IMSA: 29 carros para as 6h de Road Atlanta

I

RIO DE JANEIRO – Neste sábado, com largada às 12h35 de Brasília e transmissão do Fox Sports 2 (primeiras voltas e últimas horas, já que haverá Xfinity Series no mesmo dia), a IMSA disputa as 6h de Road Atlanta, a prova substituta de Watkins Glen que marca a metade da temporada da série estadunidense de Endurance.

A lista inicial contava com 28 carros, mas ganhou uma adesão de última hora: a GRT Grässer confirmou presença com um Lamborghini Huracán GT3 EVO inscrito com o dorsal #11 para o trio formado por Richard Westbrook/Steijn Schothorst/Richard Heistand, que não constava na primeira relação. “Westy” é o substituto de Franck Perera, retido para a disputa do GT World Challenge Europe Endurance, em Nürburgring, no mesmo fim de semana.

Assim, o plantel terá oito protótipos DPi e três LMP2, além dos seis GTLM de sempre e 12 bólidos da GTD, descontada a ausência dos carros que correm apenas na Sprint Cup – o Acura da Gradient Racing, o Audi do Team Hardpoint e o McLaren da Compass. Isso faz com que oito marcas estejam representadas na classe mais numerosa do grid.

Entre os DPi, um “mix” de equipes com dois e três pilotos, com as participações de Tristan Vautier no #5 da JDC-Miller Motorsports junto a João Barbosa e Sébastien Bourdais, o que significa o retorno de Matheus Leist no #85 ao lado somente de Stephen Simpson. Será a segunda aparição do gaúcho, inscrito apenas no Michelin Endurance Cup – essa é a 2ª etapa do certame paralelo da IMSA com corridas mais longas.

A Mazda terá Ryan Hunter-Reay no #55 junto a Jonathan Bomarito e Harry Tincknell, enquanto o #77 vai com Oliver Jarvis e Tristan Nunez ganhando o reforço de Olivier Pla. Na AX Racing, Filipe Albuquerque, que vem de ótimas performances no WEC e ELMS pela United Autosports, tendo vencido cinco das seis últimas provas que correu com protótipos LMP2, reforça a ‘conexão luso-brasileira’ com Felipe Nasr e Pipo Derani.

Já as equipes Penske e Wayne Taylor Racing optam por manter apenas dois pilotos em seus carros.

Na LMP2, com as ausências da DragonSpeed – priorizando Le Mans – e da Starworks, esta dando atenção agora às provas mais curtas do calendário, sobraram ERA Motorsport, Performance Tech e PR1/Mathiasen para compor o grid. Esta última estreia Scott Huffaker junto a Patrick Kelly e Simon Trummer no carro #52.

A Performance Tech tinha apenas o nome de Don Yount na primeira listagem e a ERA trouxe o veloz Colin Braun para ajudar Dwight Merriman e Kyle Tilley, que após esta corrida começam os preparativos para a estreia de ambos nas 24h de Le Mans, em menos de três semanas.

Enquanto na GTLM o front não é modificado em nenhuma das três equipes ou construtores envolvidos, por força de regulamento a GTD obriga às equipes a apresentar três pilotos nas 6h de Road Atlanta. E há mudanças: a AIM Vasser Sullivan, por exemplo, volta a alocar Aaron Telitz no carro #12 junto a Frankie Montecalvo e Townsend Bell. O canadense Daniel Morad forma com Michael de Quesada e Jack Hawksworth a trinca do #14 neste evento.

Nas outras Lamborghini Huracán GT3 EVO do grid, Spencer Pumpelly – que está no Team Hardpoint nas provas Sprint – compõe o trio da GRT Magnus, enquanto Corey Lewis forma com Bryan Sellers e Madison Snow na Paul Miller Racing. Os Acura da Meyer-Shank Racing têm os reforços de Trent Hindman e Shinya Sean Michimi, enquanto Dillon Machavern estará na BMW da Turner Motorsport e Ben Keating na Mercedes-AMG da Riley Motorsports.

O veterano Darren Turner foi confirmado no Aston Martin da The Heart of Racing junto a Ian James e Roman De Angelis, enquanto até o fechamento deste post as escuderias Wright Motorsports e Scuderia Corsa/Weathertech Racing não tinham ainda o terceiro nome anunciado para seus respectivos carros.

Na classificação geral do campeonato, a DPi tem liderança de Renger Van der Zande/Ryan Briscoe, somando 124 pontos – seis à frente de João Barbosa/Sébastien Bourdais. Pipo Derani é o quarto colocado com 115. Hélio Castroneves subiu ao 6º posto com 105, após a espetacular e redentora vitória em Road America. Felipe Nasr, ausente de uma corrida por conta do Covid-19, é o nono classificado com 89. Matheus Leist é o 15º empatado com outros pilotos, com 26.

Na LMP2, que só teve duas provas válidas pelo campeonato completo – serão seis, é bom lembrar – Cameron Cassels (que não consta da lista inicial de inscritos) lidera com 64 pontos, um à frente de Patrick Kelly e três a mais que Henrik Hedman, que não volta ao campeonato até Sebring.

Antonio Garcia/Jordan Taylor comandam na GTLM com 165 pontos, dezenove à frente de Laurens Vanthoor/Earl Bamber, enquanto Oliver Gavin e Tommy Milner vêm logo atrás, com 145. E na GTD, empate em pontos entre Jack Hawksworth e o duo Mario Farnbacher/Matt McMurry, que somam 115 pontos contra 112 de Aaron Telitz, 108 de Townsend Bell/Frankie Montecalvo e 107 de Bill Auberlen/Robby Foley.

No IMEC, lideram as seguintes equipes: Wayne Taylor Racing na DPi; PR1/Mathiasen Motorsports na LMP2; BMW Team RLL na GTLM e Paul Miller Racing na GTD.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames