MENU

21 de outubro de 2019 - 17:08Túnel do Tempo

Direto do túnel do tempo (458)

RIO DE JANEIRO – Neste domingo, ao cair o pano da temporada 2019 do Blancpain GT World Challenge, Stéphane Ratel, responsável pela SRO – que organiza praticamente todos os campeonatos de Grã-Turismo dentro do regulamento GT3, com uma ou outra exceção, anunciou o fim da parceria entre sua empresa promotora de provas automobilísticas e a marca de relógios Blancpain.

Fundada em 1735, a Blancpain teve seu nome umbilicalmente ligado às competições da SRO por praticamente uma década inteira. O vimos pela primeira vez em 2011, no fim de semana que marcou a primeira prova do Blancpain Endurance Series, as 3h de Monza.

Foram 32 carros – entre modelos GT3 e GT4 – que riscaram o asfalto naquela primeira e histórica oportunidade. Ganhou a Autorlando, equipe italiana, com um Porsche guiado por Paolo Ruberti/Raffaele Gianmaria/Gianluca Roda, após 94 voltas percorridas.

Há oito anos, direto do túnel do tempo.

Compartilhar

1 comentário

  1. Lembrando que além de patrocinar a Endurance Series, a Blancpain ainda bancava dois Gallardos para a Reiter Engineering, e em um dos carros esteve o dono da marca, Marc Hayek. Ele seguiu na brincadeira até 2013 até onde lembro.

    Além disso eles tinham também o que ponho como o príncipe mais rápido desta era, Albert von Thurn und Taxis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *