Dave Maraj, 65

D

header47

RIO DE JANEIRO – O automobilismo dos EUA sofreu uma perda enorme neste fim de semana: morreu no último sábado, em decorrência de um acidente de barco na Flórida, o antigo chefe e dono de equipe da extinta American Le Mans Series e também nas 24h de Le Mans Dave Maraj. Ele tinha 65 anos.

Nascido em Trinidad e Tobago, estabeleceu-se como um dos mais bem sucedidos donos de equipe da história das competições de Endurance na América do Norte. Primeiro, começou como concessionário Porsche e depois passou a revender modelos Audi, ainda com o nome de Champion Motors. Nas pistas, o início foi no Pirelli World Challenge, alinhando os modelos Audi S4 e S6. Ali, já era conhecido o novo nome da organização: Champion Racing.

Não obstante, alcançaram muito sucesso no ALMS, alinhando primeiro o Porsche 911 GT1-98 e o protótipo Lola B2K/10, antes deste ser trocado pelo Audi R8 LMS, um dos mais vitoriosos modelos do Endurance mundial.

A Champion Racing não só conquistou todos os títulos da classe LMP1 entre 2004 e 2008, primeiro com o status de time cliente e depois fazendo o running do icônico Audi R10 TDi, como também – suprema glória – as 24h de Le Mans de 2005 com a trinca JJ Lehto/Marco Werner/Tom Kristensen, que não tinham o melhor equipamento naquela oportunidade, mas o carro tinha pedigree e história de campeão.

Assim como Dave Maraj, cuja organização venceu 51 vezes na geral em 170 corridas (foram 53 vitórias em classes), conquistando 82 pódios, quase 50% do total. Dessa somatória, é claro, fazem parte o triunfo em La Sarthe e nas 12h de Sebring e Petit Le Mans (seis vezes).

“Todos nós da IMSA estamos tristes e chocados com a notícia do falecimento de Dave Maraj”, comentou em nota o CEO da IMSA, Scott Atherton.

“Como proprietário de uma equipe na American Le Mans Series, Dave e a sua organização Champion Racing foram um exemplo de profissionalismo e excelência, como atestam os cinco títulos na série e a vitória nas 24 Horas de Le Mans.”

“Dave foi um tremendo competidor e um grande amigo de todos no paddock durante o tempo em que esteve no esporte. Nossos pensamentos e orações vão para a família e para os amigos de Dave e todos os seus parceiros na Champion Motors”, assentiu Atherton no comunicado.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames