Equipes de Le Mans 2013 – ProSpeed Competition (LMGTE-AM)

E

RIO DE JANEIRO – Última escuderia confirmada em Sarthe neste ano em razão do forfait do projeto “Garagem 56” do Green GT, a ProSpeed Competition é de origem belga, com sede em Liége. Fundada em 2006 por Rudi Penders e Luc Goris, a escuderia disputa este ano a temporada completa do European Le Mans Series, com uma incursão também no Blancpain Endurance Series.

963739_10200734993450066_206150068_o

E é com o carro do ELMS que o time vai para a disputa das 24 Horas de Le Mans deste ano, mesclando a experiência de Emmanuel Collard, piloto mais do que rodado na clássica prova francesa, com dois compatriotas que aparecem na pista pela primeira vez: François Perrodo e Sébastien Crubilé. De Collard, podemos esperar qualquer coisa. O currículo de Perrodo e Crubilé é mais representativo fora dos autódromos do que dentro deles. O primeiro é engenheiro de formação e presidente da companhia petroleira anglo-francesa Perenco, desde 2006, quando seu pai faleceu. Crubilé é dono de uma empresa de preparo e restauração de veículos históricos de competição.

Vamos ao currículo do trio:

manu_collard_1

Emmanuel Collard
Data de nascimento: 3 de abril de 1971 (42 anos)
Cidade natal: Arpajon
Participações em Le Mans: dezoito (1995-2012)
Melhor resultado: 2º na geral em 2005, com Érik Comas e Jean-Christophe Boullion
Melhor resultado em subclasse: 1º na LMGT2 em 2003 com Sascha Maassen e Lucas Luhr e 1º na LMP2 em 2009 com Kristian Poulsen e Casper Elgaard

Crubile

Sébastien Crubilé
Data de nascimento: 6 de março de 1975 (38 anos)
Cidade natal: Paris
Participações em Le Mans: nenhuma (estreante)

Perrodo

François Perrodo
Data de nascimento: 14 de fevereiro de 1977 (36 anos)
Cidade natal: (?)
Participações em Le Mans: nenhuma (estreante)

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames