MENU

23 de fevereiro de 2015 - 13:11Túnel do Tempo

Direto do túnel do tempo (237)

SatoruNakajima1983Formula2Japon

RIO DE JANEIRO - Celebrado aqui como autêntico trapalhão, mas uma verdadeira lenda viva do automobilismo japonês: um dos aniversariantes de hoje é ninguém menos que Satoru Nakajima, completando neste 23 de fevereiro 62 anos de idade.

O antigo piloto de Lotus e Tyrrell, que disputou 74 GPs de Fórmula 1 entre 1987 e 1991, foi um dos pioneiros nas imagens de câmeras embarcadas, instaladas primeiro na Lotus 99T em seu ano de estreia, no qual Nakajima-San nos brindou com algumas patacoadas que o fizeram um dos mais folclóricos pilotos de seu tempo. Também pudera: com 34 anos ao estrear, ninguém podia exigir muito dele.

Na verdade, Nakajima fora uma exigência da Honda à Lotus para que esta recebesse seus motores quando o principal piloto do time era Ayrton Senna. E foi graças ao japonês que a Tyrrell correu impulsionada pelos propulsores V10 nipônicos em 1991, quando o piloto retirou-se das pistas, construindo a partir daí uma sólida reputação como dono de equipe, tendo como campeões Tom Coronel em 1999, Tora Takagi em 2000 e Ralph Firman Jr. em 2002.

Ah… e quando digo que Satoru Nakajima é uma lenda viva do automobilismo japonês, basta olhar para suas conquistas na Fórmula 2 e Fórmula 3000 (depois Fórmula Nippon e Super Fórmula) como piloto, sempre com o apoio da Honda. Foram nada menos que cinco troféus de campeão, marca igualada apenas em 1993 por outra lenda nipônica, Kazuyoshi Hoshino.

A foto que ilustra este post é de Nakajima a bordo do carro #1 da Harada Racing Company, um March 832 com motor Honda/Mugen, já com o patrocínio da Epson, durante a disputa da Fórmula 2 japonesa em 1983.

Há 32 anos, direto do túnel do tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>