MENU

19 de julho de 2016 - 15:15Automobilismo Internacional

Cinco brasileiros nos 200 km de Buenos Aires

0267

No ano passado, os 200 km foram em La Pampa e a vitória foi de Matías Rossi/Gabriel Ponce de León, que refazem a dupla para tentar bisar o triunfo no evento que terá a presença de cinco pilotos brasileiros no próximo dia 31

RIO DE JANEIRO - Saiu há pouco a lista de duplas que vão disputar os 200 km de Buenos Aires, a principal prova do Super TC2000, no último domingo deste mês, no Autódromo Oscar y Juan Galvez. O traçado que será utilizado é o #9, com 3,353 km de extensão e uma parte mista muito técnica – sem contar um trecho de alta velocidade com duas longas retas.

Ao todo, 29 duplas vão participar da corrida, que volta à capital da Argentina após passar duas vezes em outras pistas – Roberto Mouras e La Pampa. Será a quarta vez que o circuito #9 será usado nos 200 km. Por cinco vezes, o evento foi no #12, de 5,651 km de extensão e a última no #8, com traçado um pouco mais curto que o #9 – 3,337 km.

Na lista divulgada pela organização da categoria, consta o nome de cinco brasileiros e seis pilotos da Stock Car, incluindo o bicampeão do Super TC2000 Néstor “Bebu” Girolami, que corre aqui na equipe do Carlos Alves. Ricardo Zonta vai de Toyota com Estebán Guerrieri. A Renault manifestou o interesse de ter Rubens Barrichello a bordo, mas nada se concretizou neste sentido. De Fiat, correrá Valdeno Brito ao lado de José Manuel Urcera. Daniel Serra vai de Chevy Cruze com Norberto Fontana. E de Peugeot, vão Galid Osman com Damián Fineschi e o vencedor de 2009 Ricardo Maurício corre com Facundo Chapur também com um 408.

Outra grande atração será a presença do piloto do WTCC Tom Coronel, que dividirá um carro com Luciano Farroni na equipe FE. Veteranos como Estebán Tuero, Oscar Fineschi, Gabriel Ponce de León e Guillermo Ortelli também estão confirmados na prova, que terá 60 voltas ou máximo de 1h20min, com troca de pilotos e reabastecimento. O máximo de pontos nos 200 km de Buenos Aires será 35 – 34 pela vitória, mais um ponto pela pole position.

As duplas previstas são as seguintes:

0 – Mariano Werner/Néstor Girolami (Peugeot)
2 – Fabián Yannantuoni/Matías Rodriguez (Peugeot)
3 – Leonel Pernía/Julián Santero (Renault)
4 – Facundo Ardusso/Franco Vivian (Renault)
5 – Agustín Canapino/Guillermo Ortelli (Chevrolet)
6 – Norberto Fontana/Daniel Serra (Chevrolet)
7 – Matías Rossi/Gabriel Ponce de León (Toyota)
8 – Estebán Guerrieri/Ricardo Zonta (Toyota)
9 – José Manuel Urcera/Valdeno Brito (Fiat)
10 – Carlos Javier Merlo/Martín Moggia (Fiat)
11 – Emiliano Spataro/Josito di Palma (Renault)
12 – Christian Ledesma/Mauro Giallombardo (Renault)
13 – Matías Munoz Marchesi/Augusto Scalbi (Chevrolet)
14 – Manuel Mallo/Diego Azar (Chevrolet)
15 – Lucas Colombo Russell/Facundo Regalia (Peugeot)
16 – Lucas Benamo/Esteban Tuero (Peugeot)
17 – Rafael Morgenstern/Ricardo Risatti (Toyota)
18 – Matías Milla/Franco Girolami (Toyota)
19 – Damián Fineschi/Galid Osman (Peugeot)
20 – Facundo Chapur/Ricardo Maurício (Peugeot)
21 – Ignacio Julián/Humberto Krujoski (Renault)
22 – Germán Sirvent/Gerardo Salaverria (Renault)
23 – Franco Riva/Franco Coscia (Peugeot)
25 – Javier Manta/Oscar Fineschi (Peugeot)
26 – Luciano Farroni/Tom Coronel (Peugeot)
27 – Facundo Conta/Marcelo Ciarrocchi (Chevrolet)
31 – Bernardo Llaver/Emmanuel Cáceres (Fiat)
50 – Federico Braga/Hugo Ballester (Chevrolet)
87 – Bruno Etman/Luis Estivill (Fiat)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>