MENU

2 de setembro de 2013 - 16:10Mundial de Endurance

Detalhe fundamental

Porsche LMP1

RIO DE JANEIRO (voltei) – Leitores e leitoras do blog, eis a foto do Porsche LMP1 em ensaios dinâmicos realizados após a apresentação “oficiosa” do carro do construtor germânico com imagens. Não é uma foto qualquer. Observem o detalhe da traseira do Esporte Protótipo e verão apenas um único escapamento na traseira deste novo carro.

E aí, companheiros e companheiras? Motor em linha ou não?

Cartas para a redação.

Foto: divulgação

Compartilhar

31 comentários

  1. 4L turbo?. Um improvavel 5L?. Será?

    • Claudio La7 disse:

      4L turbo, refrigerado a ar e montado sobre o eixo traseiro…rs.. Na realidade, meu chute é que seria tal qual o regulamento de motor pra F1 que acabou não passando: 4 em linha, turbo de 1,6 litros.

  2. egidio manoel disse:

    motor em linha ou uma segunda saida de escape, tal e qual fez a audi?

  3. Gustavo Badalotti disse:

    Nada mais me importa neste bólido do que saber qual será realmente a capacidade de disputar um lugar no topo com a Audi. Em tempos de carência na competitividade automobilistica, aonde encontramos pólos de poder e desenvolvimento, surge ai uma luz e quem sabe definitiva para acirrar o WEC de 2014. Isto traz, mais admiradores, divulgação, prestigio, e o que agente quer: DISPUTA, ou mais precisamente um show de disputa que deve ocorrer no próximo ano.
    Abraços!

  4. edbellinixavierEdgar Xavier disse:

    Não tem nada relacionado com a matéria, mas…..

    Daniel Riccirado na Red Bull Rancing (F1) ano que vem:
    http://www.infiniti-redbullracing.com/cs/Satellite/en_INT/Article/DANS-THE-MAN-FOR-2014-021243357624044

    • luiz alberto disse:

      Este é um blog de quem curte o Endurance,tem muitos outros blogs que se limitam a artificial F1,com todas suas traquitanas para ludibriar assistidores de corridas.

      • edbellinixavier disse:

        Desculpa aí champs….nao sabia q vc era assim tão superior…pode deixar que já estou juntando minhas trouxinhas e indo pra outro lugar falar obre automobilismo (que tb inclui F1, Endurance, nascar, etc etc etc…..)

        Luiz Alberto, se animar, podemos beber uma cerveja qualquer dia e conversarmos sobre automobilismo…vc escolhe a categoria e eu a cerveja, ok?

        Abraços!

  5. Artur Craft disse:

    O Audi e o Porsche vão ser muito parecidos obviamente, portanto, já dá para ter uma idéia do que a equipe do Joest vai ter em 2014 tb

    Enquanto isso, Helmut Markko oficialmente anunciou Ricciardo como substituto de Webber

  6. marcão disse:

    Então!!! Depois de ver algumas fotos do novo p1 para a wec no ano que vem e ver alguns comentários dizendo que é uma cópia da audi e coisa e tal…Aproveitei o final de semana, principalmente sexta feira á noite para especular um pouco sobre esse assunto com os mecanicos das várias equipes do P1.. Várias conclusões sobre isso e aquilo foram tiradas das explanações dos mecânicos perguntados.. Uma ficou evidente que é a regra na aerodinamica funcional do protótipo.. Por isso é que são todos tão parecidos.. Inclusive essas regras são muito parecidas com relação aos P2. E é obrigatório que o protótipo tenha uma cobertura na área onde se aloja o piloto…
    A trazeira, a cobertura de rodas, e a barbatana. Não podem ser diferentes. Por questões de medidas exatas para todos, os freios, as medidas de rodas e pneus, a altura.e peso..Capacidade volumétrica e de óleos e combustível tudo é muito igual e o rigor com que são medidos é impressionante.. Qualquer diferença pra mais ou pra menos, é proibida…Só a a liberação mesmo para os itens técnologicos, e esses devem ser rigorosamente analizados por uma comissão “”permanente que após analise” os libera ou não.. Após alibração desse intens, eles devem estar a disposição para todos. Apenas a questão financeira é que determina se as equipes usam ou não tais beneficios…É claro que um beneficio eletronico quando implantado num prototipo dessa categoria, também trará consigo algum tipo de “punição” para quem o usa.. P?or exemplo, auxilio para o piloto na dirigibilidade do carro em competições “” Aqueles colocados nos carros que evitam uma saida de pista, uma correção de volante, uma desaceleração ou aceleração para compensar algum erro por exemplo”” algo que a equipe usava antes da implementação deva ser desativada.. O único critério permitido mesmo é a otimização do que a equipe já recebeu de aprovação é a que vale…
    Aproveito para parabenizar o Rodrigo pela presença no evento, espero que ele tenha gostado do que viu e escutou.. Espero também que as pessoas o tenham recebido muito bem..
    Eu só tenho que repetir o ano passado ao falar da WEC em SP..De novo fiquei maravilhado com o que vi nesses dias.. Confesso que nem a F-1 me surpriendeu assim quando da segunda visita minha a categoria dentro dos boxes…A WEC é mesmo a categoria, pra quem gosta de corridas..
    Não tem nada igual!!
    Um carro fazer os tempos que esses carros fizeram é muito bom.. Á média horária de mais ou menos 198 Km/m depois de SEIS horas é muita coisa…
    Eu ainda acho que aToyota tinha tudo pra ganhar essa corrida, pena a batida.. ela ( a batida) provou o quanto seguros são esses carros… Quem viu o estado externo do carro não acrditaria que fosse o mesmo carro se só observar as fotos do abtáculo deste.. Totalmente intácto. Perfeito mesmo…Esse também é um critério rígido de quem dita as regras para os carros P1 e P2 para a categoria….
    Tomara, mas tomara mesmo que dessa vez as contas fechem para o Emmo.. So quem esteve lá participou do evento sabe que aquilo tudo não custou pouca coisa.. É incáculavel dizer o quanto.. Mas que pouco não foi…Com certeza..Tomara que as contas pelo menos fechem no zero a zero pra termos certeza de que a WEC no brinde novamente com sua presença o ano que vem, e para os próximos anos também….O povo tem que entender mais dessa categoria, ela é apaixonante.. A CBA “””PRECISA”” colocar pilotos Brasileiros dentro da P1 e 2.. Ai é certeza de que o povo compareça. Esse esforço deve ser prioridade absoluta dela já para o campeonato do ano que vem…..Acho eu que a WEC é o novo caminho para o renascimento do automobilismo Brasileiro…E precisamos de mais corridas de endurance. Precisamos de protótipos com tecnologia parecida… Precisamos de investimento das fábricas.. Precisamos também do apoio governamental para tal…

  7. Filipe W disse:

    Bem pelas especulações que já li por ai, a aposta é de um 4 em linha turbo.

  8. Paulo Penna disse:

    deveria ser 6 contrapostos e turbo, com apenas uma saída… pro bem dos nossos ouvidos, e amor pelos porsche.

  9. Stanley Ragazzi disse:

    Pode ser um motor em v com um turbo único ou um biturbo seqüencial. Realmente uma única saída não quer dizer que seja em linha. Pelo som do motor que ouvi, parece um 4 cilindros.

    • luiz alberto disse:

      Concordo com vc,Se não me engano a Porsche nunca usou um motor em linha em competições em sua equipe de fabrica,mas um em V ou flat seria mais provável,não acredito em um motor de pequeno deslocamento,pois para ter uma potência alta sacrificaria a durabilidade e em endurance seria sucidio técnico e um motor em linha para não vibrar muito em altos giros teria que usar muitos contra pesos ou contra balanço o que roubaria potência e daria mais peso ao propulsor,más a Porsche costuma surpreender com engenhosas e criativas “novidades” automobilisticas,más de uma coisa todos podem ter certeza de que a Porsche não entra em competições para ser co adjuvante,que todos os demais competidores ponham suas barbas de molho.A muito tempo uma certa equipe vermelhinha que costumava dominar o endurance na categoria protótipos se retirou com a desculpa de se dedicar a categoria que as equipes mais fortes eram a de garagistas e seria mais facil de dominar(o que não foi tão facil assim.),mas na verdade era a impossibilidade de superar o Porsche 917 a não ser esporadicamente,por qualquer infelicidade da equipe alemã

  10. Marcio disse:

    Acho que eles têm que usar algo com a cara da Porsche. Motor boxer talvez, em V provavelmente, em linha duvido muito. Tem uma saída porque deve ter apenas 1 turbo assim como os Audis R-18.

  11. Fernando Lima disse:

    Pra falar a verdade não faço idéia…apesar da foto nos levar a imaginar um bloco em linha…com tanto que venha forte para disputar com os Audis e Toyota…está tudo certo!!!

  12. Acho que vai usar a arquitetura do HY 918 o que ele pode e ter um coletor central e apenas uma saida de escapamento

    “918 Spyder possui um motor térmico V8 de 3,4 litros na área central que gera mais de 500 cavalos de potência, já os motores elétricos são posicionados no eixo traseiro e dianteiro oferecendo um adicional de 218 cavalos de potência.”

  13. minha duvida é sera Diesel ou Gasolina ?

  14. Começa a ganhar fundamento vendo a base do motor do TS-030 O motor tem 3,4 litros de capacidade cúbica como demanda o regulamento do ACO/FIA para os modelos LMP1 com no máximo oito cilindros na construção do bloco.

    • rmb37 disse:

      O regulamento para 2014 não é assim. Na parte técnica, os motores para a classe LMP1 continuam sendo de livre procedência e sem limite de cilindrada cúbica. Os particulares terão a cilindrada limite em 5,5 litros. A pressão de turbocompressores será limitada em até 4 bar. O peso mínimo baixa para 830 kg para os LMP1 particulares diesel/gasolina, sem sistemas híbridos e 850 kg para os protótipos de times oficiais.

  15. Legal, não tinha reparado esse detalhe, agora não acredito que um escape tenha a ver com motor em linha pq, embora não muito comum, ja vi porsches 935 com uma saída apenas.

  16. vitão disse:

    podia ser algo meio maluco, como um wenkel tri-rotor turbodiesel………podia não dar certo, mas seria fascinante tecnicamente

  17. Jarno Saratt disse:

    Qual será a motorização e o regulamento dos LMP1 e dos LMP2 a partir de 2014?

  18. Racing Fan disse:

    Deve ser um motor identico ao regulamento F1. É a Audi rumando a F1, apesar de muitos garantirem que não. Tudo indica que sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *