Bis de Derani e Nasr na IMSA

B

SÃO PAULO – Após a quebra de quase um ano de jejum de vitórias no IMSA Weathertech SportsCar Championship, Felipe Nasr e Pipo Derani pediram ‘bis’ e repetiram a dose neste fim de semana em Road America. A dupla brasileira faturou a 8ª etapa do campeonato, o IMSA Road Race Showcase, disputado no circuito localizado em Elkhart Lake, no Wisconsin.

Este foi mais um triunfo calcado na estratégia e principalmente na economia de combustível, porque o Acura da Meyer Shank Racing guiado por Olivier Pla e Dane Cameron, que liderava, precisou fazer um pit stop a mais faltando três minutos e meio para o fim da disputa, com duração de 2h40min. O consumo de combustível não foi o bastante para o #60 triunfar pela primeira vez em 2021. A dupla acabaria em 5º lugar.

Derani e Nasr venceram após 76 voltas com diferença pouco superior a um segundo e meio em relação a Oliver Jarvis e Harry Tincknell, da Mazda, cabendo o 3º lugar ao Cadillac DPi da Ganassi guiado por Renger Van der Zande e Kevin Magnussen. A Wayne Taylor Racing não foi além do quarto posto e Road America segue como a única pista da IMSA onde a equipe jamais triunfou.

Extra-oficialmente, Filipe Albuquerque e Ricky Taylor ainda lideram com 2380 pontos, mas o jogo ainda está aberto: Nasr e Derani sobem para 2º com 2339 e começam a se constituir em séria ameaça na batalha pelo título. A classe DPi terá três provas ainda por fazer: Laguna Seca, Long Beach e Petit Le Mans.

Na subclasse LMP2, após o domínio inicial da PR1/Mathiasen, deu a ERA Motorsport em sua primeira vitória desde as 24h de Daytona. Ryan Dalziel e Dwight Merriman triunfaram com pouco mais de cinco segundos sobre John Farano/Gabriel Aubry, cabendo o último degrau do pódio a Ben Keating/Mikkel Jensen.

Contudo, a dupla do #52 segue líder do campeonato com 1422 pontos, enquanto Steven Thomas e Tristan Nunez, mercê o quarto lugar neste fim de semana, seguem em 2º na tabela com 1364.

A CORE Autosport quebrou a sequência de triunfos da Riley Motorsport e chegou à segunda vitória na LMP3 com Jonathan Bennett/Colin Braun, a primeira da equipe desde as 12h de Sebring, a primeira corrida que contou pontos de fato para a categoria na classificação geral – em Daytona, eles competiram somente pelos pontos do IMSA Michelin Endurance Cup.

Com esse triunfo, a dupla do #54 reduziu para 50 pontos (1800 a 1750) a diferença que os separa do líder Gar Robinson, que foi 3º colocado na dupla com Felipe Fraga, atrás ainda do carro #38 de Dan Goldburg/Rasmus Lindh.

Entre os Grã-Turismo, a economia de combustível foi determinante para a vitória – a segunda no campeonato – do Porsche da Weathertech Racing guiado por Cooper MacNeil e o australiano Matt Campbell. A vantagem foi pouco superior a 15 segundos em relação a Jordan Taylor e Antonio Garcia – que, contudo, seguem líderes da classificação com com 14 pontos de vantagem para Tommy Milner e Nick Tandy.

A Porsche também triunfou na GTD com a Pfaff Motorsports faturando a disputa da classe mais numerosa do grid com Laurens Vanthoor e Zach Robichon. Também foi a segunda vitória do time canadense – assim como a CORE e a Weathertech Racing, eles não chegavam ao topo do pódio desde Sebring.

O 2º lugar bastou para Bill Auberlen e Robby Foley (Turner Motorsport) alcançarem a liderança da tabela, uma vez que Ross Gunn e Roman De Angelis concluíram em quarto atrás de Patrick Long e Trent Hindman, com o Porsche da Wright Motorsports. Isto posto, a diferença entre os dois primeiros é de apenas 18 pontos e a GTD tem os quatro eventos restantes por disputar – Laguna Seca, Long Beach, ViR (na prova exclusiva dos GTs) e Petit Le Mans.

Na pontuação paralela do IMSA Weathertech Sprint Cup, exclusiva da GTD, a dupla da The Heart of Racing segue líder da tabela com 1690 pontos, com Auberlen e Foley superando por um ponto a parceria da Vasser-Sullivan composta por Aaron Telitz e Jack Hawksworth, mais Frankie Montecalvo, que correu com pilotos diferentes e mesmo assim tem os mesmos 1487 pontos dos colegas de time.

Próxima etapa do campeonato: 12 de setembro, em Laguna Seca, na Califórnia. A única divisão ausente na oportunidade será a LMP3.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

1 Comentário

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames