MENU

28 de maio de 2016 - 00:57V8 Supercars

Slade fez a festa em Winton

slade-2-630x354

RIO DE JANEIRO - Nem tive tempo de falar que no fim de semana passado houve  V8 Supercars Australiana, no circuito de Winton. E que houve também uma surpresa daquelas: Tim Slade, com um dos Holden Commodore da Brad Jones Racing, venceu não só uma – como as duas provas da 5ª rodada da temporada 2016.

Na primeira prova, disputada em formato de tiro curto, Slade superou o Volvo de Scott McLaughlin, que assumiu provisoriamente a liderança do campeonato com o 2º lugar. Mark “Frosty” Winterbottom, que aos poucos vem se reencontrando na temporada, alcançou o quarto pódio em quatro rodadas, completando a disputa na terceira posição. Rick Kelly, com seu Nissan Altima, fez com que as quatro marcas representadas na temporada conquistassem os quatro primeiros lugares na classificação final após 34 voltas.

A corrida de fundo foi marcada pelas diferentes estratégias entre os times e Tim Slade arriscou fazer apenas dois pit stops com o carro da BJR. E saiu-se muito bem: a maioria dos adversários optou por três paradas e com isso o piloto do carro #14 disparou para a vitória consagradora e para ser o dono do fim de semana em Winton. Com os triunfos, Slade passou ao 7º lugar do campeonato, com 819 pontos.

“Frosty” Winterbottom emplacou a segunda posição – e com o 11º posto de Scott McLaughlin na prova #2, o piloto da Ford Prodrive assumiu a liderança do campeonato após a rodada de Winton, mas com apenas 27 pontos de frente para o “Kiwi” – 1083 a 1056. A terceira posição na prova final em Winton foi de Fabian Coulthard, que não vem atravessando um bom momento na temporada.

A turma da Red Bull Racing Australia teve desempenhos discretos: Jamie Whincup fez um 5º e um 9º lugares. Craig Lowndes cravou apenas uma oitava posição na rodada de Winton. E Shane Van Gisbergen ainda conseguiu uma quarta colocação após terminar em nono na primeira prova. Os três estão em terceiro, quarto e quinto – respectivamente – na tabela de pontos.

Aliás, SVG foi considerado culpado num toque com o Holden de Garth Tander após uma relargada e punido com a perda de 10 pontos, o que não afeta seu posicionamento no campeonato. Houve também um entrevero entre James Courtney e Cameron Waters no fim de semana, mas a direção de prova classificou o fato como “incidente normal de corrida” e ninguém foi punido.

A próxima etapa do V8 Supercars é em rodada dupla nos dias 18 e 19 de junho no circuito de Hidden Valley em Darwin, no chamado Território Norte.

O top 10 do campeonato:

1. Mark Winterbottom (Ford) – 1083
2. Scott McLaughlin (Volvo) – 1056
3. Jamie Whincup (Holden) – 1047
4. Craig Lowndes (Holden) – 1044
5. Shane Van Gisbergen (Holden) – 997
6. Will Davison (Holden) – 912
7. Tim Slade (Holden) – 819
8. Garth Tander (Holden) – 808
9. Rick Kelly (Nissan) – 801
10. Michael Caruso (Nissan) – 783

1 comentário

  1. Rafael Friedrich disse:

    Caramba, por isto amo este esporte. Linda tocada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>