em 2º lugar e derrotaram os favoritos da Jota Sport, que chegaram à última corrida do ano com a liderança do campeonato – afora o favoritismo.

Resultado final das 4h do Estoril

A prova foi dramática do início ao fim: o carro #38 de Simon Dolan/Harry Tincknell/Filipe Albuquerque comandou a corrida no início, mas já com uma hora de disputa o BR01 Nissan #21 da AF Racing, guiado por Mikhail Aleshin/Kyrill Ladygin/Viktor Shaitar assumiu a dianteira e por lá permaneceu por longo tempo, inclusive quando a chuva apertou. Já ao fim da 3ª hora, o Oreca 05 Nissan da Thiriet by TDS Racing, com Pierre Thiriet e Ludo Badey reforçados pelo experiente Nicolas Lapierre, despontou na dianteira. A esta altura, o #38 já havia perdido posições por conta de uma penalização e se encontrava na quinta colocação.

Vindo de último entre os dez LMP2 inscritos, o #41 da Greaves já estava em segundo, quando houve suspeitas de que num dos últimos pit stops o carro do time britânico tivera mais integrantes na área de box do que o permitido pelo regulamento. Por isso, o bólido do time britânico precisou cumprir um drive through, voltando à pista ainda com vantagem para se manter na frente dos rivais da Jota Sport e, com isso, conquistar o título de forma tão espetacular quanto inesperada. Afinal de contas, a diferença na classificação final foi de apenas dois pontos (93 a 91) entre campeã e vice – com a Jota baixando para a 3ª colocação, mesmo com as quatro pole positions conquistadas em cinco corridas, um resultado cruel demais para quem teve a melhor campanha até a última etapa.

Na LMP3, com o título já definido em favor da dupla formada por Chris Hoy/Charlie Robertson, o outro carro do Team LNT guiado por Michael Simpson/Gaëtan Paletou fez jus à última vitória do ano, completando a disputa em 14º lugar na geral. A Graff Racing mostrou potencial em sua estreia, bem como o novo protótipo Ligier JS P3, guiado por Éric Troulliet/Thomas Accary/Gary Findlay, que chegou em segundo na divisão. Os campeões antecipados cruzaram a meta em 3º lugar e fecharam o ano com 94 pontos. Paletou levou o vice, somando 58 pontos ao longo do campeonato.

A LMGTE teve uma bela vitória da Marc VDS Racing em sua despedida na curta experiência no ELMS com a BMW Z4 GTE de Jesse Krohn/Henry Hassid/Andy Priaulx. A trinca do carro #52 conquistou um excelente 9º lugar na classificação geral, superando o Aston Martin de Jonathan Adam/Andrew Howard/Alex MacDowall, alinhado pela Beechdean com assessoria da Aston Martin Racing. E o 5º posto ao fim da disputa bastou para Andrea Rizzoli/Mikkel Mac/Johnny Laursen: a trinca da Formula Racing levou o troféu da divisão para casa, com muito mérito.

A classe GTC viu a vitória da Ferrari #63 de Ilya Melnikov/Marco Cioci/Giorgio Roda. Mas a taça foi para a França: a trinca formada por David Dermont/Franck Perera/Dino Lunardi chegou em 2º lugar na categoria e conquistou o título. Os portugueses Filipe Barreiros e Francisco Guedes deram uma alegria aos torcedores locais, terminando a prova no pódio ao lado do dinamarquês Mads Rasmussen.

Classificação final do ELMS 2015:

Classe LMP2

1. Björn Wirdheim/Jon Lancaster/Gary Hirsch – 93 pontos
2. Pierre Thiriet/Ludovic Badey – 91
3. Filipe Albuquerque/Harry Tincknell/Simon Dolan – 89
4. Tristan Gommendy – 66
5. Kyrill Ladygin/Mikhail Aleshin – 56
6. Tracy Krohn/Nic Jönsson – 46
7. Viktor Shaitar – 33
8. Devi Markozov/Maurizio Mediani/Nicolas Minassian – 30
9. Nico Pieter de Bruijn/Pu Jun Jin – 28
10. Michael Lyons/Mark Patterson/Nathanaël Berthon – 26
11. Nicolas Lapíerre – 25
12. Anton Ladygin – 23
13. Oswaldo Negri – 22
14. Ivan Bellarosa/Jose Ibanez – 16
15. Olivier Pla e David Cheng/Leo Roussel – 14
17. Andrea Roda/James Winslow/Michael Munnemann – 11
18. Julien Canal – 10
19. Julien Schell – 8
20. Pierre Perret – 6

Classe LMP3

1. Chris Hoy/Charlie Robertson – 94 pontos
2. Gaëtan Paletou – 58
3. Dainius Matijosaitis/Konstantin Calko – 57
4. Michael Simpson – 43
5. Jesús Fuster – 42
6. Rob Garofall – 40
7. Giorgio Sernagiotto/Roberto Lacorte – 36
8. Mark Shulzhistskiy – 30
9. Morten Dons – 25
10. Éric Troulliet/Gary Findlay/Thomas Accary – 18
11. Alex Craven – 16
12. Jens Petersen e Mirco Van Oostrum – 15
14. Charlie Hollings e Joey Foster – 1

Classe LMGTE

1. Andrea Rizzoli/Johnny Laursen/Mikkel Mac – 83 pontos
2. Andy Priaulx/Henry Hassid/Jesse Krohn – 79
3. Aaron Scott/Duncan Cameron/Matt Griffin – 63
4. Adam Carroll/Michael Wainwright – 56
5. Christian Ried e Alessandro Pier Guidi/Aliaksandr Talkanitsa/Aliaksandr Talkanitsa Jr. – 55
7. Phil Keen – 50
8. Robert Smith – 49
9. Richard Lietz – 45
10. George Richardson e Sam Tordoff – 34
12. Marco Mapelli – 30
13. Matteo Cressoni/Peter Ashley Mann/Raffaele Gianmaria – 28
14. Alex MacDowall/Andrew Howard/Jonathan Adam – 18
15. Sebastian Asch, Rory Butcher e Jonathan Cocker – 15
18. Khaled Al Qubaisi e Klaus Bachler – 10
20. Daniel Brown – 6
21. Michele Rugolo/Rui Águas/Stephen Wyatt – 1

Classe GTC

1. Éric Dermont/Franck Perera/Dino Lunardi – 101 pontos
2. Francesco Castellacci/Stuart Hall – 80
3. Francisco Guedes/Mads Rasmussen – 60
4. Ilya Melnikov/Giorgio Roda/Marco Cioci e Thomas Flöhr – 56
6. Filipe Barreiros – 48
7. Kristian Poulsen/Casper Elgaard/Simon Möller – 30
8. Rino Mastronardi – 25
9. Archie Hamilton/Daniel Brown/Roald Goethe – 15
10. Adrien De Leener – 12
11. Euan Hankey/Richie Stanaway/Salih Yoluc – 10

1 comentário

  1. Fernando Lima disse:

    Infelizmente não vi…mas vou procurar vídeos…as corridas do ELMS são sempre muito boas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>