MENU

10 de janeiro de 2019 - 15:1724h Series

24h de Dubai: segunda pole da Grässer e de Bortolotti

63

No dia de seu 29º aniversário, Mirko Bortolotti conquistou a posição de honra do grid para as 24h de Dubai; tripulação brasileira fez o 3º tempo na classe SPX para a corrida que larga amanhã de manhã, pelo horário de Brasília

RIO DE JANEIRO - A equipe austríaca GRT Grässer Racing Team conquistou a pole position para a disputa das 24h de Dubai, com largada nesta sexta-feira às 9h da manhã – pelo horário de Brasília. Mais cedo, na definição do grid de largada, o piloto italiano Mirko Bortolotti – que completou hoje 29 anos de idade – deu a si e aos companheiros de equipe Chris Engelhart, Rolf e Mark Ineichen o melhor tempo no treino oficial – 1’57″446 (média de 165,22 km/h para os 5,390 km do traçado dos Emirados Árabes), quase dois décimos mais rápido que o alemão Christopher Haase, escalado para qualificar o Audi R8 LMS #88 da Car Collection Motorsport.

Num grid com os onze primeiros dentro do mesmo segundo, a fila seguinte terá o Audi da WRT alinhado em parceria com a MS7 do holandês Michael Vergers, seguido por outro Audi R8 LMS versão 2019, este alinhado pela BWT Mücke Motorsport. Atual campeã da disputa, a Black Falcon classificou sua melhor Mercedes-AMG com o 6º tempo, atrás do Lamborghini da Target Racing, pole position da divisão A6-AM, que conta com uma dezena de inscritos.

Em meio aos carros enquadrados no regulamento GT3 FIA que dominaram as primeiras posições do grid, veio o Lamborghini Huracán Super Trofeo Evo da Leipert Motorsport, que destruiu a concorrência na classe SPX e fez a pole da categoria, com o 18º tempo geral – incríveis 2″774 melhor que o segundo carro da divisão, o modelo Vortex V8 que se classificou na vigésima-quarta colocação do grid.

O quarteto brasileiro da MRS GT-Racing formado por Daniel Schneider/Dennis Dirani/Werner Neugebauer/Ricardo Maurício conseguiu a 27ª colocação entre 75 carros presentes nas sessões de qualificação, divididas nas classes GT e TCE. O Porsche 991-II Cup ficou com o tempo de 2’04″027, terceiro da divisão SPX.

A Race Pro Motorsport conquistou a pole da divisão 991 (exclusiva dos Porsche Cup), com a 25ª marca geral em 2’02″936. A Ciceley Motorsport levou as honras na divisão GT4 com sua Mercedes-AMG GT4, faturando o 40º posto geral – 2’08″837.

Na classificação destinada aos carros TCE, a CWS Motorsport levou a melhor com seu Ginetta G55 – 2’09″035 e o 42º tempo geral do grid. A AC Motorsport, que conta com o veterano piloto belga Vincent Radermecker, foi a mais rápida entre os 12 inscritos da TCR. O time Lotus PB Racing, do antigo piloto do WTCC Stefano D’Aste, apesar de muitos problemas com seus Elise Cup – que chamam a atenção pelo visual, já que um dos carros tem a decoração “Gold Leaf” e a outra está com o clássico verde-musgo das equipes inglesas de Fórmula 1 das décadas de 1950/60 – levou a pole da SP3. Na Cup1, deu a Fun-M Motorsport.

No treino noturno, disputado horas após o qualifying, a Saintéloc Racing – que inclusive não fez tempo de classificação com seu Audi da classe A6-AM, registrou a melhor volta em 1’59″234. A Grässer ficou em segundo e a MS7 by WRT em terceiro. O time do quarteto brasileiro alcançou a 29ª posição, com a melhor volta em 2’07″770. O treino era obrigatório para as equipes inscritas – tanto que todos os 75 carros presentes completaram pelo menos uma volta.

O blog terá nesta sexta o streaming com a transmissão AO VIVO das 24h de Dubai, que em inglês será feita pelo craque John Hindnaugh, por volta de 8h30 da manhã – horário de Brasília. A largada será às 15h locais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>