MENU

23 de julho de 2016 - 10:52Mundial de Endurance

6h de Nürburgring: 1-2 da Audi na qualificação!

2016-6-Heures-du-Nurburgring-Adrenal-Media-GT7D3643_hd

Audi na cabeça: o construtor das quatro argolas domina a primeira fila do grid para as 6h de Nürburgring, que terão transmissão NA ÍNTEGRA do Fox Sports 2 (Foto: Gabi Tomescu/AdrenalMedia.com)

RIO DE JANEIRO - A Porsche dominou todos os treinos livres para as 6h de Nürburgring. Mas na qualificação, o fantasma quatrargólico assustou o cavalinho empinado: a Audi conquistou a dobradinha numa sessão oficial muito movimentada pela ameaça de chuva e pelas estratégias diferentes das equipes. No fim das contas, os R18 e-tron quattro levaram a melhor sobre os rivais germânicos e largam na frente em casa.

Na primeira prova desde 2012 sem Leena Gade como engenheira chefe e sem Bénoit Tréluyer, ainda se recuperando de um acidente em que lesionou a espinha, Marcel Fässler e Andre Lotterer tiveram que fazer o trabalho sozinhos. E se saíram muito bem, apesar das condições um tanto traiçoeiras. Ao longo dos 20 minutos de sessão, o alemão e o suíço foram os mais regulares e assim deram à Audi a conquista da segunda pole position no ano após as 6h de Silverstone.

Lucas Di Grassi mostrou muita velocidade e individualmente foi o piloto mais rápido da sessão, com 1’38″777. Mas as voltas de Oliver Jarvis não encaixaram por causa do tráfego ou por falta de aderência dos pneus. Numa última tentativa, o britânico ainda rodou na chicane Veedol, o que custou uma possível pole position ao carro #8. Mas o 2º lugar no grid não pode ser ignorado – até porque representa um handicap ante a Porsche e a Toyota.

A segunda fila é toda da turma de Weissach: Mark Webber e Timo Bernhard, no carro #1, se qualificaram com um tempo médio 0″417 pior que a pole, batendo por 0″032 o #2 tripulado na sessão oficial por Marc Lieb e Neel Jani. A Toyota, que pelo visto ainda não se refez do golpe sofrido nas 24h de Le Mans, nem chegou perto e ficou com toda a terceira fila para si. Mas na corrida, a história pode ser diferente: o carro tem bom ritmo de prova e as estratégias devem fazer a diferença.

Nenhuma surpresa entre os LMP1 oficiais: a Rebellion foi a mais rápida com o #13 de Dominik Kraihamer e Alexandre Imperatori. Surpresa mesmo foi o #4 da ByKolles, que passou por uma revisão na sede do time e sofreu mudanças de aerodinâmica, nas sidepods e também no posicionamento dos radiadores, para refrigerar melhor o motor AER Biturbo. Pierre Kaffer e Oliver Webb foram melhores que o outro carro do time helvético, que até Le Mans tinha a bordo o brasileiro Nelsinho Piquet.

2016-6-Heures-du-Nurburgring-Adrenal-Media-GT7D4572_hd

Quarta pole seguida no ano para a G-Drive Racing na classe LMP2 (Foto: Gabi Tomescu/AdrenalMedia.com)

Na classe LMP2, René Rast e Roman Rusinov deram à equipe G-Drive Racing e seu Oreca 05 Nissan a quarta pole position CONSECUTIVA da temporada. Rast fez um temporal: foi o único piloto da divisão a virar abaixo de 1’49″ e por isso, na média, o carro do time russo com know-how da Jota Sport ficou mais uma vez na frente da concorrência. Os líderes do campeonato, a bordo do #36 da Signatech-Alpine, largam em 2º com Stéphane Richelmi e o anglo-brasileiro Gustavo Menezes fazendo um bom trabalho na pista.

O novato Lewis Williamson confirmou as ótimas impressões deixadas nos testes pela Strakka Racing e ajudou a equipe britânica a conquistar o terceiro posto do grid da LMP2, junto a Jonny Kane. A RGR Sport by Morand, de Bruno Senna (que não treinou), ficou em quarto na classe e 13º na geral, seguida pelo #44 da Manor, que teve Antonio Pizzonia a bordo durante a sessão classificatória. Pipo Derani andou na primeira parte com o Ligier #31 da Tequila Patrón ESM, mas o canadense Chris Cumming fez voltas três segundos mais lentas e o carro perdeu posições: largam em sétimo na categoria e 16º na geral.

O treino das classes LMGTE-PRO e LMGTE-AM, realizado antes das divisões de protótipos, começou com pista ainda úmida e/ou molhada em alguns pontos, mas secando noutros rapidamente. E quem arriscou nas estratégias e nas trocas por pneus slicks no momento certo saiu-se muito bem. Foi o caso da Aston Martin Racing na divisão principal de Grã-Turismo e da Porsche, na classe secundária.

2016-6-Heures-du-Nurburgring-Adrenal-Media-GT7D3654_hd

Na LMGTE-PRO deu “Dane Train” com Marco Sørensen e Nicki Thiim largando na frente pela primeira vez no WEC (Foto: Gabi Tomescu/AdrenalMedia.com)

Nicki Thiim e Marco Sørensen conquistaram a primeira pole do “Dane Train” no FIA WEC: a dupla dinamarquesa do Aston Martin #95, agora sem Darren Turner, foram excelentes e conseguiram superar o favoritismo dos Ford GT EcoBoost. Com um tempo médio de 2’01″712, os nórdicos deixaram para trás o #66 da dupla Stefan Mücke e Olivier Pla, líderes do World Endurance Championship para pilotos de Grã-Turismo. Richie Stanaway e Darren Turner vieram na sequência.

Gianmaria Bruni e James Calado arriscaram bem mais com os pneus slicks do que Davide Rigon e Sam Bird e foram premiados: a dupla do #51 larga em quarto, com a melhor Ferrari 488 GTE do grid. O solitário Porsche 991 RSR de Richard Lietz e Michael Christensen ficou em sexto, espremendo o outro Ford GT entre o carro do construtor de Weissach e a Ferrari.

Mas na LMGTE-AM, a Porsche acertou no milhar: e fez o melhor tempo com o #88 guiado por Khaled Al Qubaisi e Patrick Long: o estadunidense fez uma bela volta individual para deixar o carro à frente do resto – 2’06″011 na média, contra 2’06″197 do Porsche #78 que teve Christian Ried e Wolf Henzler a bordo. Paul Dalla Lana e Pedro Lamy lutaram com o que tinham, mas ficaram mesmo com o 3º lugar na categoria.

Lembrando mais uma vez que o Fox Sports 2 transmite AO VIVO e na ÍNTEGRA as 6h de Nürburgring neste domingo, a partir das 8h da manhã. No ar, o mesmo trio que comandou as 24h de Le Mans: Hamilton Rodrigues, Sergio Lago e o escriba aqui. Conto com a audiência dos leitores. Não me desapontem!

12 comentários

  1. Antonio Seabra disse:

    Amanhã estaremos lá.
    Pena que a prova é no – excelente – circuito de F1, que foi construido usando parte da Sudschleiffe, e tem uma uma pequena parte em comum com o Nordschleiffe.

    Rodrigo, já imaginou que maravilha se a corrida fosse na velha e traiçoeira “alça Norte”? Ai é que a gente ia ver, nesse time do WEC, a verdadeira separação entre os homens e os meninos.

  2. Eder disse:

    Rodrigo, você pode confirmar sobre a transmissão de amanhã? Aqui na Sky a programação foi alterada e no Central Fox anunciaram um jogo de tênis às 10 da manhã no Fox Sports 2.

  3. Antonio Seabra disse:

    Rodrigo, como eu faço parte do time do “sem-Facebook”, me manda um e-mail, (antonio.seabra@vanoord.com), que eu quero te mandar de volta uma matéria sobre o que assunto estavamos conversando (917) lá na tarde de autógrafos do livro do Jan, na Lagoinha..
    Em tempo, o(s) piloto(s) de quem eu estava falando, de fato, eram dois: o Frank Gardner, que o Alzheimer não me permitiu recordar de jeito nenhum, e o Brian Redman (que nós dois lembramos).

    Antonio

  4. Felix disse:

    Rodrigo, um toque pra vcs na trasmissão : quando é realizada a troca de pneus nos pitstops, a parada toda é prolongada de 20 à 25 segundos porque existe uma restrição de uso de apenas uma pistola pneumática e 4 mecânicos trabalhando, o que significa que eles precisam trocar um pneu por vez, e só depois que o reabastecimento estiver completo, evidentemente.

    Ao contrário de Le Mans onde eles fazem o ‘triple’ ou ‘quadruple stinting’, talvez todos optem pelo single stint amanhã. Se alguém fizer double stint, vc poderá saber pelos 20-25s extras no pit.

    Pra finalisar, acho que os Audis vão passear amanhã!

  5. André Fonseca disse:

    Terminando de assistir o Wheatertech em Lime Rock mas o celular já está programado pra despertar 7:50…

    ACELERAMOS JUNTOS, Mattar!!!

  6. Ninguém disse:

    1) O sinal da Fox Sports 2 tá muito ruim desde ontem de madrugada. Todos os outros canais estão funcionando direito. Testei em 2 pontos. Nos dois, só a FS2 que está com problema.

    2) Que comida de bola da Fox Sports, hein? Acordei cedo, esperando ver a largada, só que vocês abriram a transmissão com a largada já dada…

    3) A largada já era, mas vê se vocês arrumam o sinal. Muito obrigado.

    [ ]s,
    Ninguém

    • André Fonseca disse:

      Suas informações são tão verdadeiras quanto seu nome. No lugar de assinar como “ninguém”, deveria assinar COVARDE.

      Sobre a largada, a transmissão entrou ao vivo no exato momento que os carros passavam a linha de chegada. E de mais a mais, o replay mostrou duas vezes como foi a largada…

      • Ninguém disse:

        Meu caro,

        1) Eu poderia assinar André Fonseca. Não faria a menor diferença. Você continuaria sem saber se o meu nome é mesmo André Fonseca. E o sinal continuaria com problema, como continua. E, como disse, é só na FS2. Na FS – e nos demais canais -, o sinal está funcionando sem problemas.

        2) Eu poderia assinar André Fonseca, Não faria a menor diferença. Você continuaria sem saber se o meu nome é mesmo André Fonseca. E a largada teria sido perdida do mesmo jeito. Foi um problema da transmissão. Não foi culpa dos apresentadores/comentaristas. Corridas, a gente espera ver pelo menos a partir da volta de apresentação ou do alinhamento dos carros e não com os carros já tendo cruzado a linha de partida/chegada. O Rodrigo Mattar é profissional o suficiente para entender críticas e comentários, além de apreciar elogios. E é mais fácil a gente comentar os eventuais problemas diretamente com ele do que tentar descobrir um telefone da Fox para fazer a reclamação. Ele é o maior interessado em que dê tudo certo nas transmissões. e tenho certeza de que levará essa crítica a quem de direito.

        3) Eu poderia assinar André Fonseca. Não faria a menor diferença. Você continuaria sem saber se o meu nome é mesmo André Fonseca. E eu desejaria um bom resto de domingo para você do mesmo jeito.

        [ ]s,
        Ninguém

      • André Fonseca disse:

        Escrevendo qualquer nome, o único que saberia que vc é covarde seria vc mesmo. Assinando a sua crítica como “ninguém” , vc demonstra essa covardia para todos que acompanham o Mattar.

        E como dizem, ninguém deve ser levado a sério…

    • Rodrigo Mattar disse:

      Sobre abrir a transmissão com a largada já dada, não é uma parte que me cabe. Muito menos sobre o sinal do Fox Sports 2. Parte técnica, engenharia, grade e programação, sinto muito, mas… não é comigo. Sou comentarista. O que posso fazer é lamentar que tenhamos perdido a volta de apresentação e a largada. E nada mais.

  7. Ricardo disse:

    Estou muito surpreso.
    Não só os Audis largaram na frente, como ainda estão na liderança depois de uma hora e meia.
    Toyotas, pelo jeito nao se recuperaram de Le mans..
    Mas ainda tem muita corrida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>